Mais uma má notícia do governo Léo Coutinho! Continua o calvário dos proprietários de veículos que fazem o transporte escolar em Caxias

13.5.15
Alguns proprietários de veículos que fazem o transporte de alunos 
na zona rural cruzaram os braços por conta do atraso 
do pagamento (foto ilustrativa)
O governo federal, faça chuva ou faça sol, deposita religiosamente em dia os recursos constitucionais que todas as unidades da federação tem direito.

Programas mantidos pela União, salvo algumas raras exceções, também contam com uma segura regularidade na transferência dos recursos.  

Mas da segurança e da regularidade dos repasses desses recursos para os prestadores de serviço que se encontram no fim da linha nos municípios, existe, o que em muitos pode-se considerar infelizmente, prefeitos sem sensibilidade e sem compromisso com a coisa pública.

Caxias, com uma frequência que beira o desespero, está nesse rol de municípios onde os prestadores de serviço de programas federais comem, literalmente, “o pão que o diabo amassou” para receber o que lhes é devido.

Em alguns povoados do 3º distrito, por exemplo, os veículos que fazem o transporte escolar estão parados por falta de pagamento. Ouvi dois proprietários de veículos e os mesmos me relataram, na condição do anonimato, que só voltam a transportar os alunos após receberem os meses atrasados. “Ficamos tristes, pois os alunos perdem e sofrem tanto quanto nós”, lamentou um desses proprietários.

Na propaganda de Léo Coutinho, um grotesco slogan é usado com frequência.

Um tal de “Pode arrochar!!! Aqui tem trabalho” soa como deboche aos ouvidos dos prestadores de serviço do município, pois diante da falta de pagamento e vendo a conta do posto de combustível aumentando, tal frase revolta ainda mais uma situação que já se tornou caótica.

É a reeleição chegando e as más notícias sempre andando na frente.

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Pq q esse prefeito não paga corretamente quem vende ou presta um serviço a prefeitura

Postar um comentário