(Alô, MP em Caxias!!!) Contratação irregular de escritório de advocacia pela Prefeitura de Paço do Lumiar motiva ação de improbidade

31.8.15
Irregularidades em um contrato no valor de R$ 327,6 mil, firmado em março de 2013 entre a Prefeitura de Paço do Lumiar e o escritório de advocacia Daniel Leite Advogados Associados, levaram os promotores de justiça Gabriela Tavernard, Reinaldo Castro Junior e Raquel Castro, a ajuizar, em 1º de julho, Ação Civil por Ato de Improbidade Administrativa, contra o advogado Daniel de Faria Jeronimo Leite e seu escritório; e outros três réus, todos integrantes da administração municipal.

Os representantes do Ministério Público do Maranhão (MPMA) também citam como réus o procurador-geral do Município, Bruno Leonardo Silva Rodrigues; o secretário-adjunto de Administração e Finanças,Gustavo Cunha Serra; e a presidente da Comissão Permanente de Licitação de Paço do Lumiar (CPL), Adriana Aguiar Batista Nonato.

A Ação é fundamentada nas apurações sobre o contrato n° 004/2013, de 7 de março de 2013, referente à prestação de serviços, pelo escritório ao Município de Paço do Lumiar, de acompanhamento de processos judiciais; ajuizamento de ações e confecção, interposição e acompanhamento de recursos, dentre outros.

SEM COTAÇÃO PRÉVIA

Disputaram a tomada de preços nº 01/2013, de 8 de fevereiro daquele ano, os escritórios Daniel Leite Advogados Associados e Nelson Vinhais Advogados Associados. O primeiro foi o único a comparecer à sessão de recebimento de propostas do procedimento licitatório e contratado pelo valor R$ 327,6 mil, apesar da legislação indicar a necessidade de deflagração de novo processo licitatório.

"Não havendo outra empresa participante do certame e nem dispondo a administração de parâmetros dos preços praticados no mercado, através de cotação prévia, pode-se concluir a total irregularidade do procedimento licitatório, mediante afronta aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade e eficiência", destacam os promotores, na ação.

Ainda, de acordo com eles, sem cotação prévia, a possibilidade de participação de um número maior de empresas no certame foi reduzida. "Diante de uma só proposta apresentada e dos indícios de favorecimento da empresa contratada, resta a conclusão de que à administração não foi possível aferir se a empresa Daniel Leite & Advogados Associados apresentou a melhor proposta", acentuam.

DATAS ANTERIORES

Os promotores também verificaram que o termo de homologação do procedimento licitatório, que faz referência ao valor de R$ 300 mil, diverge da proposta apresentada na sessão e do termo de adjudicação, que cita o valor de R$ 327,6 mil. Além disso, a data do termo, 18 de fevereiro de 2013, é anterior à data do parecer favorável da Procuradoria Geral do Município, que foi de 21 de fevereiro daquele ano.

TERMO ADITIVO

Durante as investigações sobre o contrato, a assessoria técnica do Centro de Apoio Operacional da Probidade Administrativa (CAOp-ProAd), do MPMA, constatou a ausência da publicação do primeiro termo aditivo do contrato n° 004/2013. Foi verificado, ainda, que não foram publicados decretos municipais delegando ao secretário Gustavo Cunha Serra a competência para autorizar a tomada de preços, homologar a licitação e assinar o termo aditivo.

Os promotores caracterizam como "injustificável" a realização de um processo licitatório para contratação de escritório de advocacia, uma vez que o Município de Paço do Lumiar tem uma Procuradoria estruturada. Como o Município tem corpo técnico de procuradores, a contratação de serviços na área do Direito só seria viável se fosse necessária a prestação de serviços técnicos especializados.

PEDIDOS

Na Ação, os promotores de justiça requerem que o Poder Judiciário condene os gestores municipais à perda de suas funções públicas; à suspensão de direitos políticos, pelo período de três a cinco anos; ao pagamento de multa de até cem vezes o valor da remuneração recebida à época do processo licitatório.


No que se refere ao advogado Daniel de Faria Jeronimo Leite e seu escritório, o MPMA solicita a condenação à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de três anos, como é o caso.

O município de Paço do Lumiar está localizado a 33 km de São Luís.

Fonte: CCOM-MPMA

Medo de quê??? Humberto Coutinho esconde pesquisa Amostragem até de aliados mais próximos


Antes orgulhoso ao exibir as pesquisas de opinião que fazia quase que mensalmente, o deputado estadual Humberto Coutinho hoje nem de longe lembra o período que era prefeito de Caxias (2005-2012).

Com a prática corriqueira de apresentar pesquisas de opinião caindo no esquecimento, Humberto Coutinho restringiu a poucos aliados a divulgação dos resultados encontrados.

Já a última sondagem, feita pelo renomado Instituto Amostragem, finalizada em meados do mês de agosto, não foi dividida com nenhum correligionário, o que supõe-se serem os números nada animadores.

Com a realização da pesquisa Amostragem sendo divulgada pelo blog do Sabá (reveja aqui e aqui), o deputado Humberto Coutinho tem que ouvir desde então dos aliados a clássica pergunta: “e a pesquisa?!”. Sem poder esconder que foi o contratante, HC trata o assunto com economia de palavras e rapidamente muda de assunto: “O Léo tá bem. E como é que tão as coisas?”, responde ele não deixando o interlocutor esticar a conversa.

Para quem conhece Humberto Coutinho, os números encontrados não devem ter sido nada animadores.

Orgulhoso como é, caso Léo Coutinho estivesse com um mínimo de superioridade numérica frente aos demais concorrentes, o presidente da AL se apressaria em divulgar o resultado na maioria dos meios de comunicação de Caxias e do Estado.

Também, se qualquer candidato ‘estivesse’ com 3% atrás do primeiro colocado, ninguém em sã consciência iria divulgar o resultado.

Força, deputado! Divulgue a pesquisa e mostre que sabe fazer política como antigamente, onde essas sondagens motivavam seu grupo político e esfriava os ânimos dos adversários.

