Timon - Jornalista e blogueiro é vítima de tentativa de censura por publicar notícia em portal

14.7.14
Jornalista e blogueiro Ademar Sousa diz que 
está sendo vítima de perseguição política
O jornalista e blogueiro Ademar Sousa, do Tribuna do Maranhão, está às voltas com um problema de liberdade de Imprensa e de direito à informação: quase um ano depois de postar informação sobre denúncia de desvio de finalidade, ele responde a ação de indenização por danos morais com pedido de liminar. Os autores da ação querem que o blogueiro pague indenização de 40 salários mínimos.

Raimundo Vieira Mascarenhas e Detudes Pereira de Almeida são os responsáveis pela açãoo judicial. Sua advogada é Amanda A. Waquim, filha da ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim. O fato de a ação ser apresentada por advogada, filha da ex-prefeita, leva o jornalista a imaginar que se trata de tentativa de prejudicá-lo no exercício do seu direito de informar.

Os autores da demanda contra o profissional alegam que foram acusados “injustamente” de desvio de material de uma obra de asfaltamento de uma rua de Timon. O jornalista, para publicar a matéria, se baseou em fotos que comprovam a natureza da sua denúncia porque mostram os acusados conduzindo abertamente caixas contendo material.

O jornalista diz que não pode ser condenado por uma ação alheia à prática do bem comum considerando que os dois autores aparecem nas fotos com caixas contendo o material. Ademar Sousa estranha o fato de haver publicado a matéria em 22 de maio de 2013 e só receber o mandado de citação e intimação do processo, que agora é vítima, quase um ano depois.

Seu advogado Éder Claudino está elaborando a defesa do conhecido blogueiro maranhense. A juíza da 2ª Vara Cível de Timon, Susi Ponte de Almeida, marcou a audiência de conciliação, instrução e julgamento para  terça-feira (15), às 9h.

Ademar Sousa entende que o processo contra a sua pessoa trata-se de uma “ação orquestrada” meramente para prejudicá-lo moral e profissionalmente, não só pelo fato de ter havido demora deles autores terem decidido ingressar com a referida ação assim como o fato de a advogada do feito ser filha da ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim. (Do blog do Chyco Viana)

0 comentários:

Postar um comentário