DIGNIDADE NA SAÍDA: Apesar de estar no cadafalso, Sílvia Carvalho não pede demissão e aguarda guilhotina do prefeito Léo Coutinho

13.1.15
Um servidor público, consciente de ter desempenhado sua missão de forma honrada e digna, não aceita ser humilhado quando um gestor incompetente resolve usá-lo como bode expiatório. É a firmeza de cair com dignidade. É sair com a consciência do dever cumprido. É saber que, se falhou, não foi culpa sua.

O dilema vivido pela atual secretária de Educação do município, Sílvia Carvalho, é bem parecido com o relato do parágrafo anterior.

Praticamente demitida há mais de três meses, Silvia ainda não foi comunicada oficialmente da medida. No entanto, aos poucos vem sentindo na pele que o poder da pasta escorrega pelos seus dedos.

Sílvia não irá pedir exoneração do cargo: vai 
aguardar carta de demissão
De caráter firme, Sílvia age como a situação constrangedora recomenda àqueles com moral para enfrentar de frente o que a cada dia se aproxima: a sua demissão do cargo de secretária de Educação.

Os boatos maldosos que circulam nos bastidores do Palácio da Cidade, de que ela passa por problemas de saúde, fortaleceram a posição firme da respeitada educadora. O surgimento desses boatos estão sendo usados para enfraquecer a permanência de Sílvia Carvalho no cargo.

Vt da inauguração da creche produzido pela assessoria 
palaciana não mostra Sílvia Carvalho durante evento
Acredito que a sordidez dos rumores sobre sua saúde tenham encorajado cada vez mais Sílvia Carvalho para esperar sua demissão sentada na sua cadeira no Centro de Cultura José Sarney.

De acordo com fontes do blog, a nova secretária de Educação do município será a professora Lucita, ex-diretora da Unidade Regional de Educação de Caxias nas gestões dos ex-governadores Jackson Lago e José Reinaldo Tavares.

Caso tudo ocorra dentro do cronograma do Palácio da Cidade, Lucita assumirá a SEEDUC na próxima semana.

Léo Coutinho não quis Sílvia Carvalho no 
início do seu governo, mas teve 
que convidá-la dois meses depois 
Mas que ninguém espere o tradicional pedido de demissão de Sívia e um pronunciamento elogiando o governo Léo Coutinho na transmissão do cargo.

O clima entre a secretária demissionária e o prefeito Léo Coutinho não é dos melhores. Aliás, é um clima de verdadeira “guerra” de nervos.

Quem esteve na inauguração da creche do bairro Nova Caxias na última sexta-feira, 09, pôde perceber como anda a relação entre Sílvia e Léo. Os dois não se falaram durante o evento.

Mesmo presente na solenidade de inauguração da creche da Nova Caxias, a matéria divulgada em vídeo pela assessoria palaciana não buscou em nenhum momento o enquadramento da secretária de Educação do município.

Dentre os entrevistados na reportagem estavam o prefeito Léo Coutinho, o vereador Leonardo Barata, a coordenadora do Núcleo de Educação Infantil do município, Neonilia Viana e até moradoras do bairro, sendo que a grande responsável pela área, a secretária da pasta, não deu as caras nos 3 minutos do vídeo.

Assim que assumiu a Prefeitura de Caxias, o atual prefeito resolveu inovar e nomeou uma nova secretária de Educação. Não deu muito certo e dois meses depois teve que chamar a ex-titular da pasta de volta para salvar o setor no início do seu governo.

Vamos esperar se ele vai “pagar pra ver” ao fazer o mesmo 2 anos depois...

15 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    A Profª Silvia Carvalho, não rouba e nem deixa roubar!

  1. Anônimo disse...:

    Silvia Carvalho é justiça, competência e probidade!!

  1. Anônimo disse...:

    Isso é fuxico de uma funcionária da secretaria da Sílvia que ao mesmo tempo é funcionária da Facema, que está na secretaria para vigiar a profª Sílvia Carvalho.

  1. Anônimo disse...:

    quem quiser conhecer o trabalho da nova secretaria da educação de caxias pergunta para os professores de uma certa cidade vizinha. decepção total.

  1. Anônimo disse...:

    OS CUTIA SÓ QUEREM SABER DE SALVAR A PROPRIA PELE. QUE SE F8*@ OS OUTROS

  1. Anônimo disse...:

    ' Meu Deus onde vamos parar, Léo só fazendo merda...Sílivia é digna de ocupar o cargo que ocupa!

  1. Anônimo disse...:

    Enquanto isso os professores que estão sofrendo. Essa Sílvia carvalho é outra que não fez nada pelos professores. Secretário boa é a professora dilina

  1. Anônimo disse...:

    Silvia é mal educada,mas é honesta !

  1. Anônimo disse...:

    A professora Silvia é uma mulher honrada e digna, acredito q ela fez o que pôde pela educação de Caxias, a futura secretária dispõe de uma vasta bagagem e de uma competência estraordinaria e pelo que conheço do trabalho dela n tenho nada a falar contra, que diz o contrário de fato n deve conhecer a mesma.

  1. Anônimo disse...:

    Se de fato essa história tiver um fundo de verdade, não é a secretaria que não tem dignidade em pedir pra sair, e sim o prefeito que não tem a coragem de exonerar. Porque quem foi eleito foi ele, e ele é quem é o dono da caneta.

  1. johny disse...:

    DESVENDADO O NOME DO ANONIMO QUE FEZ OS PRIMEIROS COMENTÁRIOS DO POSTER COMENTÁRIO (SILVA CARVALHO)

  1. Anônimo disse...:

    Johny! Silvia é sinônimo de trabalho e honestidade. Isso é verdade absoluta.

  1. Anônimo disse...:

    Essa pessoa que escreveu aí em cima, ESSA, sim pq pelo visto foi só uma, deve ser alguém educação de cavalo que nem a chefe dela, que trata mal todo mundo q chega ali naquela secretaria de educação, q o educação passou foi longe. E digo mais, se acham intocáveis. Deve tá se cagando de medo de perder a mordomia do não faz nada ali naquela secretaria, quer dizer, a unica coisa q sabem fazer é falar da vida alheia.

  1. Anônimo disse...:

    Amigo! nem funcionário do município eu sou, e nem pretendo ser, mais sempre passo aos sábados e até aos domingos em hfrente ao centro de cultura e ela está lá na educação trabalhando. Quanto ao roubo todos nós sabemos que ela não ostenta posses, luxo, não rouba e é honesta.

  1. Anônimo disse...:

    aqui em Caxias não vejo nenhum dos envolvidos nessa trama (Profa. Silvia, Prefeito Leonardo Coutinho e entre outros), preocupados com a educação, o que vejo é falta estrutura nas escolas, acepção de pessoas em relação a merenda escolar entre zona rural e urbana, que tem diferenciação no atendimento, além de taxarem os professores de incompetentes e despreparados e pagando o pior salário da região, enquanto a "honestidade" segundo alguns, está produzindo números inexistentes para mascarar a situação real da educação em nossa cidade. Engane-se quem quiser.

Postar um comentário