Boas notícias! Prefeitura de Caxias recebe em agosto mais de R$ 2 milhões que mesmo período do ano passado

Mais de R$ 20 milhões em agosto (valores não estão inclusos 
recursos da saúde e demais convênios com o governo 
do Estado e o governo federal)
Dificil encontrar uma cidade no interior do Maranhão com tantos motivos para comemorar quanto a Prefeitura de Caxias.

Quando o Brasil inteiro fala de crise financeira, o prefeito caxiense não pode repetir a mesma ladainha dos demais colegas da região.

E a garantia da alegria em terras caxienses vem através dos recursos constitucionais recebidos pelo município neste mês de agosto.

Entre 1º e 31 de agosto de 2015, os recursos recebidos pelo município, entre Fundeb, FPM, ICMS, FEP e outros, alcançou a incrível bagatela de R$ R$ 20.264.853,91.

Já no mesmo período de 2014, os valores recebidos dos mesmos fundos só chegaram a R$ R$ 18.300.899,76, o que soma mais de R$ 2 milhões recebidos a mais neste mês.

Esse montante não contempla os recursos da saúde e nem as dezenas de convênios existentes no município entre o governo do Estado e o governo federal.

Quem deve estar fazendo a festa são os credores do município, pois diante de tanta fartura na Prefeitura de Caxias, essa conversa de crise não funciona por estas bandas.

Certamente teremos nesta segunda-feira, 31, felizes fornecedores usufruindo das boas notícias trazidas neste mês de agosto.

Eita, prefeitura de sorte!

Educação em Caxias recebe investimentos do governo do Estado

A Unidade Regional de Educação – URE, sediada em Caxias, acaba de receber importantes investimentos com vistas a melhorar a qualidade do ensino nas escolas sob a responsabilidade da regional.

Foram 1.000 novas carteiras, roteadores, computadores, estabilizadores e armários para serem distribuídos, de acordo com a necessidade, nas escolas que compõem a unidade educacional.

O trabalho da gestora regional Lacy Assunção, juntamente com o apoio do deputado Humberto e do vereador Mário Assunção, foi fundamental para a aquisição dos equipamentos.

Depois de muito tempo a educação do ensino médio em Caxias recebe tantos investimentos”, diz o vereador Mário Assunção.

1ª Agritec em São Bento se tornou vitrine para Agricultura Familiar na Baixada

30.8.15

Foi encerrada no sábado (29), a 1ª Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnolgia do Maranhão (Agritec 2015). Desenvolvida em São Bento, a atividade se tornou ao longo de três dias, uma vitrine para produtores rurais da região da Baixada Maranhense e de outras cidades maranhenses. O encerramento foi marcado com a participação do prefeito de São Bento, Carrinho Muniz (PSDB) e membros da Embrapa, Sebrae, UEMA e Governo do Estado, que garantiram o empenho para manter a Agritec em 2016.

A prefeitura de São Bento garantiu toda estrutura para que Agritec ocorresse na Baixada Maranhense, possibilitando a visita do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, que lançou o Plano Safra 2015/2016, o qual vai garantir R$500 milhões em crédito para agricultura familiar no Maranhão. O governador Flávio Dino (PCdoB), também esteve presente na abertura do evento e anunciou investimentos para a região e município, entre eles a reforma e ampliação da Fazenda Escola da UEMA em São Bento, lançamento do programa CNH Rural e recuperação de estradas vicinais.

Durante a cerimônia de encerramento, Carrinho Muniz lembrou dos seus compromissos e responsabilidades com a população de São Bento: “a prefeitura mesmo passando por momento de crise, apoiou integralmente a Agritec. Aqui demonstramos nossa preocupação com a agricultura familiar e o desenvolvimento da nossa região. Devo também agradecer ao governo do estado que assinou convênios conosco ao garantir construção de poços artesianos e em breve tenho certeza que também estaremos recuperando nossas estradas vicinais, afinal água e as estradas são fundamentais para o produtor rural”, destacou.

Adelmo Soares, secretário de Agricultura Familiar, disse que “a feira contribui para o fortalecimento das economias local, regional e do estado como um todo, além de ser uma boa oportunidade para o agricultor familiar trocar experiências, absorvendo mais conhecimentos técnico e prático sobre sua atividade econômica, aumentar sua renda e melhorar sua qualidade de vida”.

A estrutura montada na Fazenda Escola da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) contou com 14 estandes, salas para minicursos e oficinas, exposição e comercialização de produtos agrícolas, cursos de piscicultura, beneficiamento de pescado e carnes, entre outros. A Agritec de São Bento recebeu mais de 3 mil pessoas entre 27 e 29 de agosto.

A cerimônia de encerramento contou com a participação ainda do Superintendente da Embrapa, Valdemício Ferreira; o superintendente do Sebrae, João Martins; o vice-prefeito de São Bento, Isaac Dias e membros da UEMA, Faema, Senar, SAF, Sebrae e Embrapa.

Realizada VII Conferência Municipal de Saúde em Aldeias Altas

A Prefeitura de Aldeias Altas através da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde realizou nos dias 27 e 28 de agosto, a VII Conferência Municipal de Saúde, com o tema Saúde Pública de Qualidade: "Para Cuidar Bem das Pessoas". O evento foi realizado no auditório da escolinha Padre Antonio Ferraris.

A conferência teve como principais objetivos: Impulsionar, reafirmar e buscar a efetividade dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, avaliar o SUS e propor condições de acesso à saúde, ao acolhimento e à qualidade da atenção integral.

Os trabalhos contaram com a palestra magna onde foi abordado o tema do evento, na qual a palestrante Joseneide Teixeira Câmara (Doutora em Medicina pela UFG) esclareceu as dúvidas dos profissionais presentes e os ajudaram a traçar metas e objetivos a serem alcançados.

Durante o encontro, os representantes de instituições ligadas à saúde do município discutiram as diretrizes do plano municipal de saúde. Vários temas ligados à saúde foram debatidos, dentre os quais os eixos: Direito e Acesso a Saúde de Qualidade, Participação Social, Valorização dos Profissionais da Saúde e Gestão e Modelo do SUS na Atenção Básica. Após as discussões em grupo, houve a apresentação das propostas indicadas e a escolha dos delegados e suplentes para a Conferência Estadual.

