Academia Caxiense de Letras completa 23 anos de fundação

17.8.20
ACL recebe, anualmente, em sua sede mais de 10 mil estudantes que para lá acorrem em busca de conhecimentos.

Neste sábado, 15 de agosto, a Academia Caxiense de Letras (ACL) completou 23 anos de fundação.

Caxias do Maranhão é uma cidade que, ainda hoje, serve de referência para o país quando o assunto é a Literatura – por ser o berço de uma considerável quantidade de poetas e escritores de grande expressão no Brasil, a exemplo de Gonçalves Dias, Coelho Neto, Raimundo Teixeira Mendes, Teófilo Dias, César Marques e muitos outros de uma constelação de literatos que brilha desde meados do século XIX e dois dos quais são patronos de cadeiras na Casa de Machado de Assis, a Academia Brasileira de Letras. Mas, Caxias, ainda, nestes primeiros anos de um novo milênio, insiste em dar luz a novos escritores e poetas e pode ser chamada, sem exageros de “cidade dos escritores e poetas”, dentre os quais: Déo Silva, Cid Teixeira de Abreu, Libânio da Costa Lobo, Jacques Inandy Medeiros, Salgado Maranhão, Firmino Freitas, Antônio Augusto Ribeiro Brandão, Frederico Brandão, José Ribeiro Brandão, Antônio Pedro Carneiro, Renato Meneses, Inês Maciel, José de Ribamar Cardoso, Naldson Carvalho, Silvana Meneses, Joseane Maia, Elany Morais, Edmilson Sanches, Carvalho Júnior, Adailton Medeiros, Wybson Carvalho, e outros tantos.

A ACL, fundada em 15 de agosto de 1997, com sede à Rua 1º de Agosto, 737, nesta cidade de Caxias do Maranhão, tem 40 membros efetivos e realiza atividades em cunhos educacional e cultural, para o alunado da rede municipal de ensino, a fim de fomentar uma conscientização escolar sobre a maior característica da personalidade histórico-literária do povo desta terra de escritores e poetas.

A Academia Caxiense de Letras, além de editar, publicar e fazer lançamentos das obras de seus membros e outros, profere também palestras sobre biografias e bibliografias de escritores e poetas caxienses nas Unidades Escolares das Redes municipal, estadual e particular de ensino. As palestras são proferidas por membros acadêmicos da Casa de Coelho Neto.

A Academia Caxiense de Letras, recebe, anualmente, em sua sede mais de 10 mil estudantes que para lá acorrem em busca de conhecimentos. Para o público freqüentador da Casa de Coelho Neto, há um cine clube com exibição de películas à arte e, ainda, realiza uma exposição de artes denominada: EXPOARTE; evento que congrega todas as manifestações e linguagens artístico-culturais da cidade e, ainda, um Festival de Poesia com a participação de alunos das Unidades Escolares locais. (Por Wybson Carvalho)

0 comentários:

Postar um comentário