Veja o que abre e o que fecha no feriado de Ano Novo em Caxias

31.12.19

O feriado do Ano Novo vai alterar alguns serviços que terão horários diferenciados em Caxias. Confira abaixo como será o funcionamento dos principais serviços para que você se programe para o Réveillon. Confira:

Shopping


O Caxias Shopping funciona no dia 31 a partir das 10h da manhã e ficará a critério de cada loja o horário de encerramento. Na quarta-feira (01/01) as lojas não abrem.

Centro Comercial

O Centro Comercial da cidade funcionará normalmente no dia 31 e no dia 1º de janeiro as lojas ficarão fechadas.

Bancos

Agências bancárias não abrem nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. Quem precisar fazer alguma transação financeira nestes dois dias, deverá usar os canais alternativos de atendimento bancário, como mobile e internet banking, caixas eletrônicos, banco por telefone e correspondentes.

Os carnês e contas de consumo, como água, energia e telefone, que forem vencer no feriado, poderão ser pagos, sem acréscimo, no dia útil seguinte. Outra solução, é agendar os pagamentos ou pagá-las nos próprios caixas automáticos, se tiverem código de barras.

Correios

Não haverá funcionamento dos Correios no dia 31 de dezembro e 1° de janeiro.

Loterias

As loterias devem abrir no dia 31 de dezembro, sem horário definido para encerramento por conta das apostas da Mega da Virada. No dia 1º de janeiro as lotéricas fecham.

Saúde

Para os órgãos públicos municipais, será ponto facultativo no dia 31/12 e feriado no dia 01/01. Os serviços de urgências e emergências da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Complexo Hospitalar Gentil Filho, Maternidade Carmosina Coutinho e SAMU continuam atendendo a população normalmente.

Energia

Na terça-feira (31/12) as agências de atendimento da Equatorial funcionarão até às 14h; já na quarta (01/01) não irão funcionar. Quanto aos postos do E+ Reciclagem (Ecocemar), o órgão informa que não funcionam nos dias 31/12 e 01/01, retomando suas atividades na quinta-feira (02/01).

SAAE

Conforme decreto municipal, nº 298, na terça-feira (31/12), será ponto facultativo nas repartições públicas. Portanto, não haverá expediente na Central de Atendimento presencial do SAAE. Também não haverá atendimento presencial na quarta-feira, 1º de janeiro, feriado da Confraternização Universal. Nos dois dias, a equipe de plantão da autarquia estará à disposição da população por meio da Central de Atendimento 115 e do Whatsapp (99) 88833-4905.

Judiciário

O Recesso Forense do Poder Judiciário do Maranhão teve início na sexta-feira (20), e se estenderá até o dia 6 de janeiro de 2020. Durante esse período, a Justiça Estadual funcionará em regime de plantão judicial.

Ministério Público Federal

O expediente a ser cumprido na Procuradoria da República no Maranhão (PR/MA) e nas Procuradorias da República nos municípios de Caxias, Bacabal, Balsas e Imperatriz é em regime de plantão de 20 de dezembro de 2019 a 6 de janeiro de 2019.

(Fonte: Portal Noca)

ELEIÇÕES 2020 - Wellington Moura consolida seu nome na oposição em São João do Sóter e é tido como favorito para prefeito

30.12.19

O pré-candidato a prefeito de São João do Sóter, Wellington Moura (PDT), continua ampliando seu grupo político com vistas às próximas eleições de prefeito naquele município.

No último sábado (28), o pré-candidato reuniu alguns amigos na sua residência na sede do município para uma confraternização e a reunião acabou se transformando num evento com forte simbolismo devido a presença de lideranças expressivas da região.

Pessoas oriundas do grupo governista compareceram e fizeram questão de reafirmar o apoio a Wellington Moura na sua intenção de disputar a Prefeitura sotense no próximo ano.

A presença de Raimundinho, liderança expressiva do povoado Alto São Francisco, mostra que a candidatura de Wellington Moura está conseguindo unir todas as correntes políticas do município.

O vereador Cleyton Bezerra e a líder política Rosa Bezerra (cotada para vice-prefeita), estão cada vez mais confiantes no sucesso do movimento que prega a liberdade em São João do Sóter.

Provocou tanta repercussão a confraternização do líder oposicionista que os governistas já estão organizando, de última hora, um evento para contrapor a iniciativa de WM.

Atualmente governado pela prefeita Josa, que tem seu esposo, o onipresente Naêmio como o grande pensador e articulador da atual gestão, o município vive hoje um vazio administrativo nunca visto antes na sua história.

