Projeto de Lei relatado por Rafael Leitoa, para estruturação do Colégio Militar de Timon, é aprovado na Assembleia Legislativa

17.8.17
Como relator do Projeto de Lei 205/2017, Rafael Leitoa faz a
leitura de seu voto favorável à estruturação dos Colégios
Militares de Timon e Caxias (Fonte: Elias Auê)
O deputado Rafael Leitoa (PDT), foi o relator do Projeto de Lei nº 205/2017, de autoria do Poder Executivo, posto em votação e aprovado em dois turnos, na manhã desta quinta-feira (17), na Assembleia Legislativa. O PL nº 205, que regulamenta o funcionamento e estruturação das unidades do Colégio Militar de Timon e Caxias, obteve unanimidade de votos favoráveis, visto a grandeza de sua funcionalidade.

Conforme análise do deputado, para Timon, cuja unidade V do Colégio Militar Tiradentes está em funcionamento desde o início do ano, este Projeto de Lei pode ser considerado a Certidão de Batismo da escola, pois a de nascimento já existia antes mesmo do início das aulas, com a Medida Provisória 225, de 11 de agosto de 2016.

Em discurso no início da semana, Rafael Leitoa afirmava que com a sanção deste Projeto de Lei pelo Governador Flávio Dino, o Colégio Militar Tiradentes V passaria a ter “uma estrutura de comando, de diretoria administrativa, de serviço de saúde e diretoria pedagógica”.  Ainda no discurso do dia 14, Rafael Leitoa comemorou a referência positiva da Unidade V, em Timon, dirigida pelo Major Sousa, e confirmou a sede definitiva do Colégio, tanto para o Ensino Médio, quanto para o Fundamental, para o antigo CAIC, após conclusão da reforma.

“A maioria dos deputados se mostraram sensíveis em relação à matéria e aprovaram o Projeto de Lei em dois turnos, votado em regime de urgência, solicitado por mim, via Requerimento recente. Agora é buscarmos a conclusão das obras no CAIC, para tornar o nosso Colégio Militar Tiradentes V uma referência de ensino não só estadual, mas nacional”, concluiu.

0 comentários:

Postar um comentário