Programação do aniversário de adesão de Caxias à independência do Brasil é motivo de chacota nas redes sociais

31.7.14
A brincadeira feita nas redes sociais
Definitivamente, a realização de eventos a altura da tradição de Caxias no cenário estadual é coisa do passado. A programação da comemoração dos 191 anos da adesão do município à independência do Brasil, por ser pífia, é o novo alvo da revolta dos caxienses.

Usando as redes sociais, os caxienses trataram logo de fazer chacota com o fraco evento.

A arte oficial do evento
As atividades deste ano, que serão realizadas no balneário Veneza, preveem o corte do bolo, mutirão de atendimento, atividades esportivas, oficinas de artesanato, disputa de motocross, paredões de som e a apresentação do cantor local, Bil Martins.

O mutirão de atendimento será feito pela Secretária de Saúde, com medição de pressão arterial, exames de tipo sanguíneo, orientações sobre saúde e outros. As oficinas de artesanato consistem em oferecer aos participantes a oportunidade de trabalhar com material reciclável onde irão aprender a fazer blocos de papel e imãs de geladeira.

Paredões de som, num total de 13, estarão presenteando os ouvidos dos presentes com músicas que, com certeza, o prefeito Léo Coutinho não ouve no conforto do seu lar.

A noite, a partir das 21hrs., o cantor Bil Martins fará uma apresentação na concha acústica do balneário.

E a programação da comemoração da adesão de Caxias à Independência se resume a isso.

Nas redes sociais, os caxienses não pouparam nas criticas.

Uma montagem, pegando como base a mesma arte utilizada para anunciar o evento, foi modificada e lá ‘anunciaram’ como atrações: Badyo Skema 10, MC Guiné, Michel Teló, Cláudia Leite, Jackson Douglas e Victor & Léo. No rodapé da arte a devida explicação: “e muito mais... em pendrives tocando nos paredões de som!”

Pelo jeito, o governo intitulado Cada Vez Melhor não está muito interessado em melhorar os índices de popularidade que ostenta.

Ah! Antes de tudo isso, teremos alvorada em frente a Prefeitura de Caxias, onde terá ainda o hasteamento das bandeiras de Caxias, Maranhão e do Brasil.

O tradicional discurso das autoridades será feito após o hasteamento das bandeiras.

Quem quiser participar e ouvir o discurso do prefeito de Caxias, Léo Coutinho, deve acordar cedo, pois isso será às 06:00hrs da manhã. Vale a pena o esforço, afinal de contas, ele não anda discursando muito por ai ultimamente.

Reformas

Por Edson Vidigal, advogado, professor e ex-ministro do STJ

Ou vamos todos para as ruas, primeiro para discutirmos os pontos essenciais das mudanças e, em seguida, obtido o consenso, enfiarmos nesse Congresso, goela adentro, um projeto de iniciativa popular para a reforma política ou, sei não, seguiremos como cegos batendo bengala no chão fofo até despencarmos num despenhadeiro institucional.

E aí, colegas, vai ser tão difícil retomarmos a longa estrada das liberdades democráticas quanto o foi na última ditadura.

Eleições periódicas com regras ditadas pelos que se mantém na dominação total não legitimam nada, só servem como coreografia do espetáculo falsamente democrático, até porque, para eles, a melhor lei eleitoral é aquela pela qual possam sempre ser eleitos.

Não há dita dura ou dita mole. Tudo que solapa o direito da Nação à alternância na gestão do 
Governo e, por consequência, amplia o fosso entre a sociedade e o Estado, solapando direitos da cidadania, esmagando as divergências, impondo pelo controle absoluto da mídia o cotidiano da verdade única, nada tem a ver com democracia.

Estamos, todos nós, brasileiros, em especial os maranhenses, até aaaqui - no limite do que a nossa boa fé e santa paciência podem tolerar.

O poder político que por seus partidos abutres controla o Brasil de cima para baixo se imanta de legitimidade artificial. Resulta de engrenagens falsas, jogadas sujas, de lances fora das regras que eles próprios, os que fazem do exercício da politica um rendoso meio de vida, nos impõem de dois em dois anos.

A autonomia plena que a Constituinte com a melhor das intenções deu aos partidos tem servido para fortalecê-los, sim, mas como pequenas empresas de grandes negócios. E negociantes.

Os horários de rádio e de TV ocupados pelos partidos não são nada gratuitos. Ao contrario da proposição da lei. Não apresentam ideias realizadoras para algum debate.

Servem para enriquecer uns poucos e famosos marqueteiros, profissionais em ilusionismo, vendendo candidatos como pessoas de rara inteligência, competência, probidade e alta sofisticação, mesmo sabendo que muitos deles já foram vendidos antes em outros mercados.

Só a iniciativa popular terá poder para reduzir pela metade o numero de Deputados e Vereadores e ainda de Senadores por Estado. 

Por que três Senadores? Dois bastam. E por que mandato de oito anos? Cinco anos bastam, coincidindo com os mandatos executivos, que voltarão a cinco anos, sem reeleição.

As eleições para Deputados e os Vereadores serão um ano antes do Presidente, dos Governadores e dos Prefeitos, ensejando espaços para debates entre candidatos e com a participação de lideres da sociedade civil.

Com o voto distrital e o fim da propaganda dita gratuita dos partidos no rádio e na TV haverá mais espaço para menos candidatos e os debates focarão questões de maior interesse das comunidades nos distritos. O eleitor poderá acompanhar de perto a atuação do eleito e que não fizer bem o seu trabalho não será o mais votado na eleição seguinte.

Acabaremos também com esse festim de partidos sem votos, mas com atuação nos legislativos e que pelo alto preço que cobram só dificultam a governabilidade. O partido que não obtiver um percentual razoável de votos num determinado numero de distritos só terá fôlego para concorrer por até dez anos, mas não terá atuação parlamentar.

Os partidos terão de atuar a partir das bases, proibidas reeleições de seus dirigentes e prorrogações das suas comissões provisórias. 