O publicitário Clidenor Filho, ex-vereador do município e um dos principais entusiastas da candidatura de Wellington Moura, acredita que o sentimento de mudança do povo sotense irá ditar o rumo das próximas eleições. “O povo de São João do Sóter já não aguenta a mesmice e a falta de rumo dos que governam o município”, acredita Clidenor. “O sentimento do povo de São João do Sóter é de liberdade”.

Flavio Dino propõe a Bolsonaro acréscimo no bolsa-família para compra do gás de cozinha


A Petrobras informou na última quinta-feira, 26, que o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), o gás de cozinha, sofreu um aumento de 5% no repasse às distribuidoras a partir de ontem.

A mudança vale para todos os tipos de GLP: residencial, comercial e industrial, vendido em botijões de 13 a 90 quilos.

Preocupado com a situação dos mais pobres, que estão tendo que voltar a usar forno à lenha devido aos sucessivos aumentos do gás de cozinha ocorridos durante o primeiro ano da gestão de Bolsonaro, o governador Flávio Dino propôs uma solução.

“Já passou da hora de alguma política pública para esse tema, tão essencial para as famílias. Ou muda a atuação da Petrobras, ou cria-se um acréscimo no bolsa-família para a compra do gás de cozinha”, afirmou o governador.

Preocupado com essa situação, Dino autorizou a redução do ICMS do gás em 22% no Maranhão.

(Do blog Marrrapá)

CAXIAS - Moção de Pesar pelo falecimento do ex-vereador Danilo Daniel

29.12.19

Redução do imposto do gás de cozinha no MA vale a partir de 1º de janeiro


Entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2020 a redução do ICMS do gás de cozinha. No início de dezembro, a Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou o Projeto de Lei do Governo do Estado com uma série de medidas de caráter econômico. Entre elas, está a redução do imposto do gás de cozinha. A ideia é ajudar a reduzir o preço final para o consumidor.

A proposta altera a Lei 7.799, de 2002, para incentivar o desenvolvimento social e econômico do Maranhão.

Com a nova lei, a alíquota do ICMS do gás cai de 18% para 14%, o que significa uma redução de 22%. Isso vale tanto para o gás de botijão quanto para o gás encanado.

“Enviei projeto de lei reduzindo em 22% o imposto sobre gás de cozinha. Agradeço aos deputados pela aprovação dessa importante mudança”, afirmou o governador.

Em termos técnicos, são abrangidos o GLP (Gás Liquefeito Derivado de Petróleo) e GN (Gás Liquefeito Derivado de Gás Natural).

A queda vale para operações internas e de importação. A alíquota do ICMS é um dos itens que compõem o preço do gás. Portanto, quando ela cai, a tendência é que o preço para o consumidor final tenha redução.

“A tendência é que essa queda seja transferida para o preço do produto, beneficiando em especial a população de baixa renda”, disse o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro.

Táxis e mototáxis

Outro item do projeto beneficia motoristas de táxi e mototáxi. Agora, os táxis com capacidade para até sete passageiros também ficam isentos do IPVA e do licenciamento. Antes, a isenção só valia para táxis com até cinco passageiros.

A mesma medida vale para mototáxis até 200 cilindradas, que passam a não pagar IPVA e licenciamento.

Com isso, fica garantida uma maior justiça fiscal, dando o mesmo tratamento a taxistas e mototaxistas. A ideia é oferecer melhor serviço à população, inclusive com renovação da frota e menor custo.

Moto Legal

O projeto também amplia o benefício concedido pelo Moto Legal. Trata-se de um programa para a legalização das motos com o pagamento reduzido por cada ano de atraso no IPVA e no licenciamento.

Com a nova medida, fica estabelecida também a redução de 50% dos débitos de IPVA referentes a 2017 e 2018. Além disso, ficam reduzidos a R$ 30 os débitos contraídos antes de 2017, para cada ano.

A taxa de licenciamento para os beneficiários do programa será de R$ 20 para cada ano.

Réveillon da Paz em Caxias celebra passagem para 2020 com Calcinha Preta, Brasas do Forró, Rafael Barone e o “Caneta Azul”, Manoel Gomes

28.12.19

A cidade de Caxias já viveu neste mês de dezembro grandes emoções com as diversas atrações que passaram pelo Natal Iluminado, a exemplo do Expresso Luz nas comunidades; cantatas natalinas; teatro a céu aberto com o espetáculo Magia do Natal; orquestras sinfônicas e filarmônicas; música lírica; dentre outras. Este foi um dos lados do Natal da cidade.

