Todo cuidado é pouco! Para cada grupo de 400 caxienses, ao menos 1 tem o vírus HIV

13.12.13
Equipe do CTA em trabalho no Mercado Central
Para cada grupo de 371 caxienses, ao menos 1, é portador do vírus da AIDS. Estes número são do CTA - Centro de Testagem e Aconselhamento, que realizou entre os dias 1º a 10 de dezembro diversas ações de conscientização e prevenção à doença.

"O número de soropositivos aumentou porque as pessoas estão se testando cada vez mais", frisou a coordenadora do CTA, Maria José Ferreira, que reforça: "A prevenção, principalmente com o uso da camisinha ainda é o melhor caminho para não pegar HIV".

Durante o período da campanha, foram realizadas panfletagens em diversos bairros da cidade. Quem procurou atendimento no CTA Itinerante, pôde também fazer o teste rápido. Cerca de 40 mil preservativos foram distribuídos neste período.

Até maio deste ano, o número de pessoas com HIV em Caxias era de 405. Nos últimos sete meses foram diagnosticados mais 26 casos.

O município de Caxias também contam com o SAE - Serviços de Assistência Especializada, capacitado para atividades de prevenção e tratamento para pessoas com DST/HIV/Aids, em nível ambulatorial. Conta com equipe multiprofissional, incluindo médicos em mais de uma especialidade.

"Agora nós estamos projetando também uma campanha contra Sífilis, porque se faz necessário um acompanhamento dos portadores desta doença, que acomete um grande número de pessoas no município", explicou a coordenadora.

CTA = Serviço estruturado para atividades de prevenção, aconselhamento e testes para DST, HIV/Aids e Hepatites B e C. O Atendimento pode ser anônimo. A equipe é composta por técnicos de diversas categorias profissionais. (Fonte: Mano Santos/Portal Noca)

0 comentários:

Postar um comentário