Entregue título de Doutor Honoris Causa ao poeta caxiense Salgado Maranhão

13.11.17
Poeta Salgado Maranhão foi homenageado com o Título de
Doutor Honoris Causa
O poeta e escritor caxiense José Salgado Santos (Salgado Maranhão) recebeu o título de Doutor "Honoris Causa" da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (13), no Cine Teatro da UFPI, presidida pelo presidente do Conselho Universitário (CONSUN) e reitor da UFPI, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes. O ato solene também homenageou o médico sanitarista Carlyle Guerra de Macêdo.

O reitor destacou a alegria em presidir a solenidade de entrega dos títulos a duas personalidades de destaque. "Dr. Carlyle Guerra na área da medicina, um piauiense que tem levado o nome do estado para todo o mundo, ocupando cargos importantes não apenas no Brasil, mas em instituições internacionais. Ele serve de exemplo a todos os piauienses. O poeta Salgado Maranhão, apesar de não ser piauiense, viveu parte de sua vida aqui em Teresina e é um exemplo para muita gente, ele foi alfabetizado aos 15 anos, isso mostra que quando se tem determinação, vontade e corremos atrás, conseguimos realizar os sonhos e atingir os objetivos. É uma honra entregar a essas personalidades o título de Doutor Honoris Causa que foi concedido de forma plena pelo CONSUN", declarou.

Solenidade de outorga do título ocorreu no Cine Teatro da UFPI

O título de Doutor "Honoris Causa" ao poeta, escritor, jornalista, consultor cultural e compositor (letrista) José Salgado Santos (Salgado Maranhão) teve a concessão autorizada pelo CONSUN em 29 de maio de 2017, por proposição do Prof. Dr. José Renato de Araújo Sousa, do Departamento de Fundamentos da Educação. A concessão é prova do reconhecimento da UFPI pela relevante e renomada produção artística, o que consiste num inegável contributo à cultura piauiense e nacional.

Prof. Dr. José Renato de Araújo Sousa, do CCE, autor da proposta de
concessão do Título a Salgado Maranhão
"A ideia partiu no momento que eu vi a contribuição cultural do Salgado Maranhão aqui para o Piauí. É como se ele fosse um embaixador da cultura, trazendo pessoas mais renomadas em várias áreas e fazendo com que essas pessoas se aproximem do público piauiense, contribuindo com sua obra, palestras e conferências, então, percebi que isso era muito importante com a realização do SALIPI. A outra coisa é a qualidade estética da obra que ganha cada vez mais relevância internacional. Em 2012, ele esteve nos Estados Unidos e visitou mais de 50 universidades dando conferência sobre sua obra, é um feito muito importante para o poeta e para nós, porque enaltece a grandeza da língua portuguesa", informou o professor José Renato.

Salgado Maranhão começou o seu discurso com poesia. De forma literária, contou a história do menino que nasceu no Maranhão e ganhou o mundo com suas obras. O poeta premiado já esteve em mais de 80 universidades americanas como conferencista. A obra do maranhense é estudada há mais de 20 anos nas melhores e maiores universidades americanas. "Isso é fruto de uma trajetória em que não é fácil, não estava esperando por isso, mas foi acontecendo, minha poesia foi descoberta, ganhei prêmios importantes, como o Jabuti duas vezes, isso tudo soma para que eu possa ser reconhecido pelo mundo acadêmico americano. E uma vez já tendo ido a esses espaços, sendo solicitado por essas universidades, cada vez mais as coisas vão aumentando. Somente eu e o Carlos Drummond temos dois livros traduzidos para o inglês e meus poemas saíram em 45 revistas literárias americanas", frisou o escritor e poeta caxiense.

Secretário de Governo de Caxias, Catulé Júnior; poeta Salgado Maranhão; Desembargador 
Federal do TRF1, Carlos Augusto Brandão e advogado Washington Torres

O secretário de Governo de Caxias, Catulé Júnior, o advogado Washington Torres e o Desembargador Federal do TRF1, Carlos Augusto Brandão, prestigiaram a solenidade que homenageou o poeta caxiense.

Fonte: UFPI

0 comentários:

Postar um comentário