Paulo Marinho Júnior fala ao Blog sobre a experiência de assumir o cargo de prefeito de Caxias: “é muito bom poder ajudar as pessoas”

12.10.19
Paulo Marinho Júnior diz que gostou da experiência de poder ajudar as pessoas

O prefeito em exercício, Paulo Marinho Júnior, recebeu o signatário do Blog nesta sexta-feira (11) para falar sobre os dias que está a frente do cargo mais importante do município e sobre o resultado dessa experiência.

Questionado, Paulinho avaliou que está sendo bom ser prefeito, pois “é muito bom poder ajudar as pessoas, poder realizar um sonho de muito tempo”.

Sobre as especulações em torno da exoneração do secretário adjunto da Saúde, Ermando Vieira, e se algum outro servidor foi exonerado durante sua interinidade, Paulinho respondeu serenamente que não. “Teve até quem me chamasse de faxineiro, mas o objetivo não era fazer faxina, apesar de gostar muito de ter uma casa organizada. Mas graças a Deus a equipe é ótima, o Fábio sempre teve a felicidade de escolher pessoas pra estar na frente da gestão e somente houve um ajuste pontual, mas, graças a Deus, tudo ocorreu dentro da normalidade”.

Quanto a alguma medida implementada por ele nos últimos dias que mereça destaque, Paulinho apontou a solução de casos referentes ao TFD (Tratamento Fora de Domicílio). “Eu fiquei muito sensibilizado com a situação do TFD e procurei dar uma prioridade para aquelas pessoas que precisavam desse suporte da Prefeitura de Caxias”, explicou Paulinho. “A gente conseguiu estar buscando regularizar essa situação para que essas pessoas que precisam dessa ajuda pudessem ser ajudadas, além de outros ajustes pontuais”.

Se a interinidade foi como achava que seria e como avalia esses 10 dias no cargo de prefeito, Paulinho disse que não havia criado nenhum tipo de expectativa, mas que gostou da experiência. “Eu gostei muito da experiência e agradecer pessoalmente o Fábio quando ele chegar por ter me dado essa oportunidade de realizar um sonho”.

O signatário do blog perguntou ao prefeito em exercício a avaliação que ele teve nos últimos dias sobre o que viu, o que deve ser implementado, o que precisa ser melhorado na administração e se ele fará uma avaliação junto ao prefeito Fábio Gentil na segunda-feira (14). “Na vida a gente sempre pode melhorar. Com certeza, quando o nosso prefeito chegar agora no começo da semana, a gente vai ter uma conversa, eu vou passar o que aconteceu, as decisões que eu tive que tomar”.

O prefeito interino aproveitou a entrevista para anunciar em primeira mão que assinou a adesão do município de Caxias ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares. “Assinei pela Prefeitura, aderindo ao Programa das Escolas Cívico-Militares. Nós tínhamos um prazo até esta sexta-feira [11] de informar ao governo federal se a Prefeitura de Caxias iria aderir ou não ao Programa, e eu tomei a decisão de aderir, obviamente em sintonia com o prefeito Fábio Gentil”.

Quanto a rotina de trabalho como prefeito, Paulinho explicou que foram “mais rotinas administrativas”. “Reuni os secretários, vendo os problemas comuns do dia a dia, mas nenhum tipo de grande decisão. As decisões grandes, que poderiam esperar, estão aguardando o nosso prefeito retornar na segunda-feira para que a gente possa decidir em conjunto”.

0 comentários:

Postar um comentário