QUAL O RUMO A SEGUIR? Oposição em Caxias tenta se viabilizar, mas falta humildade e profissionalismo para a disputa de 2020

10.12.19

Nomes do campo oposicionista em Caxias pecam pela falta de humildade e profissionalismo

Com vários pré-candidatos a prefeito de Caxias já anunciados no campo oposicionista com vistas as eleições do próximo ano, falta aos nomes apresentados até o momento um misto de humildade de uns e a falta de profissionalismo de outros.

No grupo Coutinho, até o momento o mais forte conjunto de forças na oposição no município, a desastrada estratégia do anúncio de vários postulantes a participarem de uma pesquisa para escolha do pré-candidato a prefeito queimou logo na largada. Dos 5 pretensos pré-candidatos, 3 deles foram descartados de forma abrupta e até mesmo deselegante, provocando mágoas entre os preteridos e que resultou no lançamento da pré-candidatura do empresário Constantino Castro Neto, um aliado importante que agora se mostra disposto a dividir os votos no campo oposicionista. Foi uma lambança fenomenal.

Tendo na figura de Humberto Coutinho (in memoriam) o principal apelo político/eleitoral no grupo Coutinho, a pré-candidatura de Thaís (ou Júnior Martins) ainda não conseguiu um sentido lógico para atrair o eleitorado em torno da suas ideias.

Sendo as estratégias do ex-marqueteiro Carlos Alberto a principal esperança de viabilidade eleitoral dos coutinhos, as últimas ações do grupo na mídia se mostraram infrutíferas, uma demonstração de que aquilo que deu certo com Humberto Coutinho não surtiu efeito com os novos atores, faltando uma adequação de estratégias que possam abalar minimamente o favoritismo de Fábio Gentil.

Alguns noviços do jogo político caxiense, e logicamente com menor potencial político, tentam se viabilizar nas redes sociais cada um a sua maneira. Nomes como César Sabá, Arnaldo Rodrigues, Ednaldo Playboy, professor Arimatéia Silva e Chico Sousa agem com empáfia e acreditam piamente na viabilização dos seus respectivos nomes sem muitas vezes sequer aceitar uma composição entre eles ou mesmo a manutenção de um diálogo aberto para uma futura composição política. Pecam pela empolgação e amadorismo, coisa que a política não costuma aceitar entre os vitoriosos.

A proliferação de nomes considerados sem expressão na pretensão de serem prefeito de Caxias parte da eleição de Fábio Gentil em 2016, um vereador com 20 anos de mandato que conseguiu vencer uma força política considerada por muitos como imbatível.

Apesar de ser apenas um vereador, Fábio Gentil tinha naquela época o apoio considerável da família Marinho, o que por si só já é um ajuda gigantesca, ainda mais tendo o jovem Paulo Marinho Júnior como vice, o que potencializou a sua candidatura. Aliado ao companheiro de chapa, Fábio tinha o apoio do vereador Catulé, outro nome de peso a lhe dar apoio na tribuna da Câmara, que era a principal trincheira de luta da oposição a Léo Coutinho e cujas denúncias ganhavam a análise deste e de outros blogs e espalhavam-se pelas redes sociais toda semana e foram importantíssimas naquela eleição.

Outro dado que a atual oposição desconsidera, e é seu maior pecado, é o fato de que Fábio Gentil não tem a mesma rejeição de Léo Coutinho, e cujas estratégias, se é que possuem uma, não podem ser repetidas contra o atual prefeito.

Profissionalismo e humildade é o único caminho dos oposicionistas.

Mas será que eles sabem disso?

4 comentários:

  1. Unknown disse...:

    O Tino Castro é oficialmente pré candidato à Prefeito. Não foi descarto do grupo, ele por decisão própria preferiu seguir candidatura solo. Sobre os demais, só eles podem responder.

  1. Anônimo disse...:

    Meu voto é do Tino.... Sempre foi um cara do Bem... TMJ

  1. Anônimo disse...:

    cadê meu candidato Léo ????

    oxe !

    nam armaria

  1. Anônimo disse...:

    A gestao do Fabio esta sendo Boa, porem tem muitas coisa a melhora, mais ate aqui houve varias mudanças, reformas e crescimento, a humildade de nao se esconder dentro de casa ou de uma Hilux rodiada de seguranças, eu acredito no trabalho do Fabio Gentil, e espero q continue isso nao é falando de um trabalhador da prefeitura e sim de um eleitor q observar e ver que realmente houve progresso em Caxias-MA

Postar um comentário