BOMBA! André Campos visita Des. Castro e comemora decisão que sairá amanhã (09) no caso Bacabal

8.11.17
CNJ NELE! Des. Castro articula juntos a aliados do Senador João Alberto para pegar relatoria do processo de Zé Vieira a todo custo.

André foi ao gabinete a mando de João Alberto e Roberto Costa…
Do Blog do Domigos Costa - Na tarde desta quarta-feira (08), o ex-diretor do Detran-MA, o carnavalesco André Campos – atual superintendente da Funasa no Maranhão – esteve no Tribunal de Justiça do Maranhão em longa conversa a ‘pé de orelha’ com o Desembargador José Ribamar Castro.

De acordo com uma fonte do Blog do Domingos Costa, bem posicionada no judiciário maranhense, o “faz tudo” do deputado estadual Roberto Costa (PMDB), foi ao gabinete do magistrado atendendo uma ordem expressa do senador João Alberto.

Ainda segundo a fonte, após o encontro a porta fechada, Campos saiu do gabinete ao telefone sorridente e comemorando uma suposta decisão em desfavor do prefeito de Bacabal, Zé Veira (PP), com a garantia de que tão logo o desembargador Bayma decida sobre a relatoria do processo, tornará sem efeito as decisões das Desembargadoras Nelma Sarney e Cleonice Freire, de forma imediata.

Campos, com a certeza e a palavra empenhada do Desembargador Castro, desceu imediatamente ao gabinete do Desembargador Bayma Araújo, tentando articular uma decisão para que o processo retorne à relatoria de Castro, acionando o senador João Alberto para colocar pressão do decano do Tribunal.

Des. Castro derrubou decisão da sua antiga chefe e, agora, trama 
para derrubar decisão de Nelma…
Causa estranheza os reais interesses do desembargador Castro no desfecho do caso, por inúmeros motivos: Primeiro, tornou sem efeito a lúcida decisão da sua antiga chefe (Desa. Cleonice Freire); Segundo, despachando o processo que questiona sua própria relatoria; Terceiro, atendendo funcionário público comissionado federal para tratar de decisão futura sobre cassação de prefeito de uma das mais importantes cidades do Maranhão. E por último, colocando seus assessores para monitorarem o andamento de todos os processos envolvendo o caso.

Teria o Des. Castro alguma relação pessoal com o Senador João Alberto? Ou, sua movimentação suspeita nesse caso seria retribuição à ajuda que recebeu quando da condenação de sua cunhada?

O estranho é que mesmo com as Desembargadoras Nelma e Cleonice tendo decidido a favor de Zé Vieira, Castro comprou a briga e faz de todas as estripulias para tentar sozinho matar o processo no peito e tirar Zé Vieira do caso.

Com a palavra o Conselho Nacional de Justiça (CNJ)…

0 comentários:

Postar um comentário