Empolgado com inauguração de posto de saúde, Léo Coutinho tenta explicar falta de concurso público em rede social e ouve poucas e boas de internautas

1.3.16
EM RIO QUE TEM PIRANHA, JACARÉ NADA DE COSTAS / Prefeito tentou explicar falta 
de concurso público em Caxias e teve que se calar diante de bombardeio de internautas

O prefeito de Caxias, Léo Coutinho, é usuário assíduo das redes sociais. Em toda e qualquer ação do seu governo, lá está ele dando a boa notícia aos seus ‘amigos’ na grande rede.

Mesmo com um exército de mensalinhos e fantasmas da Assembleia sempre a postos para dar aquela força em toda e qualquer publicação do nosso jovem prefeito, vez ou outra ele surge com uma ideia genial tentando explicar o inexplicável e é aí que a coisa toma um rumo não muito desejado.

Tudo corria bem em mais uma postagem do prefeito no seu perfil no facebook na úlima sexta-feira, 26, onde ele comemorava a inauguração de um posto de saúde.

Com vários amigos colocando Léo Coutinho no céu e deixando palavras de incentivos, eis que entra em cena um com um questionamento bem salutar: “E CONCURSO QUANDO QUE VAI TER?”, perguntou Angelo Damasceno.

A pergunta do internauta é daquelas do tipo que é melhor o sujeito ficar calado e deixar que outros correligionários saiam em socorro do chefe.

Mesmo com a prudência recomendando um passo atrás, eis que Léo Coutinho resolve brincar com o perigo e tenta dar uma explicação: “estamos no limite prudencial e a lei não permite que seja feito concurso e nem contratação no momento”, responde ele.

Pronto. A resposta de Léo Coutinho não foi muito bem recebida pelos internautas e o que se viu em seguida foi uma sessão do descarrego pra cima dele.

E pq não fez antes?. Ja que tenho ctz que sabia que a lei não permite agora”, comenta M. G. relembrando um passado não muito distante no município: “O último concurso que houve em caxias foi em 2006. De lá pra cá semprr esteve no limite prudencial?... conta outra prefeito... quando vc assumiu a prefeitura sua primeira ação foi demitir varios funcionários e tenho ctz que a população não esqueceu isso... deveria pelo menos ter feito concurso”..

Não é o que o povo têm observado Sr prefeito. A lei não permite no período que antecede a eleição se não me engano até o mês de abril, mas depois das eleições é permitido!”, questiona novamente Angelo Damasceno.

Mais tão contratando direto, prefeito”, disse o empresário Torneirinho.

Oxente, se não pode contratar e nem fazer concurso, de onde tá saindo o pessoal para o trabalho nessas novas UBS?”, observou T. T. Andrade.

Não é muito tempo não gente, vai fazer só 11 anos que não tem, quem sabe daqui mais uns 4 para fazer 15.”, continuou Angelo Damasceno .

Sem falar nos diversos profissionais recém formados desempregados, enquanto alguns enfermeiros tem dois, três contratos nessa prefeitura”, denunciou outra internauta que continuou:E o seletivo todo irregular que teve? ?? Só serviu p recontratar os profissionais mais antigos do HGM.

Léo Coutinho está pagando o preço de ter prometido ainda na campanha de 2012 que ele mesmo, que havia conquistado vários cargos públicos através de concurso, iria priorizar a contratação na Prefeitura de Caxias também por meio de concurso público, pois seria a forma de dar as mesmas chances para todos.

Acho bom a equipe de marketing de Léo Coutinho ensinar a ele que em certos temas é melhor o silêncio.

Afinal de contas, em rio que tem piranha, jacaré nada de costas.

8 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Isso é só uma prova de que o prefeito quer apenas se manter no poder juntamente com seu grupo. Restringindo os empregos e oportunidade apenas para seus aliados afim de perpetuar-se com a sua família. O Hospital Regional está contratando como uma forma de burlar a lei isso é inadmissível. Cadê o MP.

  1. Anônimo disse...:

    Se esses Coutinhos continuar no poder, vamos ficar no desemprego, sem concurso público. Se continuar acabou, vai ser só no cabresto, o jeito será viajar pra outras cidades em busca de emprego.

  1. Gente procurem estudar e entrem de cabeça nos concursos de outros estados, tenham coragem, saem de Caxias...

  1. Anônimo disse...:

    Exige-se concurso público justamente porque se estuda, agora vamos ser obrigados a ir embora sem ao menos tentar um concurso na cidade que moramos simplesmente porque tem milhares de bajuladores e a cidade ta com 11 anos que não tem concurso, sendo que o prefeito prometeu fazer um concurso na primeira eleição que ele disputou. Você acha certo isso? AHTSO...? estamos exigindo um direito do povo meu amigo, agora se quer ir embora vai! não estamos passando fome aqui.Queremos é um concurso para termos um serviço de qualidade ou vc quer que seu filho estude em uma escola que o professor só ta dando aula porque foi colocado por alguém?

  1. Anônimo disse...:

    O que esses Coutinhos, não trouxeram nenhuma indústria pra cidade, para gerar empregos para vários profissionais existentes no município de Caxias, que são obrigados sair da cidade natal em busca oportunidades em outras cidades. O que esse grupo adota é emprego de cabresto e na verdade estão contratando muita gente nesta prefeitura sem concurso público.

  1. Anônimo disse...:

    LIMITE PRUDENCIAL!!! KKKK DESDE QUANDO A ADMINISTRAÇÃO DOS COUTINHOS RESPEITA LIMITES? A IMPROBIDADE, É SÓ MAIS UMA DAS MULTI TAREFAS DOS ENGENHOSOS E DESDOBROSOS MESTRES DA CONTRATAÇÃO EM QUALQUER TEMPO! PRUDENCIAL É NÃO CONTRATAR INIMIGOS POLÍTICOS! NEM TÃO POUCO ALIMENTÁ-LOS! KKKKKK

  1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Esse prefeito é uma piada de mau gosto.

  1. Anônimo disse...:

    Reta final sr prefeito e CONCURSO, só no pensamento!

Postar um comentário