Vereador Edilson Martins tenta faturar politicamente com pagamento de prestadores de serviço e Mário Assunção estraga a festa

22.10.19

“Esperteza, quando é muita, come o dono”, Tancredo Neves.

A frase do mineiro Tancredo Neves entrou para o anedotário político brasileiro por abordar a esperteza de determinados agentes públicos, que tinham no jogo dissimulado, e nas atitudes sorrateiras, uma forma de colher dividendos e faturar politicamente.

Na sessão desta segunda-feira (21) na Câmara Municipal de Caxias, o vereador Edilson Martins abordou o atraso do pagamento dos prestadores de serviço do transporte escolar do município. Até aí, tudo bem, pois a atitude é aparentemente nobre não fosse por um detalhe tão bem explicitado logo em seguida pelo vereador Mário Assunção.

Mário não negou a existência do atraso, mas explicou didaticamente sobre as providências tomadas pelo prefeito Fábio Gentil desde o último final de semana. “Sexta-feira eu liguei para o prefeito Fábio Gentil e passei quase 30 minutos falando com ele sobre isso”, iniciou Assunção que prosseguiu: “E hoje pela manhã, não sei se é desinformação de quem falou, ou maliciosidade, foi feito uma reunião com todos os donos de transporte escolar e a empresa responsável já está recebendo pagamento pra fazer amanhã”.

Assunção deu a entender que o colega Edilson Martins já estaria sabendo do teor da reunião com os prestadores de serviço do transporte escolar e que o pagamento seria feito nesta terça-feira, 22. “Então, talvez esse assunto foi falado aqui, pra que pudesse chegar na próxima sessão e dizer: “Olha, os donos de ônibus receberam porque eu os defendi”, mas a verdade não é essa. A verdade é que hoje pela manhã foi feita uma reunião com todos, e por determinação do prefeito Fábio Gentil o pagamento foi feito para a empresa, [e] amanhã o dinheiro vai estar na conta da empresa e todos os prestadores vão receber o seu pagamento”, revelou o parlamentar.

A tentativa de faturar politicamente com a regularização do pagamento dos prestadores do transporte escolar, tão bem esclarecido pelo vereador Mário Assunção, só mostra que a esperteza será um dos poucos trunfos dos oposicionistas com a proximidade do período eleitoral.

Como diz o escritor Brenon Salvador, “A sabedoria está para os sensatos, a esperteza acompanha os insensatos”.

Cabe ao caxiense muita atenção até as eleições do próximo ano, pois os espertos estão inquietos como nunca.

0 comentários:

Postar um comentário