Catulé sobre a reforma política: "Esse Congresso Nacional acéfalo deixa o Judiciário legislar por nós"

18.9.17
O presidente da Câmara de Caxias culpou o Congresso Nacional por não ter promovido até o momento a reforma política

Do Blog do Ludwig Almeida - Decano na Câmara de Caxias por ser dono de sete mandatos de vereador, o presidente daquela Casa, Catulé se fez presente em Timon por ocasião da Audiência Pública que debateu o projeto de reforma política ocorrida nesta sexta-feira (15) no plenário deputado José de Ribamar Elouf na Câmara Municipal. Mesmo no avançar das horas, foi o vereador Catulé que conseguiu fazer o discurso mais empolgando chamando para si a atenção de todos os presentes e ao final também o mais aplaudido. “Por falta de uma reforma política mais justa, mais dura e mais precisa é que estamos assistindo nosso país mergulhado nesse mar de lama”, disse o vereador Catulé.  

"Aqui é válida a iniciativa do deputado Eduardo Braide porque é uma oportunidade da gente discutir mesmo sabendo que essa reforma não vai para frente. Mas, é necessário a gente discutir porque daqui pode nasce um embrião, pode nascer uma força, pode dar estímulo provocando outras câmaras municipais para que possa ser ouvido as vozes dos representantes legítimos do povo", frisou o presidente Catulé.

Catulé criticou duramente o Congresso Nacional por não ter promovido a reforma política até o momento, e da mesma forma disparou contra o Poder Judiciário. "Esse Congresso Nacional acéfalo, acéfalo sem cabeça de pensar deixa o Judiciário legislar por nós e aí está o resultado... Mais de duzentos parlamentares envolvidos em todo os tipos de ladroagem. E se a gente faz um manejo para o lado esquerdo também encontramos o Judiciário nesse mar de lama e a classe política não reage porque está com o rabo preso"

O vereador presidente da Câmara de Caxias aproveitou para elogiar a atuação do deputado Eduardo Braide que preside a Comissão Especial da Reforma Política na Assembleia Legislativa. "E Vossa Excelência está de parabéns quando toma essa iniciativa de sair esse Maranhão a fora. Esclarecendo o que é isso, porque é preciso mudar, porque é preciso fazer essa reforma e esta é uma das razões de está aqui, pelo conceito que Vossa Excelência tem no estado do Maranhão, por ser audacioso, por ser competente e por ser corajoso".

A audiência pública foi comandada pelo deputado estadual Eduardo Braide, que é o presidente da Comissão Especial da Reforma Política na Assembleia Legislativa do Maranhão. Por sinal esse evento ocorrido na Câmara de Vereadores de Timon foi o mais prestigiado nos últimos tempos.

Catulé é Rocha

Antes de iniciar a audiência pública na Câmara de Timon o vereador Catulé concedeu uma entrevista ao radialista Eliézio Silva e entre vários assuntos abordados teve indagações sobre as eleições de 2018, e ele aproveitou para declarar qual nome tem sua simpatia para disputar o governo do Maranhão. "Nós estamos avaliando o quadro, tem muitos candidatos por aí e até chegar lá eu creio que vá aparecer mais. Mas, neste momento eu acho que o senador Roberto Rocha vai ser o nosso governador”, disse Catulé ao ser indagado pelo radialista (confira o vídeo).

0 comentários:

Postar um comentário