Maranhense é assassinado a tiros em Jericoacoara

8.3.18

Silver Max Lopes, de 39 anos foi assassinado na manhã desta quinta-feira (08) em Jijoca de Jericoacoara. De acordo com informações do Batalhão de Policiamento Turístico, a vítima havia exercido o cargo de policial em São Paulo e deixou a carreira para viver uma vida mais tranquila em Jericoacoara. 

Silver Max Lopes tombou com 3 tiros

Silver era natural de São Luis, mas veio com a família, ainda pequeno com 2 anos de idade morar em Caxias. Max, como era conhecido na Princesa do Sertão, era filho do jornalista Edilson Lopes, proprietário do extinto Jornal de Caxias,que depois trabalhou durante muitos anos fazendo lotação pra Teresina. Em Jericoacoara ele havia comprado uma fabrica de gelo e na cidade cearense vivia recebendo ameaças de um traficante. 

Ainda conforme o Batalhão de Policiamento Turístico, por volta das 11h30 desta quinta-feira (08), Max foi surpreendido pelo traficante na porta da fabrica. Ele levou três tiros e morreu no local.

Em tempo
Max durante o carnaval esteve visitando os amigos em Caxias. Ele foi visto no povoado Criminosa participando de uma festa chamada "31".

As informações são do G1/CE e do Blog do Irmão Inaldo

0 comentários:

Postar um comentário