Todos os candidatos que terão que passar antes por eleição prévia com voto obrigatório direto e secreto de todos os filiados numa Convenção. 

Assim poderá haver o voto em lista, ou seja, o voto apenas no partido que já terá escolhido, antes, a sua chapa em cada distrito.

Fim das coligações partidárias e do voto proporcional. Esses são outros fatores do atraso democrático.

Financiamento público de campanha, mais do que já existe? Instituiremos contribuições apenas de pessoas físicas em limites fixos para cada cargo e lugar, deduzindo-as do imposto de renda. Será o incentivo fiscal para a democracia. Mais importante que dispensa de IPI para compra de carro zero, o que só tem poluído e atrapalhado a mobilidade urbana nas médias e nas grandes cidades do País.

A Justiça Eleitoral que tem juiz classista, mas não é paritária, terá seu atual formato rediscutido. Não pode continuar com juízes emprestados de outros Tribunais, noturna, no caso do TSE, assoberbada e soturna. Fui Ministro lá, eu sei.

As Cortes de Contas são outras engolideiras de dinheiros públicos, instrumentalizados para a perseguição política ou para o acobertamento de malfeitos, conforme os agrados da situação. Controle externo, fim das regalias, transparência absoluta, focos da mídia no acompanhamento do que fazem e deixam de fazer.

Não basta exigir do candidato a cargo eletivo, e todos os cargos são de grande relevo, prova de alfabetização. Há que se exigir dos candidatos grau de escolarização suficiente ao desempenho eficaz e honesto das funções que pretendem exercer. Ficha limpa por si só não basta.

Eis aqui algumas ideias em circulação para uma agenda de debates com a rapaziada das escolas, das organizações comunitárias, das igrejas, das noitadas do regue e das torcidas do futebol.

Se o problema está nas regras, não adianta nada mudar as cores do time ou trocar os atletas. O jogo será sempre o mesmo. Então, o jeito é mudar as regras. Reformas políticas já!

A possível eleição de Flávio Dino e o poder subindo à cabeça dos aliados em Caxias

Flávio Dino é favorito para ganhar as eleições para governador do Maranhão. A dianteira nas pesquisas repete-se desde o início do ano. As duas sondagens que serão divulgadas neste final de semana poderão clarear ainda mais o cenário eleitoral do Estado.

Flávio Dino é arrogante. O apelido de “professor de Deus” surgiu por conta do mesmo nunca aceitar o contraditório e de querer dominar todo e qualquer assunto, com todo e qualquer interlocutor.

E essa arrogância do comunista parece que é contagiosa, ou melhor, é contagiosa.

Em Caxias, quando se conversa com qualquer aliado de Dino, ouve-se desses correligionários que o carnaval do próximo ano vai ser muito bom “porque o Flávio vai mandar muito dinheiro para Caxias”, diz qualquer simpatizante do comunista. “Vamos ter muito convênio para construção de escolas e creches através dos convênios com o Flávio”, comenta aquele empreiteiro mais afoito.

Vive-se um verdadeiro frenesi nos correligionários de Dino em Caxias. Nenhum deles trabalha com a hipótese de outro resultado que não seja o comunista na cadeira de governador. Estão contando com o ovo...

Em muitos desses aliados da suposta libertação do Maranhão, a ideia de que serão frequentadores assíduos do Palácio dos Leões, como se o local fosse uma extensão da sede da Prefeitura de Caxias, corre solta nos seus pensamentos.

Existem até aqueles que acreditam que farão parte do 1o escalão do governo. Não fosse a implacável Lei da Ficha Limpa, teve até um vereador caxiense de terno comprado para tomar posse como secretário de Estado em janeiro de 2015.

Pelo andar da carruagem, e caso nenhum acidente de percurso aconteça, Flávio Dino será eleito em outubro.

Pelo andar da carruagem, e caso nenhum acidente de percurso aconteça, Humberto Coutinho será eleito deputado estadual em outubro.

Flávio Dino governador, fatalmente Humberto Coutinho será presidente da Assembleia Legislativa.

Quem conhece HC, e este blogueiro conhece, jamais aceitará, em hipótese alguma, que qualquer aliado fique a vontade para conseguir qualquer beneficio na estrutura do governo estadual que não seja através do seu intermédio.

É bom muita gente ir tirando o cavalo da chuva achando que irá cantar de galo por ter uma suposta amizade com Flávio Dino. Humberto Coutinho será o único interlocutor entre a classe política caxiense e o governador.

Mas vamos aguardar o resultado das urnas.

Tentativa de assalto em panificadora acaba com vítima e acusado feridos a bala em Caxias

(Imagem ilustrativa)
Duas pessoas ficaram feridas à bala na noite desta quarta-feira (30), durante tentativa de assalto à uma panificadora na Avenida Central, setor Pequizeiro, em Caxias.

De acordo com informações preliminares, dois homens em uma motocicleta chegaram ao local por volta das 19h30. O condutor ficou dando cobertura do lado de fora do estabelecimento, enquanto o outro, empunhando uma arma de fogo entrou no recinto e foi anunciando o assalto.

Um cliente que estava na Panificadora teria reagido e entrado em luta corporal com o criminoso. Neste momento, o revólver disparou duas vezes, sendo que o cliente foi atingido de raspão na região do tórax, enquanto o assaltante foi alvejado no braço.

Mesmo ferido o bandido evadiu-se do local, mas, foi localizado e preso no HGM, logo após seu comparsa tê-lo deixando no Hospital por conta dos ferimentos. Ele foi identificado como Moises de Sousa Cabral de 21. As informações são de que o comparsa dele continua foragido.

