OPOSIÇÃO ENFRAQUECIDA – Antigos integrantes do grupo Coutinho aderem ao prefeito Fábio Gentil

9.4.18

Antonio Luis Assunção e Elias do Gesso seguem agora
no apoio ao prefeito Fábio Gentil
Deve ser muito boa mesmo a sombra das árvores em torno de uma prefeitura, haja vista a quantidade de pessoas que buscam guarida embaixo delas.

Durante a convenção municipal do PRB, realizada na última sexta-feira, dia 06, no Clube Marília Eventos em Caxias, onde na oportunidade foi formalizada a filiação do ex-deputado José Gentil ao partido republicano, além da festa apoteótica que contou com milhares de pessoas, viu-se que o grupo político do prefeito Fábio Gentil ganhou novos integrantes.

Além da grande maioria de vereadores eleitos no palanque de Léo Coutinho em 2016, e que desde antes da posse de Fábio Gentil na Prefeitura já estavam na sua base de apoio, a convenção do PRB da última sexta-feira serviu para os caxienses conhecerem os noviços do atual grupo dominante em Caxias.

O ex-candidato a vereador na coligação de Léo Coutinho em 2016, Afonso do Sofá, transitava pelo palanque do Marília Eventos com desenvoltura. Já o ex-vereador Elias do Gesso, um coutinhiano de carteirinha, mostrava no palanque que aquela parte do seu passado ficou apenas nas lembranças. Elias estava com ares de felicidade e demonstrando o quanto estava a vontade no novo grupo.

Mas falar em felicidade e não falar na desenvoltura e alegria do ex-vereador Antonio Luis Assunção, é injustiça. O ex-vereador era só sorrisos ao se revezar em abraços e apertos de mãos nos novos e antigos correligionários que se faziam presente no Marília Eventos.

Evento do PRB foi apoteótico
Além dos citados acima, diversos cabos eleitorais e ex-candidatos a vereador de menor expressão do grupo Coutinho se fizeram presente na convenção do PRB e eram os mais entusiasmados ao bater palmas para os oradores da noite.

O enfraquecimento da oposição ao prefeito Fábio Gentil vem num momento que sua popularidade aumenta conforme pesquisas de opinião encomendadas pelo Palácio da Cidade.

Até mesmo a TV Sinal Verde, de propriedade da família Coutinho, tem dificuldades para conseguir pautas desfavoráveis ao prefeito, ficando as criticas contra o gestor restritas as redes sociais e aos discursos infundados do que restou de oposição na Câmara Municipal.

0 comentários:

Postar um comentário