O Secretário Municipal de Saúde Waldeck Pinho ressaltou que o objetivo principal da Conferência é, a partir da união da sociedade, analisar as prioridades locais de saúde, formular propostas no âmbito municipal e apresentar as recomendações aos Gestores do SUS. "Como a Saúde envolve todas as esferas do poder, federal, estadual e municipal, temos que apresentar nossas necessidades e defendê-las para atender as demandas de nossa população", ressalta.

O prefeito Dr. Tinoco falou das dificuldades da área, mas disse que tem consciência que evoluiu muito no setor, citando como conquistas de sua gestão a reforma e ampliação do Centro Médico e da construção de 2 unidades básicas de saúde, além da reforma de outras três UBS’s, ampliação do número de equipes do PSF, dentre outras ações que visam melhorar a qualidade de vida do povo aldeias-altense.

 “A Conferência Municipal de Saúde é um espaço onde se discute e se constrói a política de saúde de uma região. Trata-se de um instrumento legal de participação popular e uma forma de firmar o pacto entre o poder público e a sociedade por mudanças que visem à melhoria do sistema de saúde”, destacou Dr. Tinoco.

Além do prefeito e da primeira dama, Socorro Tinoco, a Conferência teve a participação do presidente da Câmara, vereador Valdeci da Sucam, vereador Itamar Soares, Alzira Lima Bastos (Gestora Regional de Saúde), Tainá Bastos Cavalcante (Conselho Estadual de Saúde), Maria Diva (Presidenta do Conselho Municipal de Saúde), coordenadores da área de saúde e secretários municipais.

ASCOM: Aldeias Altas – MA

PRÉ-CANDIDATURA DE ROBERTO ROCHA PROPÕE NOVAS PERSPECTIVAS À SUCESSÃO MUNICIPAL EM SÃO LUÍS

Devemos dar a atenção que São Luís precisa, disse Roberto Rocha.

A pré-candidatura do Senador Roberto Rocha á prefeitura de São Luís, anunciada durante o encontro regional do PSB no Maranhão, neste sábado (29), na presença do Governador Flávio Dino (PC do B), do presidente do PSB nacional, Carlos Siqueira, e das maiores lideranças do PSB no Maranhão, deu nova panorâmica à sucessão municipal na capital maranhense.

Roberto Rocha declarou que a sua decisão pela pré-candidatura tem um novo olhar: “não podemos trabalhar por São Luís com obras emergentes, feitas poucos meses antes das eleições. São Luís é uma capital. O que se realiza nela influencia todo o nosso estado. Devemos dar a atenção que a capital precisa. As decisões que se referem às eleições municipais são acordadas pelas executivas municipal e nacional. O PSB é um partido democrático e exerce essa democracia. Algumas lideranças do partido já vinham relacionando meu nome a essa candidatura”, declarou o senador, ao justificar sua decisão de concorrer às eleições.
Eleições municipais são acordadas entre as executivas municipal e 
nacional diz Roberto Rocha. (na foto, com o presidente 
do PSB nacional, Carlos Ciqueira)

Rocha lembrou ainda que não é a primeira vez que concorre para a sucessão municipal. “como candidato na chapa do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em uma eleição vitoriosa, fui vice-prefeito de São Luís e tive a oportunidade de andar pela cidade, acompanhar os problemas e sei que esta cidade precisa de um novo olhar”.

O anúncio da pré-candidatura foi feito na presença de centenas de pessoas que participavam da vasta programação do encontro, incluindo o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que veio a São Luís especialmente para o evento. Alguns minutos antes, o Deputado Estadual Bira do Pindaré havia anunciado sua pré-candidatura a prefeito. O Partido Socialista Brasileiro, agora, acumula duas pré-candidaturas à prefeitura de São Luís. Roberto Rocha, por usa vez, garante um feito inédito no Maranhão, que tem pela primeira vez, um senador se lançando a pré-candidatura de prefeito.

Como senador, Roberto Rocha já defendia, desde o início do seu mandato, alguns projetos voltados para a capital maranhense, a exemplo da criação de um Parque Ambiental, o apoio no senado à instalação da segunda esquadra da Marinha do Brasil em São Luís e um projeto de revitalização da Lagoa da Jansen. 

Catulé no rádio é um bate-papo com a coerência

O programa de rádio Fala, Catulé!, no ar todos os sábados na Tropical FM a partir do meio-dia, tem batido recorde de audiência no horário devido as questões abordadas pelo apresentador, o polêmico vereador Catulé.

Com um discurso coerente, Catulé usa seu amor por Caxias e o seu conhecimento das questões do dia a dia da cidade para promover um debate político sério e coerente.

O debate é sério porque o apresentador usa o microfone para abordar os graves e importantes problemas do município, e coerente porque as ideias apresentadas encontram o mesmo senso crítico agora como parlamentar de oposição do que quando era parlamentar da situação.

Abrindo o microfone de uma forma livre e democrática, onde os ouvintes podem fazer perguntas sem nenhum tipo de seleção prévia, o Fala, Catulé! prende o ouvinte do começo ao fim do programa.

Na edição deste sábado, 29, o vereador tratou de temas importantes para o bem-estar da comunidade caxiense.

A retirada do IML de Caxias foi mais uma vez denunciado pelo vereador. “Viramos quintal de Timon”, protestou. “Antes tínhamos 3 médicos legistas na cidade, mas com a aposentadoria de dois deles (Ivaldo Bastos e Raimundo lima) o secretário de Segurança do Estado resolveu mudar o IML para Timon”, disse Catulé lamentando o fato da cidade, mesmo com um deputado estadual presidindo a Assembleia Legislativa, perder sua importância política.

Energia – Outro importante assunto trazido a tona neste sábado foi a retirada da central de energia do Hospital Regional, que está sendo construído as margens da BR-316.

Com inauguração prometida para novembro, a unidade de saúde pode não ser inaugurada na data prevista, haja vista que teve sua central de energia retirada recentemente.

Mandaram a central de energia para o hospital de Pinheiro”, denunciou Catulé cobrando fortemente uma posição por parte dos aliados do governo Flávio Dino em Caxias.

Saúde -  O descaso da saúde na zona rural, onde o povoado Nazaré do Bruno sofre sem médico regular e sem ambulância foi revelado por um ouvinte que participou ao vivo do programa. “Aqui não temos ambulância”, disse o morador do Nazaré do Bruno. “Só vem a ambulância do Engenho D’água quando o prefeito vem junto para ela aparecer na filmagem”, revelou o revoltado ouvinte.

