Como se comunicar melhor usando a Teoria dos Sete

5.7.14
Todo mundo já caiu no sono durante uma palestra ou discurso no qual a pessoa passou horas tagarelando, supondo que adultos têm uma capacidade infinita de prestar atenção.

Na realidade, para ser um bom comunicador, é melhor falar com os outros como se eles fossem crianças.

Bruce Kasanoff, autor do livro “How to Self-Promote without Being a Jerk” (“Como se Autopromover Sem Ser Um Idiota”, em tradução livre), criou a Teoria dos Sete, que diz que a qualquer momento você tem que se comunicar com um grande grupo de pessoas como se elas tivessem sete anos de idade. Isso não significa menosprezá-las, e sim ser tão interessante, claro e simples que consiga manter a atenção de todas.

Dicas

Seja claro sobre suas prioridades: Qual é a sua prioridade? Você quer que todos (com quem você está falando) a conheçam? Então seja claro. Para um instrutor de esqui, a prioridade é segurança. Como fazer crianças prestarem atenção em instruções de segurança e seguirem-nas? Com repetição incessante, humor e muita clareza. Quanto maior for o seu público, mais essencial é que você seja claro, não importa se você está comercializando um novo produto ou realizando uma campanha educacional.

Seja claro sobre o que vem em seguida: Infelizmente, muito do que acontece no mundo dos negócios é vago e confuso. Não está claro o que vai acontecer no futuro, porque ninguém descobriu o que vai acontecer ainda. Ao invés de se concentrar em possibilidades longe da realidade, se você quer que as pessoas comecem a agir agora, seja 100% claro sobre o que vai acontecer exatamente a seguir. Mais ou menos como dizer para as crianças que precisam ouvir uma instrução de segurança antes de esquiar: “Se você me der a sua atenção por cinco minutos, acabamos com isso logo e podemos começar a nos divertir”.

Não seja intelectual: Existem milhões de maneiras de explicar as coisas, mas vamos dividir todas essas categorias entre “de maneira simples” e “de maneira complicada”. Sempre escolha a simples. Se você está em uma conversa pessoal com outro adulto, seja intelectual. Mas quanto maior seu público, menos espaço há para ser intelectual. Coloque dez pessoas em uma sala, e você vai perder alguém com essa abordagem. Faça um vídeo que 10.000 pessoas precisam entender, e é melhor ser absolutamente simplista.

Não assuma que os outros são idiotas: Trate seu público com respeito. Ao mesmo tempo, é melhor assumir que eles têm períodos de atenção ultracurtos e que anseiam experiências memoráveis. Seja interessante, não babaca.

Mantenha as coisas em movimento: Ninguém gosta de previsível e chato. Uma estratégia muito melhor é manter as coisas se movendo em um ritmo bom, de forma que há sempre algo interessante e útil acontecendo. Seja criativo, imprevisível, apaixonado, solidário e gentil. Torne cada momento de seu discurso tão interessante que ninguém quer ir ao banheiro para não perder algo bom. (Mas planeje intervalos para uso do banheiro). [Fonte: Forbes]

0 comentários:

Postar um comentário