Inundação na Vila Paraíso - Em reportagem da TV Mirante, funcionária da Amorim Coutinho diz que a culpa é dos moradores que jogam lixo nas ruas

12.3.16
“Um sonho que virou pesadelo”

Reportagem da TV Mirante mostrou o drama dos moradores da Vila Paraíso

Em reportagem da TV Mirante veiculada na noite desta sexta-feira, 11, vários moradores relataram o drama que viveram durante a chuva da noite de quinta-feira, 10, no Residencial Vila Paraíso, em Caxias.

A reportagem exibiu ainda várias imagens do interior das casas, com móveis revirados e outros danificados, o que deu uma dimensão do tamanho do estrago provocado pela  falta de planejamento da drenagem da água das chuvas no empreendimento.

A primeira chuva a água não entrou, mas quando foi ontem, invadiu, molhou móvel, molhou computador, molhou tudo. A moto ela entrou água e o motor não pega. Com certeza entrou água no motor”, disse um morador à reportagem da Mirante.

Na residência de uma cabeleira, que perdeu móveis, equipamentos eletrônicos e produtos de beleza do salão que montou para trabalhar em casa, a proprietária fez um duro desabafo: “Um sonho que virou pesadelo. Assim... você vê, a água entrar pelo fundo, saia pela frente, tirava da frente entrava pelo fundo”.

Em meio ao caos na Vila Paraíso, uma informação, supostamente fornecida por uma funcionária da Construtora Amorim Coutinho, deixou os moradores indignados.

De acordo com a reportagem da TV Mirante, a Assistente de Qualidade da empresa teria informado “que a falta de escoamento se dá porque os bueiros do Residencial estão entupidos de lixo, que foram jogados pelos próprios moradores.” Ainda na reportagem, a funcionária teria dito que “todas as famílias atingidas serão ressarcidas.

Na matéria, a repórter Aline Santos passou aos moradores o que a empresa alegou para o problema ocorrido na Vila Paraíso: “Com relação ao lixo nos bueiros, os moradores discordam da Construtora, diz a repórter. “Eles não fizeram uma coisa que prestasse aqui, porque se essa calçada aqui fosse mais alta, a água não tinha entrado. E aqui não foi só nessa não, é aqui, é nessa daí, é naquela ali, entrou foi em tudo aqui. Aqui é serviço mal feito”.

As casas construídas pela Amorim Coutinho em Caxias são alvos de constantes denúncias dos moradores.

No entanto, as obras particulares da família Coutinho, também construídas pela mesma empresa, são consideradas de primeiro mundo e nunca apresentaram qualquer tipo de problema.

Pôxa, deveriam ter a mesma atenção com os proprietários das casas em Caxias....

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Serviços mal feito mesmo como é de costume da Amorim Coutinho, toda vez que chover forte vai acontecer isso, fizeram desmatamento dos morros e não fizeram nenhum serviço pra prevenir a erosão que esta acontecendo.

  1. Anônimo disse...:

    O que ocorreu nesta construção da Vila Paraiso em Caxias, começando pelo Blocos de responsabilidade do Banco do Brasil, apesar de se exigente, pelo motivo da demora da entrega destas casas, porque a construtora Amorim não construiu pelos padrões exigidos pelo banco (BB) e logo os blocos de responsabilidade da Caixa Econômica e que envolvem a superintendência da Caixa, que tem forte ligação com prefeitura deixaram fazer as casas de qualquer jeito. Conclusão as 3000 casas construídas a construtora fizeram essas casas sem baldame, sem sustentação de aliceces.

Postar um comentário