Por outro lado, atrações de renome nacional também estiveram presentes, a exemplo do Padre Alessandro Campos, no último dia 08 de dezembro, a cantora Gabriela Rocha, no último dia 22 de dezembro, além do Futebol Solidário no mesmo dia, e João Lucas e Marcelo no dia 23 de dezembro.

Agora pra fechar com chave de ouro o Natal Iluminado de Caxias após 45 dias de muitas atividades culturais, o ano de 2020 vai chegar com fortes emoções e amenizando a saudade de milhares de fãs que estavam querendo ver de volta a banda Calcinha Preta. Além disso, Brasas do Forró, Rafael Barone e Manoel Gomes, cantor da música “Caneta Azul”, também ajudam a fazer a festa em que um novo ano começa trazendo muita paz, saúde, felicidade, alegria e harmonia para todos os caxienses e visitantes. A festa começa às 21h de 31 de dezembro.

O Natal Iluminado foi de muitas luzes em todos os cantos da cidade, onde mais de 30 mil lâmpadas levaram encanto e magia a milhares de caxienses e turistas para visitarem o Mirante da Balaiada, o 5º lugar mais interessante para visitação no Brasil segundo o Prêmio Nacional do Turismo do Ministério do Turismo; a Avenida Alexandre Costa; a BR-316; a Praça Dom Luís Marelim; dentre outros ambientes.

Calcinha Preta, Brasas do Forró, Rafael Barone e Manoel Gomes darão um brilho a mais nessa grande festa que vai receber milhares de pessoas, que conheceram Caxias pela primeira vez e que deixam a cidade com vontade de retornar em 2020, quando ela estará ainda mais bonita para recebê-las. (Da assessoria)

Roberto Rocha quer proibir construção de pontes de madeira com recursos da União


A construção de pontes de madeira com recursos da União será proibida em todo o país caso seja aprovado o Projeto de Lei (PL) 3.981/2019. De autoria do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), a proposta está pronta para ser votada na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado.

O senador argumenta que ainda há vias e rodovias no país que contam com pontes de madeira, muitas vezes em situação precária e com pouca ou nenhuma manutenção, o que dificulta o tráfego e o escoamento de cargas. Ele lembra que são recorrentes as notícias sobre desabamentos ou interdições de pontes.

Seu projeto determina que, preferencialmente, as pontes sejam construídas em concreto, aço ou material de comprovada segurança e durabilidade.

Roberto Rocha ressalta que a técnica para construção de estruturas de aço e concreto é amplamente dominada no país, além de haver tecnologia, material e mão-de-obra disponíveis, mesmo para os locais mais remotos.

Em “casos fortuitos” ou de força maior, a proposta permite a construção de pontes de madeira em caráter provisório — a sua substituição deverá ocorrer em até 365 dias. E as pontes de madeira já existentes poderão ser mantidas até o esgotamento de sua vida útil.

O texto estabelece ainda que serão preservadas as pontes de madeira tombadas pelo patrimônio histórico e as pontes construídas para resgate histórico.

O projeto será analisado na CI em caráter terminativo. Ou seja, se for aprovado nessa comissão, seguirá direto para a apreciação da Câmara dos Deputados (a menos que haja recurso para votação do texto no Plenário do Senado). O relator da matéria na CI é o senador Zequinha Marinho (PSC-PA).

(Fonte: Agência Senado)

Retrospectiva: Maranhão vira moda com ações e programas planejados para fomentar o turismo

27.12.19

Houve melhoria nos resultados em todos os setores e programas da Setur.

Blitz do Mais Infância Mais Turismo em hotéis e pousadas de São Luís

O turismo no Maranhão tem crescido nos últimos meses tanto em ocupação hoteleira quanto na movimentação do fluxo de passageiros, esse resultado é fruto do trabalho realizado ao longo dos últimos cinco anos. A expressão o ‘Maranhão está na moda’ é consequência de ações planejadas e executadas de forma eficiente pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur). Prova disso é a melhoria nos resultados em todos os setores e programas da Setur.

Até novembro de 2019, o Cadastur teve 835 empresas formalizadas, os cursos de qualificação capacitaram 3.089 pessoas, o programa Mais Infância Mais Turismo sensibilizou 5.818 crianças, foram 13 participações em eventos nacionais e internacionais, 10 polos visitados com o trabalho de regionalização, 558 novos artesãos cadastrados e 27 mil pessoas atendidas nos CAT.