Assaltos

Pelo menos três pessoas foram assaltadas no bairro Castelo Branco na noite desta quarta-feira (30), as vítimas tiveram levados aparelhos celulares Os suspeitos também estavam numa motocicleta e armados. A polícia deve cruzar informações para saber se a dupla que tentou assaltar na panificadora é a mesma que estava aterrorizando a região. (fonte: Mano Santos/Portal Noca)

Luciano Leitoa: a consolidação de uma liderança no leste maranhense

30.7.14
Nunca é vaiado nos eventos que participa / Prefeito Luciano Leitoa 
comanda os eventos políticos do seu grupo político em Timon
O prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB), conseguiu nesses pouco mais de 18 meses de sua administração, tornar-se uma liderança política incontestável no leste maranhense.

Sendo herdeiro política do pai, ex-prefeito e ex-deputado Chico Leitoa, muitos viam na juventude do jovem prefeito um fator de desconfiança sobre a sua real condição de líder.

Mas para quem duvidava de sua capacidade de articulação, o prefeito timonense superou as expectativas e hoje é, com certeza, uma das maiores lideranças regionais do Estado e a maior do município que administra.

O pai, ex-prefeito de Timon, ainda hoje ajuda o filho na articulação política, mas nem de longe representa a figura daquele chefe político que mantém ingerência sobre os passos do rebento.

Luciano é com certeza umas das maiores lideranças do leste e uma das maiores promessas da nova safra de políticos do Maranhão. 

Te cuida, Léo Coutinho!!! Caxienses se mobilizam em redes sociais para protestar contra descaso da administração do município

(imagem ilustrativa)
Um ano após o movimento “Vem Pra Rua Caxias”, novamente os caxienses se mobilizam para outro evento com vistas a protestarem contra o descaso da atual administração da cidade.

Sem uma liderança definida, o movimento surgiu da insatisfação coletiva dos internautas que reclamam diariamente contra a situação das ruas, dos hospitais, do lixo nas ruas e dos baixos salários pagos pela administração municipal.

Embora tenha o atual governo como principal foco de reclamações, o movimento visa também que os 19 vereadores sejam cobrados e que exerçam o papel para o qual foram eleitos.

Na pauta de reivindicações tem de tudo, desde a melhoria na saúde pública, criação de perspectivas de empregos, combate a violência e a criminalidade, melhoria no setor educacional, além de agilizar melhorias na área de infraestrutura das ruas da cidade.

Com a articulação sido iniciada no sábado, já na segunda-feira, 28, era o assunto mais comentado na blogosfera caxiense.

Mesmo sido inspirado no evento realizado no ano passado na cidade, este, marcado para o dia 11 de agosto, tem alvos definidos para receberem as críticas e as cobranças, haja vista que o anterior era genérico e não tinha uma pauta definida.

Um movimento semelhante foi realizado neste mês no município de Santa Inês, onde a população foi às ruas protestar contra os desmandos da administração do prefeito Ribamar Alves, do mesmo partido do prefeito de Caxias, o PSB.

O blog estará atento e irá informar sobre os leitores sobre os rumos do movimento.

Data M X Econométrica - Pesquisas eleitorais que serão divulgadas no próximo final de semana prometem incendiar o debate político maranhense

Números das pesquisas devem refletir início das atividades 
de campanha dos candidatos mais bem colocados na disputa
Os institutos Data M e Econométrica irão divulgar no próximo final de semana pesquisas de opinião sobre a sucessão estadual.

Contratada pelo jornal O Imparcial, a Econométrica ouviu 1.000 (mil) eleitores em todo o Estado e poderá divulgar o resultado encontrado para governador e senador no sábado, dia 02.

Já o Data M, contratado pelo jornal Atos e Fatos, ouviu 1.500 eleitores em 50 cidades pesquisadas e poderá apresentar o resultado no domingo, dia 03.
Documento 1 (protocolo de registro da pesquisa Econométrica)

No protocolo do registro da Econométrica, disponível no site do TSE (documento 1), vê-se que trata-se de pesquisa apenas para senador e governador. No entanto, no questionário aplicado (documento 2), surgem também perguntas para presidente.

Documento 1 (Questionário Econométrica – 
clique para ampliar o documento)
As pesquisas feitas até o momento dão o candidato a governador do MA pelo PC do B, Flávio Dino, sempre com uma boa dianteira em relação aos seus adversários.

No entanto, a primeira pesquisa da Econométrica realizada no mês passado foi alvo de questionamentos e dúvidas pela coligação de Dino, que conseguiu barrar sua divulgação na Justiça Eleitoral. Liberada pela justiça dias depois, os números da Econométrica ainda eram favoráveis a Dino, mas não tão elásticos como aqueles encontrados pelo Data M.

Não tenho dúvidas que a divulgação de pesquisas de opinião, com apenas 24 horas de diferença uma da outra, culminará em intensos debates pelos apoiadores dos respectivos candidatos.

É aguardar e conferir.

Identificada vitima de acidente envolvendo carro de deputado em Caxias

29.7.14
Vítima
O policial aposentado Francisco Rodrigues Alves, 72 anos, era o condutor do Pálio que se envolveu num acidente de trânsito em Caxias na manhã do último domingo (27). O outro veículo, uma SW4, de propriedade do deputado estadual Rubens Pereira Jr. (PC do B), onde estavam além do parlamentar, o motorista e três assessores.

O policial aposentado morreu na hora. O deputado e os ocupantes da SW4 sofreram apenas escoriações leves e diferente do que foi publicado pela imprensa local, o parlamentar não foi encaminhado para o HGM e sim atendido numa clinica particular, de propriedade do ex-prefeito de Caxias e aliado político.

Carro da vítima
Carro do parlamentar
O acidente aconteceu nas proximidades da rotatória na MA 127, que liga Caxias ao município de São João do Sóter. O impacto da colisão foi tão forte que o ex-policial foi arremessado por cerca de 40 metros. A vítima só teve o nome divulgado na manhã desta segunda-feira (28).

