OAB protocola pedido de impeachment de Dilma na segunda

24.3.16
Entidade quer evitar Eduardo Cunha
A OAB vai protocolar na próxima segunda-feira (28) seu pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

O documento será assinado pelo presidente da entidade, Claudio Lamachia, e, para evitar Eduardo Cunha, será entregue no protocolo da Câmara.

A peça será praticamente o voto vencedor que decidiu pelo impeachment no Conselho Federal da Ordem e trará como motivos para o impedimento, além das pedaladas, a renúncia fiscal concedida à FIFA e a nomeação de Lula à Casa Civil. (Veja)

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    O impeachment é um instrumento de controle de eficácia incontestável. Quando iniciado tem a Câmara e o Senado Federal como trâmite legal, respaldado nas Leis contidas na Constituição Federal. A OAB chega na hora certa, para por rumo ao desequilíbrio imposto pela retórica anti-republicana alardeada sem trégua pela Presidente da República. Não bastam as manifestações veladas de Ministros do STF, no sentido de afirmarem não se tratar de golpe, mas de um processo legal sim, previsto na Constituição. Que venha mais essa Instituição de força para corroborar os entendimentos já agendados e pautados. Precisamos por ordem em nossos organismos de controle. É urgente.

Postar um comentário