Secretário Adelmo Soares busca parcerias para agricultura familiar em Brasília

18.5.17
Buscando desenvolver e estimular parcerias em prol do desenvolvimento da agricultura familiar no Maranhão, o secretário de estado da agricultura familiar, Adelmo Soares, cumpriu vasta agenda em Brasília nesta terça-feira (16). 

Na oportunidade, Adelmo visitou a sede da CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura) onde reuniu-se com a nova secretária de Meio Ambiente da confederação, Rosmarí Malheiros e o presidente da FETAEMA, Chico Miguel. O encontro salutar pautou-se na formulação de agendas que contemplem os anseios dos trabalhadores rurais do estado; tendo em vista que segundo o IBGE, o Maranhão possui a maior população rural do país.

Dando seguimento as ações, o secretário da SAF dialogou com Humberto Pereira, coordenador geral de reordenamento agrário da Secretaria de Reordenamento Agrário (SRA), para tratar da viabilização de recursos e investimentos para os serviços de georreferenciamento no estado. Atualmente, o Sistema SAF, por meio dos órgãos da AGERP e ITERMA têm desenvolvido experiências positivas nessa área, incluindo a adoção de uma tecnologia de georreferenciamento que tem facilitado a execução dos trabalhos de regularização fundiária do estado. Além disso, os recursos viabilizados estimularão o avanço das atividades.

Por fim, o secretário da SAF, Adelmo Soares, ao lado da coordenadora de ATER da AGERP, Alessandra, tratou de uma importante pauta com o subsecretário de Agricultura Familiar da Secretária Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (SEAD), o senhor Everton Ferreira.

Na pauta dos gestores, estiveram o projeto "Dom Helder Câmara" - que passará a incluir o Maranhão em sua área de atuação; além da parceria com o Sistema SAF, através da AGERP, para as ações e serviços de assistência técnica rural (ATER). 

A agenda positiva em Brasília, contentou Adelmo Soares que afirmou que novas e mais conquistas ainda serão possíveis por meio do bom trâmite e parcerias em Brasília,  garantindo melhor qualidade de vida e dignidade aos agricultores familiares de todo o Maranhão.


0 comentários:

Postar um comentário