Os veículos envolvidos ficaram com as frentes completamente destruídas. A polícia continua com as investigações que irão identificar as causas do acidente. (Fonte: Mano Santos/Portal Noca)

Incrível!!! Prefeito Léo Coutinho monta a cavalo e quase bebe “água de cabaça” na tentativa de ser popular em evento de produtores rurais










Os caxienses foram surpreendidos na manhã deste domingo, 27, com o prefeito Léo Coutinho montado num cavalo durante evento do Sindicato Rural de Caxias.

A imagem do prefeito tentando ser popular ao montar num cavalo foi pouco diante do fato dele quase ter bebido água de cabaça no Parque da Cidade. “Ofereceram a água dentro de uma cabaça e ele quase bebeu”, conta um produtor presente ao evento rindo da cena do prefeito olhando pra cabaça e avaliando se devia ou não beber a água.

A cabaça é usada pelo sertanejo para transportar água durante o cultivo da roça ou por vaqueiros que se aventuram mato adentro em busca do gado.

Verdade ou não, Léo Coutinho prometeu ajudar os produtores caxienses nos eventos relativos ao setor. "A Prefeitura sempre participa ativamente com apoio logístico, recuperação do parque de exposições, da iluminação, limpeza pública e demais serviços que têm pertinência com o movimento, como a agricultura", destacou Leonardo Coutinho segundo matéria divulgada por sua assessoria.

A Cavalgada do Produtor Rural está na sua 13a edição e tem como objetivo marcar oficialmente a programação de preparação da I Feira de Agrotecnologia Familiar da Região dos Cocais (AgriTEC) que acontecerá no mês de novembro.

Te inspira, Léo Coutinho! Timon já destina de forma correta seus resíduos sólidos

Agora todo o resíduo sólido da cidade é destinado ao Centro de Tratamento de Resíduos (CTR)

O município de Timon está entre as cidades brasileiras que se destaca em cumprir a determinação do Governo Federal prevista na Lei Federal Nº 12.305/ 2010 da Política Nacional de Resíduos sólidos (PNRS), que exige o fechamento de lixões até 2 de agosto de 2014. Adiantada nas ações que envolvem o cumprimento desse prazo, a prefeitura de Timon, há quase um ano vem trabalhando em projetos e ações voltadas para o cumprimento dessas exigências. Uma das ações principais foi a desativação do antigo lixão. Agora todo o resíduo sólido da cidade está sendo destinado de forma correta ao Centro de Tratamento de Resíduos (CTR) já fase de instalação na cidade.

Prefeito de Timon, Luciano Leitoa: exemplo 
de gestor a ser imitado pelo prefeito de Caxias
O prefeito Luciano Leitoa falou de como se deu todo esse processo de adequação da cidade. “Em agosto de 2010 o Governo Federal estipulou que todos os municípios brasileiros aderissem este plano e estipulou um prazo de quatro anos para execução. O prazo final é até o próximo mês, dia 02 e existem muitos municípios brasileiros que não estão cumprindo este termo. Nós estamos cumprindo nossa parte, atendemos uma das principais exigências do Governo Federal, a desativação do antigo lixão e isso traz uma qualidade de vida muito melhor para a sociedade”.

O Centro de tratamento de Resíduos Sólidos de Timon está sendo instalado no povoado de Campo Grande, zona rural da cidade. A Prefeitura através de uma licitação contratou uma empresa que é responsável por todo o trabalho executado no local. O CTR é o lugar para onde o resíduo sólido produzindo pela cidade está sendo destinado de maneira adequada e é uma ação que remedia de forma adequada as cidades e regiões a deixar pra trás a realidade nociva de lixões.

O CTR está em fase de implantação, os resíduos que chegam ao centro de tratamento, a princípio são compactados, em breve galpões de triagem vão ser instalados para que seja dado início a outra etapa, que é a de separação dos resíduos de acordo com as características físicas de cada um. Após isso, será feita também a separação do material que pode ser ou não reciclável. Depois disso será realizada a destinação correta dos resíduos perigosos; já destinação dos resíduos oriundos dos serviços de saúde ficará sob responsabilidade de outra empresa contratada e licitada pela prefeitura. Ao fim dessas etapas, o material que restar será transformado em adubo.

Para o superintendente municipal de limpeza urbana de Timon, Alexandre Luz, Timon está no caminho certo para se tornar uma cidade que passou a saber como destinar de forma correta os resíduos sem agredir ao meio ambiente. “Timon está bem adiantada nas adequações exigidas pelo Governo Federal, além da CTR, a cidade já conta com dois caminhões de limpeza próprios e avançados, e em breve vão contar com mais outros três novos caminhões, isso tudo faz parte das adequações ao plano nacional de resíduos sólidos”, explica Alexandre Luz.

Aliado a tudo isso, a prefeitura vai em breve implantar na cidade um Plano Municipal de Saneamento Básico, em que duas ações são voltadas para o destino correto dos resíduos, como : manejo adequado dos resíduos sólidos e a limpeza urbana.

O Prefeito Luciano Leitoa acrescenta que, Timon entra em uma nova fase de ações voltadas para a qualidade de vida da população. “Estamos realizando junto com a população ações que vão mudar a vida dos moradores de Timon, a elaboração do plano municipal de saneamento básico é uma das ações em execução, as pessoas que estão participando da elaboração do plano são atores de uma história que vai trazer um novo momento para a cidade, uma Timon bem melhor pra se viver”, conclui o prefeito. (Da assessoria).

Humberto Coutinho passa mal durante carreata e assusta correligionários

28.7.14
Mal-estar sofrido por Humberto Coutinho 
assustou, mas não afetou rumos da campanha
O candidato a deputado estadual Humberto Coutinho (PDT) passou mal durante carreata realizada no último final de semana no município de Tuntum.

Informações do jornalista Gilberto Léda, publicadas em seu blog, dão conta de que o carro que levava o ex-prefeito de Caxias chegou a ser retirado da carreata devido ao seu estado de saúde.

Humberto teria sido levado à residência de uma correligionária em Tuntum devido ao mal-estar, mas não chegou a ir para um hospital. O prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, que é médico, estava ao lado de HC durante o ocorrido.

