Prefeitura e SAAE estudam implantação de sistema de abastecimento de água no povoado Pau Pombo

19.8.17
Uma comitiva dos moradores do povoado Pau Pombo, localizado no 2º Distrito de Caxias, esteve reunida com o diretor do SAAE, o engenheiro Arnaldo de Arruda, o secretário de Governo da Prefeitura de Caxias, Catulé Júnior, e o secretário adjunto de Articulação Política, Ricardo Rodrigues. O objetivo da reunião foi discutir a implantação de um sistema de abastecimento de água no povoado.

O povoado Pau Pombo possui 86 famílias que utilizam água retirada de poço, tipo cacimbão. Para o presidente da associação de moradores do povoado, Solidônio da Silva, é grande a expectativa dos moradores para terem água de qualidade dentro de casa. "Viemos aqui pedir ajuda para o SAAE, por meio da Secretaria de Governo, para melhorar a situação da nossa água. Saímos daqui com uma grande expectativa de que em breve vamos poder contar com uma água tratada nas nossas casas".

Para o diretor do SAAE, é umas das prioridades do governo Fábio Gentil atender bem as pessoas que mais precisam, em especial, as famílias da zona rural. "Sabemos que essas famílias não dispõem de água em casa, e na maioria desses lares, que possuem crianças e idosos, a água é imprópria para o consumo, por isso é uma preocupação do SAAE garantir uma água de qualidade para essas famílias".

"Reuniões como essas são muito importantes para o nosso contato com o povo, aproximar a comunidade da gestão municipal e assim, atender as demandas da população. Nós fomos procurados pelos moradores da comunidade Pau Pombo para intervir na situação da água que eles consomem e, prontamente procuramos o SAAE que irá avaliar de forma técnica a viabilidade desse poço. Temos a certeza de que em breve, nós estaremos comemorando a resolução de mais um problema", enfatizou o secretário Catulé Júnior.

Como encaminhamento da reunião, o SAAE vai iniciar, com a sua equipe de engenharia, o levantamento da comunidade para a elaboração de projetos para a implantação do sistema de abastecimento de água.

Fonte: Ascom/ SAAE

0 comentários:

Postar um comentário