Uma raposa para cuidar do galinheiro?! Governo Léo Coutinho estaria contratando marqueteiro envolvido no escândalo do “mensalão” para cuidar da imagem da administração

13.4.15
Nada tão ruim que não possa piorar”. Nunca essa máxima se aplicou tão bem ao governo Léo Coutinho.

É que depois da barulhenta demissão do marqueteiro Carlos Alberto da propaganda da atual administração em Caxias, a solução para o homem problema da família Coutinho é outro problema com cara de escândalo embrulhado pra presente.

Einhart Jacome Paz já estaria contratado pelo governo 
Léo Coutinho. E a licitação?!
Fontes do blog garantem que, muito provavelmente, o novo contratado para cuidar da imagem do governo é o publicitário Einhart Jacome Paz. A figura faz o marqueteiro Carlos Alberto parecer um neném nessa área. Mas neném não no sentido propriamente dito da publicidade, mas em outros setores que ultimamente se tornaram afins na área: a produção de escândalos.

Quando da CPI do mensalão, escândalo que mandou vários integrantes do PT e de partidos aliados do governo federal à cadeia, o notório Delúbio Soares, tesoureiro do PT e responsável por arrecadar dinheiro oriundo de corrupção para abastecer o esquema, citou o publicitário Einhart Jacome Paz como beneficiário dos recursos arrecadados ilicitamente.

O que disse Delúbio Soares na CPI? De reportagem publicada em 19 de agosto de 2005 no Correio Braziliense destaco este trecho: Questionado pelo deputado Júlio Redecker (PSDB-RS) se os R$ 457 mil eram referentes à campanha de Lula ou de Ciro, Delúbio se atrapalhou. “De Ciro”, respondeu ele, primeiramente. Diante da insistência de Redecker, o ex-tesoureiro acabou admitindo: “O dinheiro pagou serviços prestados pelo marqueteiro (Einhart Jacôme da Paz, cunhado de Ciro) à campanha de Ciro no segundo turno”. “Mas Ciro não foi candidato no segundo turno. Ele apoiou Lula”, rebateu o tucano. Ainda mais sem graça, Delúbio explicou que o dinheiro sacado pelo assessor do candidato do PPS tinha como objetivo quitar uma dívida da empresa New Trade, agência de Einhart, que trabalhou com o ministro no primeiro turno da campanha, e no segundo turno atuou para Lula. Em parceria com o publicitário Duda Mendonça, a empresa de Einhart dirigiu gravações para o programa eleitoral do PT, em que Ciro pedia votos para Lula.”

Cunhado dos ex-ministros Ciro e Cid Gomes, o publicitário é tido como de primeira linha no Brasil.

A agência Paz Publicidades possui escritórios em São Paulo, Fortaleza e Maceió.

Sua competência em produzir execelente material de propaganda também é paralela a de produzir notícias nem sempre positivas referentes a licitações de publicidade.

As informações de bastidores dando conta de que Einhart Paz já estaria como contratado do governo Léo Coutinho fez acender a luz amarela no blog do Sabá. Como pode ter sido contratado se isso só é possível após um processo licitatório?

Todos sabem que o governo Léo Coutinho produz e veicula em rádios comunitárias, out-doors, sites e blogs alugados farto material de propaganda. Tudo isso é feito ao arrepio da lei, haja vista que não existiu licitação que pudesse justificar o pagamento desse material, deduzindo-se que isso está sendo feito de maneira pouco ou nada republicana.

Com a expulsão de Carlos Alberto e suposta contratação de outro marqueteiro sem o devido processo de licitação é na verdade o prenúncio de que algo muito grave pode estar prestes a acontecer no famigerado governo Léo Coutinho.

Sinceramente não acredito que estejam preparando um escândalo embalado para presente para os caxienses.

Caso seja verídica a contratação da Paz Publicidades sem o devido processo licitatório, o blog do Sabá agradece a cortesia.

3 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Tô quase chegandconclusão que o blogueiro que quer ser marqueteiro do prefeito, ou quer um emprego igual o do analio. Kkkk

  1. claudio saba disse...:

    kkkk... Conclusão idiota, caro anônimo.

  1. Maicou Jordann disse...:

    Arrocha negada lhouca... KKKKKKKKKKKKKKKK... O povo tá é tudo lokoooooo... kkkkkkkkkkkkk

Postar um comentário