Vindo de um longo tratamento contra um câncer no intestino grosso, Humberto Coutinho passou por algumas cirurgias na região afetada pela doença. Com vários sustos durante os procedimentos cirúrgicos, a quimioterapia que o ex-prefeito ainda está fazendo o deixa fraco e suscetível a infecções.

O mal-estar que HC sofreu em Tuntum certamente aconteceu por conta do esforço físico que ele fez durante a desgastante atividade de campanha de rua.

A família do ex-prefeito já trabalhava com a hipótese dele não ter condições físicas de enfrentar a campanha devido aos efeitos da quimioterapia, o que levou a deputada Cleide Coutinho a registrar-se também como candidata, o que acabou não dando certo, pois ela foi abatida pela implacável Lei da Ficha Limpa, haja vista que teve seu nome incluso na lista negra do TCU como ficha suja.

Apesar do susto, o ocorrido com o candidato a deputado não passou do que realmente foi: apenas um susto.

Salve-se quem puder!!! Campanha de Humberto Coutinho em Caxias esconde candidatura de Roberto Rocha

Exclusão da foto de Roberto Rocha no 
material de campanha em Caxias talvez 
explique o motivo dele não acompanhar os 
números de Flávio Dino nas pesquisas de 
opinião divulgadas até o momento
Tá feia a coisa para o candidatura de Roberto Rocha (PSB) a senador em Caxias. O grupo Coutinho, responsável pelo comando da campanha do próprio chefe do grupo, Humberto Coutinho a deputado estadual, Flávio Dino a governador, Rubens Júnior a deputado federal e Rocha a senador parece que não está muito preocupado com a segunda candidatura majoritária.

É que na principal atividade de campanha feita até o momento, que é a colocação de adesivos nos carros, o candidato a senador foi excluído da montagem.

A maior parte dos veículos de aliados do grupo Coutinho em Caxias estampa um adesivo na parte traseira em que estão apenas Humberto, Flávio e Rubens Júnior.

Já uma parte considerável se recusa a ostentar a foto de Rubens Júnior nos seus veículos. “Minha formação intelectual e política não permite eu votar nesse candidato do Humberto”, justifica um aliado de HC em contato com o blog ao explicar o motivo de excluir o candidato a deputado federal apoiado pelos coutinhos.

Com Roberto Rocha, as justificativas para praticamente ninguém adesivar sua foto nos carros são muitas, que vão desde a antipatia natural que a classe política nutre por ele e também, e principalmente, pela falta de interesse de Humberto Coutinho em ajudá-lo.
E essa falta de interesse de Humberto em socorrer o candidato a senador do seu grupo é evidente, pois caso se empenhasse, a maioria dos correligionários não iria se opor, haja vista que todos são mantidos com cargos e benesses da Prefeitura de Caxias.

Não é segredo pra ninguém a amizade que Humberto Coutinho tem por Edson Lobão, o pai, e também pelo deputado federal Gastão Vieira, que disputa a mesma vaga de Roberto Rocha ao senado.

Em 2010, HC apoiou Edson Lobão ao senado e sua esposa, Nice, para deputada federal. Era uma estratégia para ficar com um pé firme dentro do grupo adversário. A exclusão da imagem de Roberto Rocha nas centenas de veículos adesivados até o momento é com certeza uma demonstração clara que o estilo de fazer política do ex-prefeito de Caxias continua o mesmo.






A campanha eleitoral e o risco de vida…

27.7.14
Não é de hoje que se ouve dos candidatos a deputado federal e estadual lamentos da vida que levam nas estradas do Maranhão em busca de mandatos eletivos.

São rotinas estafantes, com viagens, geralmente de carro, em busca do voto nos mais longínquos municípios maranhenses. Isso sem falar na cansativa viagem de ida e volta a Brasília, no caso dos já detentores de mandato.

E essa correria desenfreada pelo voto – ou mesmo pela visita às bases, nas épocas sem eleição – são fatores de alto risco para acidentes, aéreos ou terrestres.

Os deputados estaduais Rubens Júnior e Eliziane Gama – ambos em busca de mandato na Câmara Federal – sofreram as consequências desta rotina neste fim de semana.

Na noite de sábado, Eliziane bateu a caminhonete em que viajava na região entre os municípios de passagem Franca e Buriti Bravo.

Hoje pela manhã, Rubens Júnior também envolveu-se em acidente, nas proximidades de Caxias.

Apesar de pouca divulgação na mídia, são mais comuns do que se pensam os acidentes envolvendo políticos em busca de votos nas estradas – e nos ares do Maranhão.

Em 1995, três deputados estaduais morreram na queda do avião em que seguiam para o interior.

Em 2011, poucos meses após assumir mandato, o deputado federal Luciano Moreira (PMDB) morreu em acidente de carro na estrada de Barreirinhas.

Entre os dois casos, vários outros se sucederam, com destaque para a morte dos prefeitos de Morros, Clóvis Bacelar, e de Zé Doca, Silas Cavalcante, nas estradas a caminho de São Luís.

Também candidato a deputado estadual, Adriano Sarney sofreu acidente de avião no início do ano, mas conseguiu escapar sem ferimentos.

A própria Eliziane Gama perdeu uma assessora, em acidente  de carro, há dois anos.

A rotina de campanha para deputados estaduais, federais, e até candidatos a senador e a governador é tensa e estafante.

É preciso avaliar se esta rotina vale, realmente, a pena… (Blog do Marco D’Eça)

ALDEIAS ALTAS - Prefeitura inicia perfuração de mais três poços artesianos

Para solucionar definitivamente o problema do abastecimento de água na zona urbana de Aldeias Altas, a prefeitura deu início a implantação de novos sistemas de abastecimento de água. A perfuração de mais 3 poços tubulares profundos teve início esta passada e a previsão de conclusão de cada um é de aproximadamente 45 dias.

