Palestra abre Semana de Ciência e Tecnologia no IFMA Caxias

30.10.19
SNCT, o maior evento do Campus Caxias, vai reunir cerca 1.400 pessoas até sexta-feira, 01 de novembro, em 86 atividades.

Mesa de abertura teve a presença do Diretor-geral do Campus Caxias, professor João da
Paixão, e do Presidente da FAPEMA, professor André Santos.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), o maior evento do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias, teve início na terça-feira (29) e segue até dia 01 de novembro. Neste ano, a SNCT tem como tema “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável”, que se baseia na busca pelo desenvolvimento sustentável do Brasil representado pela bioeconomia e na sua relação com a Agenda 2030, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Exatamente por sua transversalidade, a bioeconomia possui relação direta com ao menos 10 dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Professor André Santos, Presidente da FAPEMA.

A abertura do evento foi realizada, no auditório central do Campus, pelo presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), professor André Luís Silva dos Santos. “A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é uma importante vitrine para mostrar aos alunos e a comunidade, de modo geral, sobre as pesquisas que o Campus Caxias tem desenvolvido e a sua potencialidade. Neste momento, buscamos conscientizar os bolsistas e pesquisadores sobre a importância da publicação com mais qualidade, promover a colaboração nacional e internacional e incentivar os alunos, sobretudo, os do Ensino Médio, a desenvolver  pesquisa, além de publicar em inglês, porque é a ‘língua oficial da pesquisa’. A Fapema atua para fomentar todas essas ações, por isso, nós apresentamos também os  investimento da Fundação ao longo dos anos na pesquisa no Maranhão”, frisou André Santos. Em 2019, o Campus Caxias iniciou a oferta do curso de inglês instrumental para pesquisadores de iniciação científica, através do Centro de Estudos, Pesquisa e Extensão da Linguagem (Cepeli). O curso é coordenado pelo professor Joniery Rubim de Souza. Ele explica que o curso surgiu a partir de uma demanda existente e da necessidade de publicação dos resultados de pesquisas científicas em revistas em língua inglesa. “Outrossim, percebe-se que há dificuldade e resistência por parte de alunos em interpretar artigos de revistas em inglês. O uso de técnicas de leitura de textos dessa natureza em inglês por parte de pesquisadores enriquecerá o trabalho de iniciação científica, o que possibilita as equipes a publicação em revista Qualis A1 e A2”, frisou Joniery Rubim.

Logo em seguida, os estudantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), sob orientação da professora Valquíria Araújo, apresentarão o espetáculo “A história se repete”.

A programação seguiu até às 22h, com 6 minicursos, 1 mesa-redonda, 1 oficina e 2 palestras. O professor Pedro Pessoa, chefe do Departamento de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (DPPGI), é um dos organizadores do evento e avaliou como positivo o primeiro dia de atividades. “A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia se propõe a popularizar a ciência em Caxias e região, apresentando as inovações que estão ou farão parte do nosso dia a dia”, afirmou o professor. “Serão quatro dias de atividades e não conseguiríamos fazer isso sem uma equipe de apoio. São 14 professores e técnico-administrativo que atuam diretamente para que o evento aconteça, além de dezenas de alunos monitores. O evento ganhou uma magnitude em Caxias, que empresas estão colaborando com o nosso evento. Isso é motivo de alegria. Esperamos que todas as expectativas dos participantes sejam alcançadas”, ponderou.

Até sexta, 01 de novembro, os organizadores afirmam que mais de 1.400 pessoas participarão das atividades nos turnos manhã, tarde e noite. Serão 86 atividades, sendo 25 oficinas, 36 minicursos, 22 palestras, 2 mesas-redondas e 1 concurso de inovação na produção de alimentos. A ex-aluna do curso técnico em Informática integrado ao Ensino Médio do Campus Caxias, Erika Maria Albuquerque Sousa, retornou a unidade de ensino para participar do evento. “Achei muito interessante conhecer o panorama da pesquisa no Maranhão, no Brasil e no Mundo, da forma como o professor André apresentou. O professor também mostrou como é a realidade do pesquisador, que não é nada fácil, mas apresentou estratégias para contornarmos essas situações. Além disso, as ferramentas e as estratégias para impulsionar a pesquisa foram extremamente significantes. Por exemplo, o Google Acadêmico vai acrescentar bastante na minha atual fase no curso superior”, ponderou Erika Sousa. “Eu comecei minha linha de pesquisa aqui no IFMA, ainda no Ensino Médio, com os professores Joniery, como bolsista Pibic, e Eliana, através da Fapema. Foi uma oportunidade única”, afirmou ela.

Eventos integrados: Workshop de Agroindústria e Seminário de Iniciação Científica 

Junto à 16ª SNCT, o Campus Caxias promoverá o V Seminário de Iniciação Científica (SEMIC) e o I Workshop de Agroindústria.

O SEMIC é um evento que busca proporcionar, na esfera institucional, um espaço de diálogo e interação entre pesquisadores, além de divulgar os trabalhos científicos desenvolvidos no IFMA por servidores e estudantes, tanto no nível médio (cursos técnicos), quanto no ensino superior, em todas as áreas do conhecimento. No dia 30 de outubro, os resultados das pesquisas desenvolvidas por estudantes bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) e da Fábrica de Jogos devem ser apresentados no Campus Caxias.

Em sua primeira edição, o destaque do Workshop de Agroindústria será a realização no dia 31 de outubro do concurso de produção de alimentos inovadores. A inciativa tem como objetivo despertar o espírito empreendedor e estimular a criatividade de estudantes e profissionais da área de alimentos.

Para mais informações, acesse o site da SNCT.

(Da assessoria)

0 comentários:

Postar um comentário