PSB aprova resolução que praticamente garante apoio a Flávio Dino

3.3.18

Uma resolução aprovada pelo PSB em seu congresso nacional na sexta-feira (2), praticamente garante, no Maranhão, que a legenda seguirá mesmo com o governador Flávio Dino (PCdoB) em seu projeto de reeleição.

Diz o texto do documento que a sigla “não deve formalizar o apoio a nenhum dos atuais pretendentes” que disputam a Presidência da República e pede “muito cuidado” para avaliar o eventual lançamento de uma candidatura própria.

“Os signatários deste documento entendem que o partido não deve formalizar o apoio a nenhum dos atuais pretendentes e examinar com muito cuidado a possibilidade de lançarmos uma candidatura própria”, diz a moção, apresentada ao congresso pela senadora Lídice da Mata (BA).

“Existem três posições a serem analisadas pelo partido: a não candidatura própria, a liberação dos estados para fazerem as alianças próprias e o apoio às candidaturas no campo da esquerda. Candidatos que sejam contra as privatizações da Eletrobras, Petrobras e Banco do Brasil. Sempre aqueles que mais se aproximam do pensamento político do PSB”, destacou a senadora.

PSDB

Quem ainda nutria esperanças de ter os socialistas em seu palanque era o senador Roberto Rocha (PSDB). Para isso, ele contava com a ascensão do vice governador de São Paulo, Márcio França, ao comando nacional da sigla.

Aliado de Alckmin, ele seria a ponte entre Rocha e o PSB.

Ocorre que, neste sábado (3), o atual presidente, Carlos Siqueira, acabou sendo reeleito – o deputado maranhense Bira do Pindaré integra o novo diretório nacional.

Essa decisão, aliada à resolução de ontem, deve garantir a manutenção do vínculo entre o partido e o Palácio dos Leões. (Do Blog do Gilberto Léda)

0 comentários:

Postar um comentário