Com mais de 30 anos de atividade política, Catulé é um profundo conhecedor dos problemas e das soluções administrativas da cidade.

Suas críticas, embora duras, trazem a coerência como principal argumento e fazem do Fala, Catulé! audiência garantida no sábado.

Já próximo do final do programa, quando tratava da atual administração como um todo, Catulé resumiu assim a situação da atual gestão do município: “a montanha pariu um rato”.

De quem será que ele falava?!

ARTIGO: SÍNDROME DE NARCISO

29.8.15
Por Jorge Bastiani

Conta a lenda grega que Narciso era um moço muito bonito. Filho do rei Céfiso e da ninfa Líriope, Narciso nasceu para brilhar e ter longa vida, desde que não olhasse a própria face.

Narciso era um semideus que despertava o desejo entre as moças e ninfas. Elas acreditavam que poderiam conquistar o coração do belo rapaz, entretanto não estava nos seus planos dividir-se com ninguém.

E assim ele foi crescendo, crescendo... até atingir o coração da ninfa Eco!

A jovem se apaixona, perdidamente, pelo belo Narciso que, do alto de sua beleza, não ouve os suplícios da ninfa.

Por quatro anos Eco percorre a cidade gritando, sempre na esperança de ser ouvida. Mas Narciso, sempre indiferente, passa sem ouvir Eco, que já está com a voz rouca de suplicar sua atenção.

Desiludida, Eco recorre à deusa Afrodite que, atendendo à sua súplica, decreta que Narciso enamore-se de sua própria imagem que será refletida das águas tranquilas de uma fonte (que diziam estar poluída de tubarões e outros peixes vorazes!).

Narciso, então, ao chegar à fonte, apaixona-se perdidamente pelo que vê e deixa-se encantar, esquecendo, por completo da ninfa Eco, que já quase sucumbe sem forças. Eco, então, começa a reagir.

Recuperando suas forças, Eco volta a bradar sua revolta pela cidade.

O seu grito faz com que as outras moças e ninfas também acordem daquela espécie de feitiço que lhes caíra sobre suas cabeças e se juntam para lutar por mais atenção, por mais zelo, por mais respeito!

Querem recuperar a autoestima perdida para este encanto que não soube respeitar e retribuir seus amores.

Narciso não consegue mais desapegar-se daquela imagem! Cada vez mais se apaixona pelo que vê! Olha de lado... Não sente nada! Narciso acha mesmo feio o que não é espelho: só vê a si, e assim, afunda-se cada vez mais em sua própria imagem!

Sentindo o desespero, e sabendo que já não tem mais forças para se erguer de seu próprio buraco contrata, ao peso de quatro milhões, pessoas que façam milagres e lhes deem um novo rosto, pois só assim poderá encarar novamente as ninfas e calar Eco, que agora grita mais forte.

Inexplicável!!! Léo Coutinho tenta reagir politicamente, mas filiação no PDT é ignorada pela mídia alugada e até supostos aliados ‘esquecem’ de destacar ato no facebook

No detalhe (a esquerda), Léo Coutinho se prepara para falar e em seguida ao lado de HC e 
do governador Flávio Dino

O prefeito de Caxias, Léo Coutinho, deu provas nesta sexta-feira, 28, que por mais que ele se esforce para esboçar uma reação diante da situação desesperadora em que se encontra, suas ações não empolgam e não encontram, até mesmo nos aliados com menos amor próprio, um mínimo de empolgação.

Participando de um grande evento político na capital onde, juntamente com outros 15 prefeitos, o alcaide caxiense filiou-se ao PDT – Partido Democrático Trabalhista, no que foi o fato político mais importante da semana no MA, o assunto foi solenemente ignorado pelos conterrâneos.

Sendo o PDT, por conta do prestígio do seu maior líder no Estado, o saudoso ex-governador Jackson Lago, o partido mais cobiçado por qualquer político maranhense, a filiação na sigla deveria ser amplamente divulgada e o fato explorado a exaustão pela mídia sempre apelativa de Léo Coutinho, que costuma explorar até pagamento de salário como grande e extraordinário feito.

Exemplo maior da exploração midiática necessária e lógica para gestior mal avaliado fez o prefeito de São Luis, Edvaldo Holanda, que não muito confortável em pesquisas de opinião, usou (muito bem) sua filiação no PDT para tentar animar os desanimados apoiadores, numa estratégia que aparentemente deu certo.

Léo Coutinho vai de mal a pior com o eleitorado desde os primeiros meses de sua administração, de onde se esperaria de sua assessoria midiática, e principalmente política, uma exploração idêntica.

Nem mesmo os tradicionais cabos eleitorais conhecidos como mensalinhos se animaram a compartilhar, comentar ou mesmo curtir o evento partidário protagonizado pelo prefeito de Caxias nesta sexta-feira.

O fato, apesar dos ‘esquecidos’ correligionários tentarem minimizá-lo nas redes sociais, é preocupante e mostra o quanto é grave a situação política de Léo Coutinho, pois quando até mensalinho deixa de explorar algo tão importante...

Mas mensalinho esquecer de fazer sua parte no jogo político até que vai, pois deles a única obrigação que se pode cobrar é o voto, mas daí aos meios de comunicação ligados ao prefeito Léo Coutinho deixarem passar em branco a filiação do patrão, é demais.

Nem mesmo o anúncio da filiação de LC ao PDT foi feito pela mídia governista. Coube ao blog do Sabá dar a notícia em primeira mão, o que coloca o prefeito como devedor desta página pelo serviço prestado quando sua equipe de comunicação, que recebe uma boa grana para divulgá-lo, não publicou uma única linha antes e depois.

Fica difícil para o prefeito tentar melhorar sua performance política sem uma equipe de comunicação antenada com a movimentação politica, pois um passo gigantesco dado pelo chefe não ter uma previsível e robusta divulgação é simplesmente inexplicável.

Mas ainda dá tempo de fazer alguma coisa.