O secretário de Estado do Turismo, Catulé Junior, comenta os números positivos do setor. “Quando assumi fiz questão de manter todo o corpo técnico e conhecer o trade maranhense. Bons resultados são frutos de parcerias e gestão comprometida. Para 2020 temos metas ainda mais ousadas para alavancar o turismo regional”, explicou Catulé Junior.

Lançamento do programa Mais Infância Mais Turismo

Entre os novos programas lançados em 2019 pela Setur estão o Ceprama Itinerante, que consiste em uma feira de artesanato que tem rodado o Maranhão, e o Mais Viver Praia, que promove ações de lazer e diversão nas férias em São Luís. Há também o Minuto Turismo, um informe semanal criado em março para levar informações sobre o turismo feito no Maranhão e que tem sido citado como case de sucesso nacional.

Outro importante iniciativa implementada este ano foi o Prêmio do Turismo do Maranhão. Em sua primeira edição, o evento contou com 18 finalistas nas categorias de artesanato, meios de hospedagem, bares e restaurantes, guias de turismo, agências de viagem e municípios.

Ações para 2020

Novos roteiros, novas qualificações e campanhas promocionais estão em produção. Destaque para o roteiro turístico da Madre Deus, App Maranhão Terra de Encantos e o tour da terceira idade que serão apresentados no próximo ano.

Prêmio do Turismo do Maranhão

No começo de janeiro acontecerá o seminário interno para prestação de contas e planejamento das áreas que compõem a Setur, para que assim haja alinhamento entre todos os colaboradores da pasta. (Secom/MA)

Fábio Gentil assina convênio com a Sinfra para asfaltamento em Caxias com emenda de R$ 850 mil do deputado Zé Gentil

26.12.19
O deputado Zé Gentil e o prefeito Fábio Gentil no ato da assinatura
do convênio na Sinfra 

O prefeito Fábio Gentil (PRB), assinou, nessa quinta-feira (26), na Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), em São Luís, convênio com o governo estadual para execução de obras de infraestrutura no município.

O recurso, no valor de R$ 850 mil, proveniente de uma emenda parlamentar de autoria do deputado estadual Zé Gentil destinada a Caxias, será aplicado integralmente no asfaltamento de ruas e avenidas da cidade.

Ao formalizar o convênio, Fábio Gentil destacou a importância da verba para melhorar a mobilidade, a acessibilidade e tornar o trânsito de Caxias mais organizado. O prefeito agradeceu Zé Gentil pela importante ajuda ao município.

O deputado afirmou que a destinação das emendas para Caxias é mais uma prova do seu compromisso com cidade, onde obteve expressiva votação na eleição de 2018, que o reconduziu à Assembleia Legislativa, onde exerce, atualmente, o quarto mandato.

(Blog do Daniel Matos)

Comércio de Caxias tem horário diferenciado no último fim de semana do ano


No sábado (28), as lojas ficam abertas das 8h da manhã às 18h. Já no domingo (29), o funcionamento vai até às 12h.

O comércio funciona em horário diferenciado no último fim de semana do ano de 2019 em Caxias, conforme acordo feito entre o sindicato laboral, Sindicato dos Empregados, e o sindicato patronal, Sindicato do Comércio Lojista (Sindilojas).

No sábado (28), as lojas ficam abertas das 8h da manhã às 18h. Já no domingo (29), o funcionamento vai até às 12h.

"Esse horário especial já é uma tradição em Caxias. Estamos fomentando as vendas de final de ano, já que sabemos que é um período de alto consumo. Também temos o objetivo de oferecer um melhor atendimento aos clientes", explica o presidente do Sindilojas, Ivan Ferreira.

O tempo de trabalho a mais será revertido em folgas e em pagamento de horas extras.

(Fonte: Portal Noca)

‘Bolsonarismo é chuva de verão’, avalia Flávio Dino

25.12.19

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), declarou, em entrevista à Carta Capital divulgada hoje (24), que o presidente da República, Jair Bolsonaro – e por consequência, os eleitores que o apoiam, denominados bolsonaristas – não vieram para ficar.

São “temporários”, “chuva de verão”, nas palavras do comunista.