Segundo informou Boré, secretário de Planejamento e Obras, os poços estão sendo perfurados dentro do projeto anunciado no programa de governo do prefeito Dr. Tinoco para solucionar o déficit de abastecimento de água potável na cidade. Ainda de acordo com o secretário, o projeto também contempla a construção de um novo reservatório no setor que abrange Distrito Industrial e loteamentos em implantação no município.

A primeira etapa, que compõe a perfuração dos poços artesianos já teve início De acordo a Secretária de Planejamento e Obras, os reservatórios terão em média 450 metros de profundidade com capacidade de produção que pode chegar a 300 mil litros de água por hora. Após a conclusão da perfuração e ligamento da rede inversa para abastecimento do reservatório da caixa d'água do centro, a demanda de água potável será auto-suficiente neste setor.

De acordo com o prefeito Dr. Tinoco, "a aquisição dos novos Sistemas de Abastecimento de Água, só foi possível graças às parcerias com o Governo do Estado, com a Codevasf e outros órgãos". Ele também garantiu a contrapartida do município para a execução da obra. Um dos primeiros locais onde os operários trabalham na abertura do poço e na Rua Maria Pastora, que fica localizada no cetro da cidade. (Fonte: Mano Santos/Portal Noca)

Com problemas de saúde, Soliney Filho retira candidatura

26.7.14
Soliney Filho desiste de candidatura a deputado
O presidente de honra do PRTB, Soliney Silva, anunciou na tarde deste sábado (26), que seu filho não irá mais disputar a eleição para deputado estadual este ano. A decisão foi tomada, após uma avaliação do estado de saúde de Soliney Filho, que sofre de uma doença genética denominada, espondilite anquilosante.

Soliney Filho estava cotado para ser um dos deputados mais bem votados na eleição deste ano e também faria parte de um processo de renovação da Assembleia Legislativa, porém a questão de saúde, atrapalharia a condução da campanha eleitoral.

No próximo dia 4 de agosto, o jovem político irá se submeter a um procedimento cirúrgico na cidade de Goiânia, o que impossibilitará de continuar com as suas atividades políticas.

O prefeito de Coelho Neto, explicou que a decisão foi tomada em consenso com toda a família, que avaliou ser muito mais importante a recuperação do filho do que se submeter a uma esgotante campanha político, que pode trazer consequências irreversíveis a saúde de Soliney Filho.

Apesar de não ter mais a participação do filho na disputa, Soliney Silva informou que permanecerá totalmente engajado na campanha de governador de Lobão Filho (PMDB) e para senador de Gastão Vieira (PMDB).

Durante o encontro realizado na cidade de Coelho Neto, Soliney aproveitou para agradecer todas as lideranças que declararam apoio a candidatura do seu filho e pediu para que estes sigam engajados no projeto político do grupo, que é eleger Lobão Filho e Gastão Vieira.

Junto com a família, decidimos retirar a candidatura de Soliney Filho da disputa de deputado estadual, pois a saúde está em primeiro lugar. Essa é uma decisão de vida e não podemos nos apegar a interesses mesquinhos, por isso deixo claro que não houve derrota política, briga interna e muito menos medo. Continuaremos fazendo política com o nosso grupo que é liderado pelo Lobão Filho e Gastão Vieira, e os candidatos a deputado estadual e federal ainda vamos definir”, anunciou Soliney.

Antes da reunião, o prefeito de Coelho Neto, acompanhou Lobão filho e sua comitiva da tradicional procissão de Nossa Senhora Santana que reuniu mais de 30 mil pessoas. (Fonte: blog do Diego Emir via blog do Ludwig Almeida)

Haroldo Sabóia diz que Gastão Vieira e Roberto Rocha são candidatos de Sarney

Silêncio total! Mídia do governo Léo Coutinho não dá ‘um pio’ sobre a chegada de milhões para o setor da saúde

Fica cada vez mais difícil para o prefeito de Caxias, Léo Coutinho, continuar com o discurso sem lógica de falta de recursos para justificar a paralisia do seu governo.

Sendo a terceira cidade do Estado que mais recebe recursos constitucionais da União, o bom trânsito do grupo dominante garante uma considerável quantia de recursos extras do governo federal a titulo de convênios e repasses a fundo perdido.

E com os repasses federais aumentando em cerca de 20% em relação ao ano passado (lembre aqui e aqui), as boas notícias vindas de Brasília garantem mais alguns milhões para a calamitosa saúde da princesa sertão.

Coube ao repórter Mano Santos, do Portal Noca, a informação da boa nova.
Prefeito Léo Coutinho coleciona boas notícias 
com as finanças do município

Serão R$ 4.193.000,00 (quatro milhões, cento e noventa e três mil reais) a serem destinados para custeio das ações da área de Média e Alta Complexidade. A verba foi destinada para cinco unidades de atendimento e deve ser usado na melhoria do atendimento da saúde.

Os gastos incluirão o pagamento de procedimentos como quimioterapia, financiamento de hospitais de pequeno porte, centros de especialidades odontológicas, laboratórios de prótese dentária, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e habilitação de leito”, informou o repórter Mano Santos na matéria publicada no Portal Noca nesta sexta-feira, 25.

Com uma equipe de mídia sempre pronta para propagar o caos e a penúria nas contas públicas, estranhamente o governo Léo Coutinho não usou sua máquina de comunicação para anunciar a boa notícia de mais de R$ 4 milhões para serem investidos na saúde do povo de Caxias.

Caso fosse um corte de pelo menos um único real nos repasses do setor, com certeza isso seria divulgado a exaustão pela mídia dos coutinhos.