Esta matéria foi publicada exatamente às 06:30h da manhã. Dá tempo de sobra pra mensalinho e demais membros do governo Léo Coutinho correrem pro facebook e arrocharem na reprodução das fotos do prefeito durante o evento de filiação ao PDT.

Ajudem o homem...

E tem um carro 0km na última chance!!! Sabiá dá Sorte com super prêmios neste domingo

E ainda 20 rodadas da sorte de R$ 100 reais

O Sabiá dá Sorte deste domingo está imperdível. Tem um carro 0km no último prêmio.

E o preço da sua cartela continua em conta: somente R$ 10,00 (dez reais) no seu termo de doação.

Confira a premiação completa:

1o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 2 mil reais

2o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 3 mil reais

3o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 3 mil reais

4o PRÊMIO: 01 corsa 0km 
 
Isso mesmo. Um corsa 0km (ar condicionado) no último prêmio.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda das cartelas será em benefício do projeto da escolinha de base do Sabiá Futebol Clube.

E atenção

O sorteio será transmitido ao vivo pelo canal 3, a partir das 10h, pela Rádio Tropical FM, além da rádio FM Nova Cidade do município de São João do Sóter.

Não fique de fora!

Mais de 600 agricultores da Baixada participam do primeiro dia da Agritec

28.8.15
Depois de aberta pelo governador Flávio Dino, a Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) prosseguiu com sua extensa programação de oficinas, cursos, exposições, vitrines tecnológicas cumprindo um de seus objetivos que é ofertar conhecimentos e possibilitar a troca de experiências entre agricultores dos 29 municípios, que fazem parte da Baixada Maranhense.

Os governos passam e o que fica de um evento como esse é o conhecimento. Esse é o grande legado que ficará para o agricultor que participa da Agritec”, ressaltou o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

Além de ser um ambiente para troca de conhecimentos e aproximação do produtor com pesquisas e serviços, a feira é também um espaço para comercialização de produtos dos agricultores da Baixada.

Mais de 600 agricultores participaram do primeiro dia da Agritec, que prossegue até sábado (29), na Fazenda Escola da UEMA, em São Bento. Cerca de mil pessoas já passaram pelos 14 estandes montados na feira, no primeiro dia do evento.

“Quilombos do Brasil”

Durante a tarde, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), ministrou palestra sobre o selo “Quilombos do Brasil”, que foi concedido, na cerimônia de abertura do evento, para duas comunidades quilombolas da Baixada.

"O Selo é um importante passo para fortalecer a identificação cultural e comercial dos produtos de agricultura familiar produzidos em comunidades quilombolas. Cerca de 80% das comunidades quilombolas no Brasil são rurais e vivem da produção agrícola. É necessário reforçar a identidade cultural desse agricultor", frisou o palestrante Quêner Chaves dos Santos, coordenador de Políticas para Comunidades Quilombolas, do MDA.

No Maranhão, segundo dados do MDA, comunidades de 12 municípios maranhenses receberão o Selo. Em todo o estado, existem 451 comunidades quilombolas, o segundo maior número do país, ficando atrás apenas da Bahia.

A Agritec recebeu apenas no primeiro dia 26 caravanas de municípios da Baixada Maranhense, de estudantes e de entidades dos movimentos sociais, como Associação das Comunidades Negras Rurais e Quilombolas do Maranhão (Aconeruq), Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Maranhão (Fetaema), Movimento do Sem Terra (MST) e Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB); Alunos de várias escolas visitaram o espaço neste primeiro dia.

O secretário Adelmo Soares também ressaltou a participação dos movimentos sociais na Agritec: “A presença de entidades dos movimentos sociais aqui é coisa que não tínhamos antes”.

Serviços

Além de palestras, oficinas e cursos, os agricultores podem contar com os serviços de orientação ao empreendedor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), crédito bancário, oferecidos pelos bancos do Brasil, Nordeste e da Amazônia, e conhecer os programas do Estado voltados para o produtor, visitando o estande do Governo do Estado “Espaço de Todos”.

A CPI da Calcinha

Por Edson Vidigal, advogado, foi Presidente do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho da Justiça Federal.

Largada no chão, a calcinha de lingerie vermelha e branca foi ficando.

Houve quem a visse ainda no ar, caindo de uma altura de meio metro. Ninguém, até então, se atreveu a apanhá-la.

Há quem diga ter visto um excelentíssimo, naquele plenário  cheio de Deputados, meter a mão no bolso como se fosse tirar alguma coisa, e certamente não uma calcinha, e tirou o que?

A calcinha foi ficando ali no chão, abandonada, como aquele cão do poema de Pessoa – tolerado pela gerencia por ser inofensivo.

Afinal, a quem o vermelho e o branco, na sensualidade daquele lingerie, poderiam ofender? 

Ao decoro parlamentar, sentenciou um líder.

Ih, gente, isso dá uma boa confusão, Conselho de Ética, quem sabe até uma CPI, imaginam os coleguinhas das editorias de politica.

Seguem-se as especulações engatando os preparativos. Uma CPI apenas não vai dar conta. Outra Operação Lava Jato, quem sabe?

O fato, afinal, é incomensuravelmente grave e com repercussões muito danosas para as instituições politicas, para os bons costumes e para a moralidade pública - avaliam os consultores especialistas em ética constitucional,  contratados sob a inexigibilidade de licitação. Urge então que as providencias sejam logo definidas.

Uma delação premiada levará a policia ao nome do primeiro suspeito cujo nome aparecerá em todos os telejornais da meia noite.

Especula-se ainda que o excelentíssimo (ou excelentíssima?) irá depor também no Conselho de Ética, sob acusação de atentado ao decoro parlamentar. E se for pego (ou pega?) na mentira, pior. Mentira no parlamento dá cassação.

E a CPI, qual será o fato determinado a justificá-la? CPI, dizem os sábios, todo mundo sabe como começa e ninguém sabe como acaba. A própria calcinha pode ser a prova de alguma coisa com começo previsível.

Que tal começar ocupando as primeiras páginas dos jornais, capas de revistas semanais, telejornais, comentários do Camaroti  e da Cris, chamando em Veneza o Mainardi, o Caio Blinder em Nova Iorque ou o Ricardo Amorim em S. Paulo, todo mundo opinando, inclusive sobre as influencias na Bovespa e na Nasdaq dessa calcinha largada no chão do parlamento? As bolsas, afinal, tem sua porção qualira – são muito sensíveis.