“O Bolsonaro é uma figura datada, temporária. E o bolsonarismo não é uma tendência que veio para ficar no Brasil, é uma chuva de verão. Densa, mas vai passar logo, porque cada vez fica mais claro que essa corrente política governa para poucos, prioriza a violência e isola o Brasil no cenário internacional”, disse o maranhense. (Blog do Gilberto Léda)

Mensagem de Fim de Ano da Câmara Municipal de Caxias

24.12.19

Em nome da Câmara Municipal de Caxias o presidente Catulé emitiu sua mensagem de Natal e Ano Novo.
   
(Ascom/CMC)

Gabriela Rocha visita Mirante da Balaiada; cantora gospel canta para milhares de caxienses e visitantes na Praça do Panteon


A cantora gospel Gabriela Rocha, antes de cantar para milhares de caxienses no palco do Natal Iluminado, deu uma passadinha no Mirante da Balaiada, a convite do prefeito de Caxias, Fábio Gentil. Pela primeira vez na cidade, a cantora comparou o Natal de Caxias ao de Gramado, afirmando que o nascimento de Jesus deve ser o guia das celebrações. Gabriela parabenizou o prefeito pelo cuidado com a cidade e o prestígio dado aos habitantes da “Princesa do Sertão” e aos turistas.

“Muito feliz, crendo que esta noite foi abençoada, passando aqui pra conhecer o Natal de vocês, bem iluminado! A gente está muito feliz, muito honrado, porque esta época do ano já é muito gostosa pra todo mundo, então a gente ter uma noite de agradecimento e adoração ao Senhor é muito especial. É uma delícia aqui, eu já fui no Natal Luz de Gramado, que é muito bonito também, e o Mirante é muito legal, muito especial, gostei bastante de estar aqui. Espero que Caxias continue sendo esta cidade abençoada, tranquila, com muita paz, e que hoje a gente consiga lançar sementes e que vocês consigam ver os frutos dessas sementes na cidade”, disse a cantora.

“A Gabriela Rocha é acima de tudo uma pessoa humilde, tranquila, alegre, feliz e que vem, por meio da sua música, trazer a sua mensagem neste momento de Natal em que a gente precisa de uma boa mensagem. Através das músicas dela, tocará o coração de cada caxiense, e nesse tocar o coração, oferecer ao povo um momento de louvor e adoração. Era tudo que nós desejávamos. Nós caxienses queremos mostrar como nós abraçamos e como desejamos uma comunidade feliz e, acima de tudo, como a gente consegue passar uma segurança para as pessoas que vêm conhecer a nossa cidade, fazer o bem”, afirma Fábio Gentil.

Em seguida, o prefeito foi recebido no palco do Natal Iluminado por representantes da Associação dos Pastores de Caxias, que oraram pela cidade e pela gestão dele, pedindo que Deus abençoe cada vez mais os destinos de Caxias.

“É um governo onde todas as religiões têm espaço, e mais uma vez, a exemplo do que foi o show do padre Alessandro Campos, nós estamos aqui felizes, com essa oportunidade de louvar”, afirma Arthur Quirino, secretário de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude.

“Fazer esse casamento que a nossa cidade fica linda, e o Dia da Bíblia foi uma escolha muito feliz. Então, esta atração de cantores reúne o povo e ajuda a encerrar o ano com chave de ouro. Nós agradecemos a Deus por esta oportunidade”, disse Pastor Paulo Jorge, presidente da Associação dos Pastores.

“Estamos alegres, somos gratos por este momento onde estamos festejando no Natal Iluminado, onde celebramos a Deus”, afirma Marcos Bezerra, pastor.

“Hoje é um dia muito especial para Caxias, onde estamos comemorando o Dia da Bíblia. Quero parabenizar ao prefeito Fábio Gentil, que tem proporcionado os eventos gospel na cidade de Caxias, onde o evangelho está sendo pregado”, afirma Darlan, vereador.

“É muita emoção ver tanta gente aqui, um momento de louvor e adoração. Estamos trabalhando a nossa autoestima em todos os sentidos. Nós vamos continuar promovendo, é importante que a gente possa tocar no fundo do coração do nosso povo para que cada um possa fazer sua parte, para que juntos a gente possa contribuir com Caxias. É para este povo que eu trabalho todos os dias na cidade, é para mudar a vida deste povo”, afirma Fábio Gentil.

Logo depois, a cantora subiu ao palco do Natal Iluminado, onde aproximadamente 20 mil caxienses de todas as religiões a aguardavam com muito entusiasmo. Teve até grito de “queremos Gabriela, queremos Gabriela!”, na frente do palco, momentos antes do show. Quando a cantora apareceu, o público cantou todos os grandes sucessos da cantora: Hosana; Teu Santo Nome; A Ele a Glória; Creio Que Tu És a Cura; Pra Onde Iremos? Eu Sou Teu; Tuas Águas; Estou Seguro; Gratidão; Nossa Canção; Deixa Queimar, dentre outros.

