Piada: Igreja é aprovada em seletivo no Governo Flávio Dino

20.9.17
Do Blog do Jorge Aragão

Seria cômico se não fosse trágico. Quando você imaginou que já tinha visto de tudo no Governo Flávio Dino, eis que o deputado estadual Wellington do Curso aparece com uma denúncia sem precedentes: uma igreja foi aprovada em um seletivo realizado pela gestão do comunista.

Nesta terça-feira (19), Wellington do Curso levou à tribuna a grave denúncia de que, dentre os aprovados no seletivo da Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão (SEAP-MA), aparece o nome de uma igreja dentre os selecionados.

O Processo Seletivo foi realizado nos últimos dois meses, para preenchimento de quadro de reserva da SEAP para as unidades prisionais da cidade de Carolina, Sul do Maranhão.

Segundo o parlamentar, ao receber a denúncia, ele próprio averiguou a informação no site oficial da pasta, confirmando a irregularidade. No Edital N° 86/2017 (Processo Seletivo Simplificado) – 1ª Convocação para o Município de Carolina), na segunda página, consta o nome de uma Igreja, com a Inscrição de número 0000059652, que aparece como classificada para o cargo de Técnico Penitenciário Administrativo.

“Como pode aparecer o nome de uma Igreja selecionada para o cargo de Técnico Penitenciário Administrativo na relação de um Seletivo do Estado? Se a vaga era para pessoa física, como uma pessoa jurídica ganhou a vaga? A vaga reservada é para a igreja? Qual a explicação para uma igreja ser convocada para preenchimento da vaga? Além disso, na primeira página do Edital de Convocação N° 86/2017 encontramos outra irregularidade, que se trata do selecionado com a inscrição de N° 0000062017, identificado apenas com o nome “Alfredo”. Quem é esse Alfredo? Alfredo de quê? Não tem sobrenome? São graves denúncias que precisam ser esclarecidas pelo governador Flávio Dino”, questionou o deputado Wellington.

E assim segue o Governo Flávio Dino no Maranhão, até aprovando igreja em seletivos, realmente aí sim é mais que uma mudança, é uma inovação.

0 comentários:

Postar um comentário