Na semana seguinte, nos grampos, sempre com autorização da Justiça, haverá um cara falando sobre a calcinha vermelha e branca para outro cara, - huuum, sei nãooo, nada disso...

Nos trechos selecionados, a impressão será de que os envolvidos falam de algum negocio, mas as frases curtas só ampliarão as suspeitas, aumentando o suspense e a indignação popular.

As imagens das câmeras de segurança do plenário serão requisitadas confirmando que o Deputado (ou Deputada) que largou a calcinha no chão durante a votação é mesmo o fulano (ou fulana), a esta altura trucidado (ou trucidada) a caminho do Conselho de Ética pelos colegas moralistas e pelas moçoilas da TV com perguntas, as mais desconcertantes.

Quem lhe mandou,  nobre colega, ser marinheiro (ou marinheira) de primeira viagem achando que a Câmara dos Deputados é mesmo tudo isso que maldosamente se diz por aí?

É chamada de câmara baixa, sim, mas não é picadeiro para baixarias como essa de se atirar calcinha como se o tapete do plenário fosse cestinha de regalos de algum motel do Turú.

Impossível saber quem dentre aquelas centenas de representantes do Povo, sem fazer um discurso, sem um gesto de mimica obscena, ousou atentar contra o decoro parlamentar.

Enquanto isso corre solta a coleta das assinaturas para a CPI. Um repórter de uma semanal já localizou uma testemunha – bomba que deu uma entrevista – bomba. Tudo poderá ir pelos ares. Há mais gente na fila para as delações premiadas.

O Deputado da calcinha, contou a testemunha – bomba na entrevista é só a ponta do iceberg de um poderoso esquema de contraventores especializados em lingerie da China via Paraguai.

O lance da calcinha no plenário teria sido mera jogada de marqueteiros da ultima campanha para chamar atenção do País à próxima Proposta de Emenda Constitucional fazendo voltar a CPMF de cuja arrecadação se financiará também a nova bolsa dos programas sociais do Governo, a bolsa-calcinha.

Isso tudo na justa causa do combate à pirataria de marcas, à sonegação fiscal e aos propinodutos de financiamentos de campanha eleitorais.

Óbvio que na semana que vem ninguém mais vai se lembrar disso. Outro escândalo quentinho, saindo do forno, estará a caminho.

EXONERADA!!! Chega ao fim sonho de libertação para caxiense Rosiléia Cutrim

O Diário Oficial do Maranhão tem servido nos últimos meses como porta da esperança pra alguns caxienses e mensageiro de péssimas notícias para outros.

A mais recente ‘vítima’ do DO maranhense foi Rosiléia Cutrim. Para quem não conhece, ela é filha do empresário Ribamar Pax União, um notório e fervoroso ex-aliado de Paulo Marinho, Roseana Sarney e tudo que a chamada oligarquia Sarney representava.

Ocupando o cargo em comissão de Chefe de Departamento de Esporte Educacional, na Secretaria de Estado do Esporte e Lazer, Rosiléia foi exonerada em ato assinado pelo secretário da pasta, Márcio Jardim e pelo Chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares no último dia 20 de agosto.

Fontes do blog na capital garantem que a caxiense teria entrado em conflito com colegas de trabalho e batido de frente até com o secretário Márcio Jardim, o que teria sido o estopim para sua exoneração.

Rosiléia Cutrim apoiou em 2010 a candidatura de Roberto Costa a deputado estadual. Após a eleição de Costa, ela conseguiu comandar o Projovem em Caxias.

A amizade com Roberto Costa conferiu a Rosiléia lugar de destaque num grupo que percorreu o Maranhão defendendo o nome do senador José Sarney em eventos de lançamento do memorável livro Honoráveis Bandidos. A cada evento de lançamento do livro contra Sarney, lá estava o grupo que gritava “Sarney, guerreiro do povo brasileiro”. Rosiléia Cutrim era uma das líderes da campanha pró-Sarney no Maranhão.

Mas nem tudo está perdido para a jovem caxiense.

Retratada no blog do Sabá, pelo menos 50% de chances de ser nomeada em algum cargo na Assembleia Legislativa ela já tem.

Humberto Coutinho não vai deixar uma correligionária, com histórico de ligação com os grupos marinho e Sarney, ficar de fora do seu time de apoiadores e tendo este blog trazido o assunto a público.

Bota uma assessoria, deputado!. Afinal, sempre cabe mais um...

Nas pegadas de Paulo Marinho, Léo Coutinho reinaugura fonte luminosa na Panteon e promete recuperar Parque Teodorico Fonseca

Não, Léo, não foi inauguração. Foi reforma. Uma reforma demorada numa 
Praça histórica do município. Outra: a placa é uma negação à história.

A família Coutinho sempre teve uma verdadeira obsessão pelos correligionários do ex-prefeito Paulo Marinho. Ser aliado do ex-prefeito serve como passaporte para conseguir um lugar ao sol na seara coutinhiana.

Olhe para qualquer foto, de qualquer evento político do grupo Coutinho que lá você visualiza a maioria das pessoas próximas ao presidente da AL, ou mesmo do atual prefeito do município, sendo oriundas do clã Marinho.

Com a recente criação de duas frentes nas oposições caxienses, onde os vereadores Catulé e Fábio Gentil são os maiores expoentes, aliado de ambos, mesmo com zero de expressão política, são exibidos e cortejados como cobiçados troféus, numa prova de que Humberto Coutinho perdeu a noção e a capacidade de avaliar o peso dos cabos eleitorais que “puxa” para o seu grupo.

Mas essa atração de Humberto Coutinho pelos aliados do arqui-inimigo Marinho parece que se estendeu para as ações administrativas do sobrinho.

Nesta quinta-feira, 27, durante a reinauguração da Praça Dias Carneiro, conhecida como Panteon, a antiga e bela fonte luminosa, criada na gestão (1993-1996) do ex-prefeito Paulo Marinho, foi finalmente devolvida ao povo de Caxias.

A devolução tardia da fonte luminosa está sendo retratada pela mídia palaciana como um grande feito do prefeito Léo Coutinho e motivo de foguetes e festas pela claque de mensalinhos no facebook.