“Era bastante esperado. Eu agradeço por esta oportunidade e espero que ela venha mais vezes”, reforça Mirian, espectadora.

“Eu só tenho que agradecer a Deus por estar aqui louvando a Ele, cantando a Ele, é um prazer obrigado”, comemora Maria, espectadora.

“O que mais importa é Deus, o Espírito Santo está aqui, Ele te ama e ama cada um de vocês”, frisa Samara Evelim, espectadora. (Da assessoria)

Timon comemorou 129 anos com grande festa popular na avenida Teresina

23.12.19

Na Avenida Teresina, estrutura de palco, som e luz montada. Na plateia, olhares atentos, na expectativa de ver e aplaudir os artistas da noite. No camarim, os timonenses que tiveram seus talentos musicais revelados e que estavam prontos para fazer o maior espetáculo que Timon já viu. A festa em comemoração aos 129 anos da cidade foi, na sua essência, de timonense para timonense. 

A final do Canta Timon Mais foi de encher os olhos, emocionar, vibrar e cantar junto. O projeto foi idealizado e executado pela gestão municipal sob o comando da Fundação Municipal de Cultura e apoio dos profissionais da Escola de Artes Beija-Flor. Dezessete finalistas se apresentaram em uma noite especial, que proporcionou quatro prêmios em dinheiro aos vencedores. 

 
O voto do público garantiu à cantora Juliana Costa o prêmio de R$1.000,00. Os três primeiros lugares escolhidos pelo voto dos cinco jurados elegeram: Em 3º lugar, Hill Marques, que levou o prêmio no valor de 1.500,00 mais troféu; a irreverente Jaíza Caldas ficou em 2º lugar e garantiu o prêmio de R$2.500,00. E, em 1º lugar do Canta Timon Mais 2019, Mário Virgílio, que garantiu o prêmio de R$4.000,00. Mas essa edição não foi só prêmios e disputa no palco. Ela foi marcada pela união dos candidatos e suas histórias emocionantes de superação. Para desejar a todos os timonenses um Natal iluminado e um 2020 cheio de realizações, os candidatos fizeram uma linda apresentação natalina, todas as vozes no palco, emocionando o público. 

“O Canta Timon é um projeto que proporcionou que muitos talentos da nossa cidade fossem revelados e hoje quero dizer que, independente do resultado, todos estão de parabéns pelo belíssimo trabalho apresentado a todos nós. Quero ainda parabenizar a todos da equipe. Tudo que construímos juntos fica ainda melhor, só quem ganha com esse evento é o povo timonense e a nossa cidade”, afirma Luciano Leitoa. 

O evento contou ainda com a presença do vice-prefeito João Rodolfo, o deputado estadual  Rafael Leitoa, o deputado federal Bira do Pindaré, o prefeito da cidade de Igarapé Grande e presidente da Famem (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão) Erlânio Xavier, o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Saney Sampaio, a secretária de Educação do município, Dinair Veloso, o juiz titular da Vara da Infância e Adolescência, Dr. Simeão Pereira, e vereadores. “Aqui temos um exemplo de gestão e já vamos levar essa ideia para o resto do estado, levando o Canta Maranhão. Timon é uma cidade modelo!”, conta Erlanio Xavier presidente da Famem. 

A festa do aniversario da cidade fechou com chave de ouro, com show das bandas: Sambaceuma (São Luís), Top Gun (Teresina) e Leyliane e Banda Triballes de Timon, que animaram o grande público com os sucessos do momento.  A Prefeitura de Timon celebra os 129 anos valorizando os timonenses, investindo em avanços para a cidade e tornando cada dia mais um lugar melhor para se viver. (Da assessoria)

Secretário de Estado do Turismo divulga mensagem de fim de ano; assista


Um vídeo foi compartilhado nas redes sociais.

O secretário de Estado do Turismo, Catulé Júnior, divulgou nas redes sociais um vídeo em que aparece desejando sua mensagem de fim de ano:

“Que em 2020 saibamos nos reinventar e recomeçar; que Deus esteja cada vez mais presente no nosso dia a dia e que nossas vitórias colaborem para um mundo mais justo e cheio de oportunidades para todos. Um feliz natal e um ano novo abençoado! Abraço fraterno do sempre amigo, Catulé Júnior e família”, diz o secretário estadual na legenda que acompanha o vídeo. (Portal Noca)

Os trens e a literatura na história de Caxias


Caxias, cidade maranhense cortada pelo Rio Itapecuru é a síntese econômica e cultural do Maranhão e da história do Brasil. Ficou conhecida tanto pela grandeza do que seus filhos fizeram em prol do engrandecimento cultural do país. De Caxias saíram incontáveis poetas, escritores, construtores e políticos.

