Neto Evangelista votará em Luis Fernando na eleição indireta

23.2.14
O apoio ao candidato do governo dependerá da unanimidade na base

O deputado estadual Neto Evangelista (PSDB) assegurou que votará no secretário de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB), numa eventual eleição indireta na Assembleia Legislativa, caso o peemedebista seja o candidato de consenso do governo.

Apesar de compor bancada independente no Legislativo, o parlamentar afirmou que apoiará o candidato governista, com a condição de que haja unanimidade na base. Ele explicou que na possibilidade de divergência entre os deputados em relação a dois ou mais nomes, o seu voto terá de ser discutido.

O processo de eleição indireta, já previsto em projeto de lei 012/2014, de autoria do deputado estadual Edilázio Júnior (PV), deve ocorrer no mês de abril, caso fique configurada a vacância para o cargo de governador no Maranhão.

Nestas condições, é provável que seja lançada pelo grupo governista a candidatura de Luis Fernando Silva. Caso isso ocorra, e não haja qualquer tipo de divergência, Evangelista assegura o voto. “Não vejo problema algum em votar numa candidatura que é consenso. Caso o consenso prevaleça e Luis Fernando seja confirmado como o candidato do grupo, votarei sem receio algum”, disse.

Evangelista também assegura voto a qualquer outro candidato governista, na condição da existência de unanimidade. “Havendo o consenso, votaremos. Agora, caso exista divergência e mais de um nome lançado pelo mesmo grupo, teremos de discutir mais profundamente o posicionamento”, completou.

O parlamentar explicou que, para que o seu posicionamento não se dê de forma isolada, ele se reunirá nos próximos dias com a colega de bancada, deputada Gardênia Castelo (PSDB), para oficializar um mesmo posicionamento.

Vamos sentar e discutir o posicionamento da bancada. O meu é o já exposto, havendo consenso, há o meu apoio. Mas, como integro uma bancada, vou conversar com deputada Gardênia e definir o posicionamento em relação ao tema”, finalizou. (Fonte: O Estado)

0 comentários:

Postar um comentário