Secretários municipais e assessores discutem Projetos, Programas e Ações Integradas em Caxias

30.8.17
A reunião com a presença de secretários municipais, secretários adjuntos, coordenadores e assessores municipais ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, na manhã daultima terça-feira (29).

Estiveram presentes os secretários municipais: Murilo Novais, secretário municipal de Infraestrutura; Arthur Quirino, secretário municipal de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude; Fause Simão, secretário do Trabalho e Economia Solidária; Ana Célia Damasceno, secretária de Educação, Ciência e Tecnologia; Taniery Cantalice, secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres; Talmir Franklin Rosa, secretário de Finanças, Planejamento e Administração; Augusto Neto, assessor de Comunicação do Município; Pedro Marinho, secretário municipal de Meio Ambiente e o Sargento Mesquita, secretário de Segurança, além de representantes da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio.

Em pauta, uma série de ações a serem desenvolvidas de maneira integrada com todos os órgãos, a exemplo das campanhas: Setembro Amarelo, Outubro Rosa, Programa ID Jovem (Identidade Jovem) e a Caravana “A cidade que a gente quer”.

“A reunião é para que a gente possa trabalhar melhor, minimizando os custos e, principalmente, atendendo as necessidades da população de Caxias. Nós entendemos que precisamos estar mais próximos da população, ouvindo a população e as situações para que a gente possa planejar as ações e dar prioridade, poder definir as prioridades de cada secretaria, mas, principalmente, a unidade e a união de todas as pastas. Nós elencamos vários projetos que já existem e outros que virão para Caxias, mas sempre chamando atenção para a integração entre as secretarias, independente de qual parte representa. Sendo feito em conjunto, você atinge um maior público. Essa é a ideia da Prefeitura, da cidade que a gente quer”, explicou o Prof. Chiquinho, secretário adjunto de Assistência e Desenvolvimento Social.

“Hoje o secretário adjunto Prof. Chiquinho apresentou alguns projetos e, boa parte dos programas apresentados, a Secretaria da Mulher vai estar dentro em parceria com a Secretaria de Assistência Social e secretarias afins. Se não tiver essas parcerias, não tem como fazer um bom trabalho, então, a equipe que o prefeito Fábio Gentil colocou na Prefeitura foi para que a gente pudesse fazer esse trabalho em parceria, para que possa fluir bem o nosso trabalho para a população”, lembrou Taniery Cantalice, secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres.

Durante a reunião, o secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Pedro Marinho, falou sobre o projeto que será desenvolvido para o Natal em parceria com o INASA. A ideia é envolver a sociedade na construção de uma das mais belas festas anuais, com responsabilidade social e ambiental.

“O objetivo é fazer com que toda a população participe da ornamentação do natal de nossa cidade. Nós realizaremos oficinas ensinando a população como produzir os ornamentos. Nossa intenção é que a nossa cidade até o dia 30 de novembro esteja toda ornamentada para o natal, inclusive, boa parte da periferia e da área rural. É uma forma de reconhecer o material pet e reutilizar transformando em enfeites que vão enfeitar a nossa cidade no período natalino”, explicou Pedro Marinho, secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil.

Outro projeto que foi apresentado e que será desenvolvido junto a todas as secretarias é o “Sim à Vida”, de prevenção ao suicídio, que terá início neste mês de setembro junto com a campanha “Setembro Amarelo”. O projeto “Sim à Vida” foi exposto pela secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Ana Célia Damasceno; a ideia é sensibilizar todas as secretarias e formar uma rede de profissionais capazes de darem uma resposta positiva para a sociedade, tratando de modo preventivo a problemática que já é um caso de saúde pública, merecendo atenção dos poderes constituídos e de uma política pública específica.

“Nós estamos nos preparando para tratar de um assunto que é tabu, que é um preconceito em relação às doenças mentais, que é a depressão e que precisa de cuidados, de orientação, mas precisa também de medicamentos. Nesses primeiros meses do ano, temos um número expressivo de suicídios, então, nós decidimos trabalhar os temas que são importantes para a vida. A ideia é falar sobre a importância da vida. A gente sabe que o suicídio é uma consequência, mas nós podemos falar sobre a felicidade. Então, se nós pudermos falar com o jovem de 15 a 29 anos, as suas famílias, com certeza nós mudaremos essa situação. Nós vamos plantar uma semente do bem, e a vida é algo maravilhoso, dada por Deus e a gente tem que fazer com que isso seja bom para todos, e não apenas para alguns que tem mais facilidade de lidar com os problemas e angústias que esse mundo coloca”, destacou Ana Célia Damasceno, secretária de Educação, Ciência e Tecnologia. (Ascom/Caxias)

0 comentários:

Postar um comentário