Não sem motivo, tem o apelido saudosista, ver com seu passado: “Princesa do Sertão”. Foi por lá que foram lançados os primeiros trilhos da Estrada de Ferro São Luís-Teresina. O trecho inicial da via que liga as capitais do Maranhão e do Piauí foi aberto em 1885, bem no começo do Brasil republicano, ligando a princesa do Sertão ao povoado Cajazeiras.

Em 1919, portanto há 100 anos, abriu-se o trecho São Luís-Caximbos, prolongado em 1920 até Caxias. Somente em 1938, os trilhos chegaram a Teresina, com a construção da Ponte sobre o Rio Parnaíba. Os trens de passageiros, que fizeram nascer várias cidades ao longo de seu curso e do Rio Itapecuru, rodaram até 1991, enquanto os cargueiros permanecem resistindo ao tempo e ao desenvolvimento. Portanto, o peso econômico de Caxias fez com que ali se instalasse uma das estações mais bem projetadas de toda aquela rede ferroviária do Maranhão.

Depois de décadas de abandono, o desembargador aposentado, ex-professor e ex-diretor de O Imparcial, Arthur Almada Lima Filho resolveu colocar em prática o que parecia um sonho impossível. Transformar a estação de trens da Princesa do Sertão na sede de o Instituto Histórico e Geográfico de Caxias. Trata-se de uma associação científica e cultural, fundada em 12 de dezembro de 2003, com o pomposo nome de “Casa de César Marques”.

César Augusto Marques (12/12/1826 — 5/12/1900) era médico, professor, escritor, tradutor e historiador. Autor do maior e mais amplo Dicionário da Província do Maranhão, um clássico com várias edições editadas. A finalidade do IHGC é simples, mas de uma vastidão imensurável: promover estudos, pesquisas, debates e, sobretudo, difundir conhecimentos em todas as áreas. Com esse objetivo e princípios devidamente registrados em seu estatuto, o presidente Arthur Almada tornou-se seu provedor e zelador do prédio da estação, hoje depositária de imenso acervo histórico e cultural. (O Imparcial)

Caxias ganha 2 ambulâncias para o SAMU e Habilitação da Maternidade Carmosina Coutinho como Referência em Gestação de Alto Risco

21.12.19

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, informou durante encerramento das atividades do Centro de Reabilitação de Caxias que a Prefeitura conseguiu junto ao Ministério da Saúde duas ambulâncias, que devem chegar nos próximos dias.

As viaturas darão suporte ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Em agosto de 2019, quando a Prefeitura entregou 25 novos veículos para a administração pública, o SAMU já havia sido contemplado com duas ambulâncias.

“O SAMU, que é o primeiro atendimento que salva vidas, precisa ter sua frota renovada sempre. A falta de recursos nos trava, mas nós estamos conseguindo junto ao Governo Federal duas ambulâncias, porque o governo entende que os recursos em Caxias são aplicados na saúde. Acredito que nos próximos 30 a 40 dias as duas ambulâncias devem estar chegando. Ganha a cidade, ganha a população de Caxias e ganham as cidades vizinhas”, afirmou Fábio Gentil.

O prefeito Fábio Gentil também comemorou outro feito da administração municipal, conseguindo junto ao Ministério da Saúde a Habilitação da Maternidade Carmosina Coutinho como Referência Hospitalar na Atenção à Saúde em Gestação de Alto Risco. A portaria também estabelece o bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar a ser incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade (MAC) do estado do Maranhão e município de Caxias.

A portaria Nº 3.355 é de 17 de dezembro de 2019. Este feito faz com que o município possa ter uma presença maior do Governo Federal e dos demais entes federativos em possíveis ajudas para que a saúde de Caxias seja beneficiada cada vez mais.

“Pelo fato de a Maternidade Carmosina Coutinho ter superado os índices anteriores sendo referência para o Brasil, com  mortalidade abaixo de duas casas decimais, ganhando título de primeiro lugar como menor índice de mortalidade, a habilitação da maternidade como Referência Hospitalar na Atenção à Saúde em Gestação de Alto Risco, com a publicação da portaria, nós estabelecemos de fato e de direito esse feito. Obrigado ao Governo Federal”, disse Fábio Gentil.

