II Semana Pedagógica: Equidade Educacional: Um Novo Olhar Para a Educação Sotense

25.1.18
Na manhã desta terça-feira, 23, aconteceu a cerimônia de abertura da II Semana Pedagógica de São João do Sóter. O evento ocorreu na U.I.M. Governadora Roseana Sarney, situada na Avenida Esperança. O tema deste ano é: “Equidade Educacional: Um Novo Olhar Para a Educação Sotense”. Na segunda-feira, 22, aconteceu o credenciamento.

No dia 25 (quinta-feira), será realizada, pela manhã e tarde, a II Conferência Municipal de Educação com o tema: “Plano Municipal de Educação –PME: monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.

O evento é uma realização da Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Educação. Ele visa oferecer momentos de estudos e discussões sobre os princípios da equidade educacional, mediante palestras, minicursos e oficinas que abordam as temáticas referentes à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A II Semana Pedagógica prossegue até sexta-feira, dia 26 de janeiro.

As boas vindas foram dadas pela professora Rosenilde Araújo e pelo professor Antônio José: “Esperança é o que nos impulsiona a vida. Que todos se apropriem dos saberes que serão compartilhados durante a semana. Que a jornada seja cheia de descobertas”, disseram os professores.

A Secretária Municipal de Educação, Joelma Coutinho, falou em seguida: “Agradeço a todos os presentes e a cada um dos ministrantes pela sua contribuição pessoal e profissional.”

Ela prosseguiu: “Nós precisamos oferecer ao aluno uma aula mais diferenciada e divertida, para que ele sinta-se motivado a estudar, a frequentar a escola. É gratificante ver esse auditório lotado. Além da jornada, nós faremos diferente. Colocamos a Conferência em uma ação extra-jornada. Nela será feito um monitoramento e uma avaliação da educação municipal.”

A secretária continuou: “Na sexta-feira, dia 26 de janeiro, está programada a apresentação de um grupo da UEMA (Universidade estadual do Maranhão) e trataremos da implantação do sistema on-line de ensino em nossa cidade. Esse recurso permite que os pais acompanhem o dia a dia dos filhos nas escolas através de recursos digitais.” E concluiu: “A Semana oferece oficinas e minicursos específicos para os gestores. Obrigado a todos. Que a Semana Pedagógica seja proveitosa. Bom dia!”

A próxima a falar foi a vice-prefeita Maria do Carmo Lacerda: “Bom dia a todos. Que 2018 seja melhor que 2017 no sentido de nossas práticas. Faço uma analogia como o ato de sacudir uma árvore para que as folhas secas caiam e outras floresçam”. A vice-prefeita continuou: “O calor dos alunos, de nossos pares, nos renova. Aproveitemos as coisas boas que nosso pares fizeram. Que conhecimentos devem ser comuns a todos? Muitas vezes não garantimos equidade para nossos alunos porque não fomos preparados para isso. Esse é o momento de compartilhar nossas dificuldades com os orientadores. Não é fácil trabalhar em uma sala eclética”.

Maria do Carmo Lacerda concluiu dizendo: “Só ler e escrever não basta. Temos que saber que tipo de leitura devemos oferecer aos estudantes e como melhorar o conhecimento passado para eles. Temos que evitar que nossos alunos deixem as escolas e o pacto de mediocridade (um finge que ensina e outro finge que aprende). Quando o aluno conversa muito em aula ele está dizendo ao professor que a aula não está boa. O professor deve ser dinâmico, evitar a cegueira pedagógica”.

A prefeita Josa Silva também falou: “Bom dia a todos. É uma satisfação ver o interesse dos nossos professores em melhorar a cada dia. Essa Semana Pedagógica oferece isso. Sexta-feira veremos como funciona o programa que deixa o pais conectados ao cotidiano escolar dos filhos. E a implantação dele em São João do Sóter. Parabenizo os professores pelos bons resultados obtidos durante o ano que se encerrou. Participo de um grupo de prefeitos em que muitos não terminaram o ano de modo satisfatório.”
E concluiu: “Que essa semana seja rica de conhecimentos, que tudo que for dito aqui faça com que vocês saiam daqui melhores”.

Em seguida, a Professora Doutoranda Elizângela Fernandes Martins realizou uma palestra com o tema “Equidade Educacional: um novo olhar para a educação sotense”. Ela propôs desafios e convidou todos a se permitir para que o modo de ensinar melhore. Segundo a palestrante “a equidade é a chamada da jornada. A pessoa deve ser atendida em suas diferenças. Os alunos devem ter os mesmos direitos em escolas públicas e privadas. Nossos professores estão buscando qualificação. Ser um professor especialista, doutor, tem que parar de ser raridade e se tornar algo cotidiano na educação”.

E disse também: “Socialmente, o professor vem sendo desvalorizado, devido à sua formação falha – e não é de hoje. Estamos caminhando para a revalorização graças à formação. Devemos nos perguntar: como posso produzir condição de equidade para meu aluno?”

A secretária de Ação Social, Edna Rocha, falou sobre o Selo UNICEF 2017/2020: “A professora Maria do Desterro é a articuladora do Selo. Ele oferece garantia e segurança aos direitos das crianças e adolescentes. Temos 318 crianças fora da escola em São João do Sóter e a meta é colocá-las para estudar”.

A Secretária continuou: “O Selo não é da Secretaria de Ação Social, mas do município. Para realizar esse trabalho precisamos de parcerias. O ponto principal é elevar os índices de qualidade de vida de nossas crianças. Teremos uma formação em São Luís para a realização do 1º Fórum e executar as ações”.

O Coordenador Municipal de Juventude e Presidente do Conselho da Criança e do Adolescente, Jeisson Fernando, também se pronunciou: “Iremos contar com a parceria dos gestores e professores. A educação de São João do Sóter é de qualidade. Diversos alunos daqui fazem cursos em faculdades de Caxias e conseguiram boas notas no ENEM. Me alegra saber que estamos melhorando”.

Ele concluiu: “A responsabilidade em melhorar cada vez mais a qualidade de nossos professores e de nosso ensino não é só da prefeita. E acredito que vamos tornar os alunos do Ensino Médio mais capacitados”.

Após o encerramento da cerimônia houve uma pausa para o almoço. À tarde a programação continuou com a realização de minicursos.

Da Assessoria

0 comentários:

Postar um comentário