Abaixo os valores repassados para cada unidade de saúde no município:

Policlínica PAM (R$ 300 mil)
Parcelas de R$ 50 mil

Maternidade Carmosina Coutinho (R$ 2.993 mil)
Parcelas de R$ 498 mil

Centro Especializado em Assistência Materno Infantil - CEAMI (R$ 400 mil)
Parcelas de R$ 66 mil

Hospital Geral de Caxias (R$ 200 mil)
Parcelas de R$ 33 mil

Samu (R$ 300 mil).
Parcelas de R$ 50 mil

Total (R$ 4.193 mil)

AGORA É TUDO PRÊMIO EM DINHEIRO!!! Na aquisição da sua cartela do Sabiá Dá Sorte deste domingo, você recebe grátis outra chance de concorrer aos prêmios

25.7.14
São R$ 37.500,00 divididos nas quatro faixas de premiação

A sua chance de ter uma boa surpresa no seu domingo não para. E essa surpresa vem em duas rodas e com muita grana. O Sabiá Dá Sorte deste domingo, na sua 85a extração, tem 4 prêmios totalizando R$ 37.500,00 (trinta e sete mil e quinhentos reais) nas diferentes faixas de premiação.

Na compra da sua cartela, o Sabiá Dá Sorte lhe dá outra totalmente grátis.

E é no 4o prêmio que você pode ganhar uma super bolada de R$ 30 mil reais.

Confira a premiação completa:
 
1o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 2.500,00

2o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 2.500,00

3o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 2.500,00

4o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 30.000,00


E tudo isso por apenas R$ 10,00.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda das cartelas será em benefício do projeto da escolinha de base do Sabiá Futebol Clube e a construção da Fazenda da Esperança Nossa Senhora das Graças.

E atenção

O sorteio será transmitido ao vivo, agora pelo canal 3, a partir das 10h, pela Rádio Tropical FM, além da rádio FM Nova Cidade do município de São João do Sóter.

Lembre-se: na compra de sua cartela, o Sabiá Dá Sorte lhe dá outra totalmente grátis.

Não fique de fora!

FUTEBOL - Sabiá vence revanche contra Timon por goleada

Duas semanas após perder em casa (2x1) para o Timon, a equipe do Sabiá FC voltou a enfrentar os timonenses em jogo amistoso na noite desta quinta-feira (24). A partida amistosa de preparação para o Estadual da Série B, foi realizada em Teresina (PI), e o Pássaro dos Cocais venceu a revanche com direito à goleada, por 4x2.

O confronto ocorreu no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, porque o estádio Miguel Lima, em Timon, não teve aprovado os laudos técnicos e não foi liberado para competições profissionais, sendo que a equipe de Timon mandará todos os seus jogos na Série B na capital piauiense.

Na partida desta quinta-feira, o técnico do auriverde, Ismael Reis, aproveitou para testar a nova formação, após a chegada de mais cinco reforços. Os gols do time de Caxias foram marcados por Inácio e pelos estreantes Ítalo, Vaninho e Elano.

Com o adiamento do início do Campeonato Maranhense para 6 de agosto, a diretoria do Sabiá FC pretende confirmar pelo menos mais uma partida amistosa antes da estréia.

Estadual adiado

Mesmo ferindo o Estatuto do Torcedor, que não permite o adiamento de competições num prazo inferior á 10 dias de seu início, o presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antonio Américo, reuniu os clubes no último dia 21, para anunciar a inclusão do Itapecuruense no campeonato Maranhense da Série B, deste ano.

O que diz o Estatuto

Art. 16 - Quaisquer modificações nas tabelas das competições somente poderão ocorrer se autorizadas e publicadas pela DCO (Departamento de Competições da CBF) em um prazo não inferior à 10 dias anteriores à da data da programação da partida em foco.

Com a aprovação dos clubes o Itapecuruense foi incluído no torneio e vai integrar o grupo B, com equipes apenas do interior, ao lado de Sabiá FC (Caxias) e Timon. No grupo A estarão os times da capital, Americano, Babaçu, Boa Vontade e Expressinho.

A forma de disputa foi mantida. As equipes jogam entre si, em jogos de ida e volta nos seus respectivos grupos.Os dois primeiros colocados avançam para as semifinais, que serão realizadas no sistema olímpico (jogo único). Os vencedores ganham o direito de acesso à Série A em 2015 e vão decidir o título da Segundona em duas partidas.

A competição terá início dia 6 de agosto e finalizará dia 31 do mesmo mês. (Fonte: Mano Santos/Portal Noca)

Sabe como desperdiçar mais de R$ 350 mil reais? Pois fique sabendo como a Prefeitura jogou pelos ares uma verdadeira fortuna do povo de Caxias

Todo mundo está cansado de saber que voto é coisa séria. Em Caxias, os eleitores que confiaram no jovem e promissor Léo Coutinho sabem, embora tardiamente, o verdadeiro significado disso.

Quando não se tem experiência administrativa, todo gestor incompetente recorre a projetos mirabolantes que possam não resolver o fracasso de sua gestão, mas produzir uma boa e impressionante propaganda do seu suposto trabalho.

O atual prefeito de Caxias, Léo Coutinho, nos primeiros meses do seu governo, tirou da cartola uma grande ideia: trouxe a renomada Fundação Dom Cabral para realizar o que denominou-se de assessoria técnica para elaboração, implantação, execução e avaliação em programas de “Gestão Para Resultados”. Tudo muito lindo e uma grande sacada do jovem e arrojado prefeito. Cheguei até a ler de um desses bajuladores de redes sociais que, com a iniciativa, o chefe do Executivo estava dando um “choque de gestão” na administração. A expressão “choque de gestão” foi cunhada no governo exitoso do ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, que reestruturou as finanças do Estado com medidas acertadas que lhe renderam excelentes índices de popularidade, coisa que, nem de longe, o mandatário local conseguiu.

Voltando para nossa querida e sofrida Caxias, nos serviços de assessoria da Fundação Dom Cabral, foram consumidos exatos R$ 351.780,00 (trezentos e cinquenta e um mil, setecentos e oitenta reais) divididos em 7 pagamentos realizados entre os meses de junho e novembro do ano passado.

