Silêncio total! Mídia do governo Léo Coutinho não dá ‘um pio’ sobre a chegada de milhões para o setor da saúde

26.7.14
Fica cada vez mais difícil para o prefeito de Caxias, Léo Coutinho, continuar com o discurso sem lógica de falta de recursos para justificar a paralisia do seu governo.

Sendo a terceira cidade do Estado que mais recebe recursos constitucionais da União, o bom trânsito do grupo dominante garante uma considerável quantia de recursos extras do governo federal a titulo de convênios e repasses a fundo perdido.

E com os repasses federais aumentando em cerca de 20% em relação ao ano passado (lembre aqui e aqui), as boas notícias vindas de Brasília garantem mais alguns milhões para a calamitosa saúde da princesa sertão.

Coube ao repórter Mano Santos, do Portal Noca, a informação da boa nova.
Prefeito Léo Coutinho coleciona boas notícias 
com as finanças do município

Serão R$ 4.193.000,00 (quatro milhões, cento e noventa e três mil reais) a serem destinados para custeio das ações da área de Média e Alta Complexidade. A verba foi destinada para cinco unidades de atendimento e deve ser usado na melhoria do atendimento da saúde.

Os gastos incluirão o pagamento de procedimentos como quimioterapia, financiamento de hospitais de pequeno porte, centros de especialidades odontológicas, laboratórios de prótese dentária, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e habilitação de leito”, informou o repórter Mano Santos na matéria publicada no Portal Noca nesta sexta-feira, 25.

Com uma equipe de mídia sempre pronta para propagar o caos e a penúria nas contas públicas, estranhamente o governo Léo Coutinho não usou sua máquina de comunicação para anunciar a boa notícia de mais de R$ 4 milhões para serem investidos na saúde do povo de Caxias.

Caso fosse um corte de pelo menos um único real nos repasses do setor, com certeza isso seria divulgado a exaustão pela mídia dos coutinhos.

Abaixo os valores repassados para cada unidade de saúde no município:

Policlínica PAM (R$ 300 mil)
Parcelas de R$ 50 mil

Maternidade Carmosina Coutinho (R$ 2.993 mil)
Parcelas de R$ 498 mil

Centro Especializado em Assistência Materno Infantil - CEAMI (R$ 400 mil)
Parcelas de R$ 66 mil

Hospital Geral de Caxias (R$ 200 mil)
Parcelas de R$ 33 mil

Samu (R$ 300 mil).
Parcelas de R$ 50 mil

Total (R$ 4.193 mil)

0 comentários:

Postar um comentário