Só que a morosidade da gestão Léo Coutinho, que fechou a praça por mais de 1 ano para uma reforma que em praticamente nada alterou a antiga configuração, mostrou que além de incompetente, o atual governo não tem criatividade para inovar e deixar a fonte luminosa mais bonita ou maior que a antiga, pois a que foi inaugurada nesta quinta-feira deixa muito a desejar daquela feita em meados da década de 1990. Até para tentar imitar a obra de Paulo Marinho não conseguiram fazer melhor...

Outra intervenção administrativa em praças já anunciada por Léo Coutinho será no Parque Teodorico Fonseca, localizado no Praça Vespasiano Ramos, no centro da cidade. Construido na gestão do ex-prefeito Paulo Marinho, o Parque Teodorico Fonseca, assim como a fonte luminosa da Panteon, foram abandonados desde a ascensão da família Coutinho ao poder.

Para justificar a construção do novo parque na Praça Vespasiano Ramos, o prefeito Léo Coutinho, que juntamente com seu tio Humberto Coutinho, nunca fez nada pelo local, fez a seguinte declaração num evento do município: “A praça é o local onde as mães esperam as crianças na saída das aulas. Vamos fazer o serviço completo, os novos brinquedos já foram adquiridos e com certeza a praça vai ficar muito bonita, igual as outras estão ficando”, garantiu o prefeito. Depois de 2 anos e meio como prefeito, e com a popularidade beirando o chão, somente agora Léo Coutinho finalmente descobriu que “a praça é o local onde as mães esperam as crianças nas saídas das aulas”.

Pô, Léo! Vamos inovar, pois daqui a pouco as pessoas vão começar a dizer que você e seu tio só agem pensando em Paulo Marinho.

É fonte luminosa do Paulo Marinho, é parque de diversão do Paulo Marinho, são os correligionários do Paulo Marinho sendo cooptados, são os profissionais da TV do Paulo Marinho sendo contratados a peso de ouro...

Rafael Leitoa dá boas-vindas a Edivaldo Holanda Júnior e Gil Cutrim, novos filiados ao PDT

27.8.15
Rafael Leitoa destaca filiação de Edivaldo Jr e Gil Cutrim 
ao PDT (Kristiano Simas/ Agência Assembleia)
Uma das mais fortes bandeiras de luta do PDT é, sem dúvida alguma, a educação. Com essa certeza, o deputado Rafael Leitoa concedeu em seu pronunciamento na manhã desta quinta-feira (27) as boas-vindas aos prefeitos de São Luís e São José de Ribamar, Edivaldo Holanda Júnior e Gil Cutrim, respectivamente, que assinarão a ficha de filiação na convenção da próxima sexta, na casa de Eventos Patrimônio Show, no Centro Histórico da Capital. Segundo o deputado, os dois prefeitos têm na educação a marca de suas administrações.

A Convenção do PDT, como afirmou Rafael Leitoa, receberá caravanas de vários municípios maranhenses, tendo os atos de filiação dos prefeitos da Grande Ilha como marcos principais do evento. O deputado lembrou que o PDT compunha o projeto do prefeito Edivaldo Júnior desde sua campanha nas eleições de 2012, quando a militância pedetista abraçou o projeto e, desde então, é parte integrante da administração municipal de São Luís. “O PDT foi fundamental para a eleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, tanto que este tem como sua bandeira de luta a educação”, reforçou o deputado.

Rafael Leitoa relatou que o partido vive um momento de renovação, tendo em vista a candidatura do deputado federal Weverton Rocha à presidência estadual do PDT. Rafael afirmou que Weverton Rocha é hoje uma das maiores lideranças que o partido tem no Brasil, perpassando os limites do Maranhão.

Em relação à Juventude Socialista do PDT, o deputado Rafael Leitoa fez questão de enaltecer como uma das juventudes mais organizadas do Brasil e a convenção deste sexta-feira servirá para apresentar aos novos filiados a sua força e empenho nas ações e projetos do partido.“Tenho 16 anos de militância no PDT, foi o Partido que me formou ideologicamente e muito contribuiu, e contribui, para a minha vida política”, lembrou.

Esperamos que o Partido possa crescer não só em números, mas também em qualidade e em ações. Assim podemos também fazer com que novos filiados, novas lideranças possam conhecer melhor o nosso partido, preservando o seu estatuto e o conteúdo programático que eram defendidos por Leonel Brizola, Darci Ribeiro, os grandes estadistas deste país”, finalizou Rafael Leitoa.

ARTIGO: “O ÓDIO NÃO CONSTRÓI, ATRASA”

Se fizermos uma retrospectiva, pelo menos no período de nossa existência, e de sã consciência, e observarmos o que vem acontecendo com as pessoas odientas, subservientes, que carregam consigo a prepotência, vaidade, maldade e só pensam em fazer a infelicidade do próximo, chegaremos à triste conclusão de que o resultado da existência de cada um é o mais triste possível.

Contudo, ainda é tempo para que se arrependam do que fizeram quando se achavam “donos do mundo”, e levantem as mãos para o céu, pedindo ao grande arquiteto do universo que os perdoem pelo que fizeram, uma vez que jamais poderiam avaliar que na realidade só o amor tem o poder para construir para a eternidade.

Quando nós sabemos que uma pessoa deixou-se levar pela arrogância, prepotência, afastando-se dos desígnios de Deus, humilhando, ultrajando o seu semelhante por ter conseguido poder e fortuna fácil, pode aguardar o resultado que como bem dizia o finado caxiense, Carlos Maranhão, com toda dose do seu folclorismo: ORAI POR ELES...

Justamente por isto é que eu me permito fazer uma convocação a todos aqueles que se julgarem poderosos e afortunados, que sigam a sua destinação,  aproveitando as oportunidades que lhes foram dadas pelo altíssimo do mundo, e procurem fazer o bem sem saber a quem, pois a experiência nos mostra que felizes são aqueles que têm condições de ajudar o próximo, principalmente se por meio de suas ações, tiverem a oportunidade de mudar para melhor a vida de seu povo, lembrando sempre que o povo merece respeito!