Ah, Sabá! A Fundação Dom Cabral é séria e uma entidade renomada no Brasil”, diria aquele mais incauto correligionário do atual gestor do município. Não tenho dúvidas da seriedade da Instituição Dom Cabral, mas tenho certeza da incompetência do prefeito de Caxias em colocar em prática as recomendações ministradas nesses cursos.

Exatamente um ano após a realização desse serviço de assessoria, podemos constatar que “nada ficou do verão passado”. Não temos nenhum resultado prático nas lições dadas pelos caríssimos técnicos do sudeste.

A letargia do governo é hoje bem pior do que antes. Nada funciona a contento. A cidade clama por reparos simples em suas ruas. A saúde continua produzindo episódios de dor e revolta em dezenas de famílias todos os dias. Os salários dos servidores continuam os mais baixos em todos os níveis da administração. Fornecedores da Prefeitura vivem em estado de colapso nervoso com a situação em que vivem.

Olhando para trás e analisando friamente tudo isso, temos algumas certezas: foram as manchetes do noticiário da emissora de TV da família Coutinho mais caras que o caxiense já pagou em toda sua história, pois nada ficou de resultado prático dos mais de R$ 350 mil reais pagos à Fundação Dom Cabral.

Outra: Tá vendo como voto é coisa séria?

PT classifica Flávio Dino de incoerente e oportunista

24.7.14
O presidente da Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Raimundo Monteiro, classificou o candidato da coligação “Todos pelo Maranhão”, Flávio Dino (PCdoB), de incoerente e oportunista na disputa eleitoral. Ele analisou o fato de Dino ter admitido – somente agora – que não irá pedir votos para Dilma Rousseff (PT) e mesmo assim, tentar passar a impressão para o eleitor de que a presidente da República estará em seu palanque político. Monteiro assegurou que o PT desautorizou Flávio de usar o nome da sigla e imagens da Dilma em um de seus comitês de campanha, situado na Beira-Mar, e repudiou a tática do comunista, que, segundo ele, tem o objetivo apenas de confundir o eleitorado maranhense.

Flávio Dino tem aliança com o senador Aécio Neves (PSDB) e com Eduardo Campos (PSB), os dois principais e mais agressivos adversários da presidente Dilma na eleição 2014. Mesmo assim, o comunista “divulga” no interior do estado que tem o apoio do PT – oficialmente coligado ao candidato Lobão Filho (PMDB) – e de Dilma Rousseff. A postura de Flávio foi duramente criticada pelo presidente do PT no Maranhão.

Monteiro afirmou que, além de incoerente, Dino é oportunista e trilha um caminho equivocado na política. Levou em consideração, principalmente, o fato de o adversário de seu grupo ter afirmado em entrevista ao blog do Noblat que não pedirá votos para a candidata petista. Lembrou que além de tentar se aproveitar indevidamente da imagem de Dilma, Flávio fez parte de sua equipe de governo, mas depois aderiu à campanha de Aécio Neves.

Nós, que fazemos o PT no Maranhão, achamos uma postura no mínimo incoerente do Flávio Dino. Ele foi membro do governo [na condição de presidente da Embratur], usufruiu do PT, mas fechou aliança com o PSDB, admite que não fará campanha para Dilma e ainda tenta utilizar a imagem do PT em seu palanque”, afirmou.

Monteiro repudiou a postura do comunista e disse lamentar que o candidato que defende a bandeira do “novo e da mudança”, tenha escolhido adotar as práticas da velha política, as quais ele tanto condenou, para tentar se eleger governador do Maranhão.

Ele se diz o candidato mais avançado no Maranhão. No entanto, se liga justamente ao grupo mais atrasado do Brasil, hoje comandado pelo PSDB. Ele, por exemplo, considera o grupo Sarney um atraso, mas sabe que é o que está com a presidente Dilma, por meio do qual ocorre, inegavelmente o maior desenvolvimento do Brasil. Ou seja, Flávio Dino não consegue sustentar o seu discurso e apenas se contradiz a cada momento. É difícil entende-lo”, ponderou.

Para Monteiro, o fato de Flávio Dino ter admitido não votar em Dilma é mais uma prova de que o PT não reconhece a sua candidatura. “O PT tem uma aliança nacional com o PMDB e está coligado com Lobão Filho. Flávio Dino sabe disso e mesmo assim tenta utilizar o nome do PT. Essa é mais uma atitude incoerente dele”, completou.

Comitê é clandestino

O presidente do Partido dos Trabalhadores no Maranhão, Raimundo Monteiro, desautorizou Flávio Dino a utilizar o nome da sigla e as imagens da candidata do partido, presidente Dilma Rousseff (PT) em seu comitê de campanha. Para ele, o comitê inaugurado pelo comunista é clandestino.

Flávio Dino inaugurou ontem comitê na Avenida Beira-Mar que leva a imagem e o nome da presidente da República. O PT está oficialmente coligado com o PMDB do senador Lobão Filho, candidato a governador da coligação “Pra Frente, Maranhão”, que reúne 18 partidos políticos.

O PT não reconhece aquele comitê de campanha e não autorizou Flávio Dino a se utilizar do nome do partido ou da imagem de nossa candidata. Aquele comitê não é do PT, não faz parte de nossa campanha e não tem a nossa identidade”, afirmou.

Ele explicou que a coligação “Pra Frente Maranhão” já ingressou com ação na Justiça Eleitoral para pleitear o desmonte do comitê de Dino que leva o nome do PT e de Dilma e afirmou que aguardará a decisão.

Estamos acompanhando esse processo e esperamos que o quanto antes seja resolvido”, disse.

Para justificar o fato de não pedir voto para Dilma Rousseff, Flávio Dino citou um “acordo” que possibilitaria a sua neutralidade na disputa nacional. Ele não explicou, no entanto, as partes que viabilizaram esse acordo. Desta forma, ele pretende ceder palanque para Aécio Neves e Eduardo Campos e utilizar a imagem de Dilma em seu material de campanha sem se comprometer com nenhum dos presidenciáveis. (O Estado)