Irã e Índia interessados em investir no Maranhão

20.11.16

Os governos do Irã e da Índia reforçaram neste fim de semana o interesse em investir no Maranhão. Os iranianos pensam em construir uma refinaria; os indianos, um pólo petroquímico.

Um dos convidados para participar de uma missão oficial brasileira, rumo aos dois países – ara se discutir a implantação dos empreendimentos – é o deputado federal José Reinaldo Tavres (PSB). A missão será liderada pelo ministro das Minas e Energias, Fernando Coelho.

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), e o secretário estadual de projetos especiais, Pierre Januário, também devem estar presentes.

“Este é um investimento com recursos destes dois países, que querem ser grandes parceiros brasileiros na área de mineração. Não envolve recurso nacional. A Petrobras na verdade tem todo interesse, pois é um investimento internacional em uma área que pra ela é prioridade”, explicou.

Segundo o deputado, o investimento chegaria à casa dos US$ 3 bilhões o que tem especial relevância para o país em virtude do momento de crise.

“Num momento deste de crise, o governo brasileiro sabe da importância de um investimento como esse, avaliado na casa de US$ 3 bilhões e que vai gerar milhares de empregos direto e indireto, além de produtos derivados do petróleo”, comentou.

Zé Reinaldo ainda acrescenta que o investimento se dará na cidade de Bacabeira, aproveitando-se a área onde já seria instalada a Refinaria Premium I.

“Vamos aproveitar toda a área onde seria feita a obra da Petrobrás. Não se pode jogar fora o que já foi feito naquela região. Muito se investiu naquele município e esse recurso deve ser valorizado”, explicou.

A ideia dos iranianos seria trazer o óleo até o Brasil, refiná-lo no Nordeste e vender os derivados no mercado brasileiro. (Do Blog do Gilberto Léda)

0 comentários:

Postar um comentário