VER. CATULÉ

Aldeias Altas - FEMULI vai destacar o “Universo Literário de Gonçalves Dias”

Os livros e o universo da literatura vão invadir Aldeias Altas. A prefeitura do município, por meio da Secretaria Municipal de Educação, irá promover no dia 28 de agosto, (sexta-feira), a 3ª edição da FEMULI – Feira Municipal de Literatura, que este ano tem como tema: “O Universo Literário de Gonçalves Dias”

Durante toda a sexta-feira, o evento ocorrerá das 8h às 16h, em doze escolas da sede do município e onze da zona rural, e possibilitará aos visitantes um contato direto com diversas obras de Gonçalves Dias. Também haverá a narração de várias histórias intercaladas com musicalidade e poesia, bate papo, e rodas de conversa.

A FEMULI 2015 contará ainda com a realização de uma caminhada literária, que fechará a programação a partir das 16h, saindo da Unidade de Ensino Antonieta Castelo e terminando na praça que leva o nome do poeta, no centro da cidade.

Será um grande evento literário de fácil acesso não só para os alunos da rede pública de ensino, mas para a população. Nosso intuito é alcançar o maior número de pessoas, principalmente àquelas pouco familiarizadas com os livros e a literatura. Esse é mais um dos nossos projetos de estímulo à leitura”, explicou a secretária de educação Edivana Ferreira.

PROGRAMAÇÃO NAS ESCOLAS

8h às 11h30 e das 14h às 16h – Exposição Literária sobre Gonçalves Dias nas escolas.

01 – Creche Tia Anália Araújo (A Vida de Gonçalves Dias em Versos)
02 – Creche Prof. Márcio de Jesus R. Amorim ((Cordeando com a Vida e Obra de Gonçalves Dias)
03 – E. M. Prof.ª Elizângela Vieira (Um Grande Poeta Romântico da Literatura Brasileira)
04 – Escola Evangélica Betel (Cultivando a Leitura de Poesias com o Poeta Gonçalves Dias)
05 – E. M. Prof.ª Maria de Fátima C. Araújo (Viajando com Gonçalves Dias na Literatura de Cordel)
06 – E. C. Santa Luzia ((O Universo da Língua Tupi)
07 – E. M. Prof.ª Maria da Conceição Oliveira (Exposição da Vida e Obra do Poeta Gonçalves Dias)
08 – E. M. Luiz de Barros ((Cantando e Encantando a Biografia e os Últimos Cantos de Gonçalves Dias)
09 – U. E. Vidigal Rodrigues Filho (Gonçalves Dias: O Que Há de Ser Ressignificando)
10 – E. Padre Antonio Ferrares (Ressignificando a Leitura com as Obras do Poeta Gonçalves Dias)
11 – U. E. Antonieta Castelo (Vida e Obra de Gonçalves Dias)
12 – C. E. Teófilo Dias (Os Clássicos Literários Numa Abordagem Diversificada)
13 – E. M. São João Batista (Juca Pirama)
14 – E. M. Alice B. Costa Pinto (Gonçalves Dias em Prosa)
15 – E. M. Filomena Costa (Documentário Bibliográfico de Gonçalves Dias)
16 – E. M. São José (Gonçalves Dias em Contos e Prosa)
17 – E. M. Desiderio A. Santos (Juca Pirama)
18 – E. M. Vicente Miranda Lima (Resgatando e Valorizando a História de Gonçalves Dias)
19 – E. M. Santa Terezinha (Gonçalves Dias: O Poeta da Terra)
20 – E. M. José Miranda Lima (Gonçalves Dias. A Intertextualidade em Suas Obras)
21 – E. M. João Possedome (GD: Filho Ilustre da Nossa Terra)
22 – E. M. Taboca Matão (Revendo a História)
23 – E. M. Risonha (GD: Poeta Indianista da Geração Romântica)

ASCOM: Aldeias Altas – MA

Pobreza? Tô fora!!! “Aqui não tem coitado! Aqui não tem pobre! Vereador ganha R$ 10 mil reais”, diz Thais Coutinho na Câmara

Thais Coutinho: “Aqui não tem coitadinho, não! Vereador ganha R$ 10 mil reais”

A vereadora Thais Coutinho (PSB) surpreendeu mais uma na Câmara Municipal de Caxias nesta quarta-feira, 26.

A sessão era mais uma vez marcada pela presença de mães de alunos da escola do bairro Bacuri, que estavam protestando contra o deslocamento diário dos seus filhos para o centro da cidade (colégio caxiense).

Com faixas de protesto e cobrando dos vereadores uma solução para o problema, as mães do Bacuri tiveram um choque de realidade e de sinceridade da boca da vereadora Thais Coutinho.

Vereador se fazendo de vítima, porque aqui não tem nenhum pobre”, iniciou a prima do prefeito Léo Coutinho demonstrando que sua fala prometia. “Porque se tá aqui é porque é inteligente. Pobre? Pobre não! Porque eu tenho certeza que cada um sabe quanto é que vereador ganha. Vocês sabem quanto é que cada vereador ganha aqui? Ganha R$ 10 mil reais”, continuou a vereadora se dirigindo as mães que protestavam nas galerias e fazendo questão de reafirmar seu sincero discurso: “Aqui não tem coitadinho não!”, disse ela pedindo as mães que continuassem a cobrar dos 19 vereadores soluções para os problemas.

Não poderia ser mais infeliz a campeão dos discursos infelizes na Câmara Municipal de Caxias.

Num momento em que em várias cidades brasileiras a população se revolta contra as câmaras municipais, protestando contra os altos salários dos vereadores, a edil caxiense dá um tiro no pé contra os membros do parlamento.

Suas declarações feitas na noite desta quarta-feira, 26, chocaram o público e certamente os próprios colegas. Mas o choque não foi pela revelação, já que a maioria dos presentes sabe o valor dos salários recebidos, mas sim pelo fato da parlamentar se dirigir diretamente a um grupo de mães pobres, que estavam ali reivindicando seus direitos, e receberam declarações fortes que em nada ajuda a situação em que vivem.

A oposição torce cada vez mais para que o prefeito Léo Coutinho indique sua prima como líder do governo na Câmara, pois como líder da bancada governista ela terá que discursar em cada sessão, o que certamente será  a garantia de notícias sensacionais.