A saúde de Caxias tem se destacado nos últimos 2 anos e 11 meses, buscando atender com maior presteza os cidadãos caxienses em suas demandas, seja na Atenção Primária ou na Atenção Ambulatorial Especializada.

Nesta semana, Caxias está recebendo representantes de 18 estados para conhecer o modelo de Planificação implantado no município, que está servindo de espelho para que outras regiões de saúde do país possam também implementar. (Da assessoria)

Blitz do programa ‘Mais Infância, Mais Turismo’ chega a zona rural de São Luís

20.12.19

Sensibilizar a população e coibir o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes com foco nos polos turísticos maranhenses. Com esse objetivo, a Secretaria de Estado do Turismo (SETUR) realizou nesta quarta-feira, 18, na BR- 135, mais uma edição da blitz do Programa Mais Infância, Mais Turismo.

O local foi escolhido por apresentar um grande fluxo de motoristas de caminhões e de transporte alternativo e, por ser também, o portal de entrada da capital São Luís. A ação desenvolvida orientou motoristas, proprietários e clientes de meios de hospedagem, postos de combustíveis e lojas de conveniências localizados na extensão da rodovia sobre a temática.

O caminhoneiro Felipe Honorato que trabalha nas estradas do país há mais de 15 anos, elogia a iniciativa. “Antes víamos muitas meninas em postos se prostituindo, por isso campanhas como essa são muito importantes, para continuarmos vendo a diminuição de crianças e adolescentes nestes ambientes”.

A coordenadora do programa Mais Infância Mais Turismo, Wanda Bitencourt, explica que a sensibilização de toda a cadeia do turismo precisa ser contínua. “Nos interiores essa problemática ainda é mais visível, além de blitz, fazemos palestras nas escolas para alertar as crianças e explicar formas de se proteger. Após as palestras as vezes temos depoimentos de crianças que já sofreram algum tipo de violência, por isso a necessidade da continuidade dessas campanhas”, alerta a técnica da Setur.

Na ocasião, foram realizadas abordagens informativas, entrega e afixação de materiais alusivos à campanha como cartazes, adesivos e bottons em áreas de fácil visibilidade nos estabelecimentos visitados. “Eu acho excelente a campanha pois a gente vê muita criança com outra criança no colo, criança sofrendo e a mercê de abusos, para mim que sou pai, sou avô, eu queria que tivesse mais fiscalização sobre isso” afirmou Genivaldo de Cerqueira, caminhoneiro 56 anos, do estado da Bahia.

Essa foi a segunda blitz do Mais Infância, Mais Turismo realizada pela Setur em São Luís. A primeira ação foi realizada em outubro desse ano na Avenida Litorânea. Além da capital, ações da blitz já foram realizadas em diversos municípios que compõe os polos turísticos do estado.

MARANHÃO - Com redução de ICMS, poder público reúne com empresários para assegurar gás mais barato


Redução da alíquota do ICMS para o GLP de 18% para 14% foi aprovada na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Sefaz reforçou preocupação para que o gás fique mais barato com a 
redução do ICMS (Fotos: Divulgação)

Reunidos na Secretaria da Fazenda, Ministério Público, Secretaria de Segurança, Procon, Corpo de Bombeiros e sindicatos de distribuidores e revendedores de gás liquefeito de cozinha, nesta quinta-feira (19), decidiram promover um conjunto de ações articuladas para combate ao comércio clandestino e assegurar que a redução do ICMS de 18% para 14% chegue aos preços de venda para o consumidor.

Na reunião, o secretário da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves reforçou a preocupação do Governo para que redução de alíquota do ICMS se reflita nos preços do gás de cozinha para a população, declarando o início de uma série de medidas para controlar a comercialização do gás de cozinha por revendedores, especialmente no controle do cadastro dos revendedores, para reduzir a clandestinidade neste setor.

Um conjunto de ações fiscais está previsto para ocorrer nos pontos de venda para verificar a regularidade cadastral e licenciamento nos órgãos de controle e vai contar com o apoio dos empresários dos setores atacadista e varejista na revenda do gás de cozinha.

Entre as ações a serem executadas pela Sefaz, pode-se destacar aquelas promovidas para identificar pessoas cadastradas como revendedores de gás, sem que preencham as exigências da legislação federal, estadual e municipal, inclusive cancelando do cadastro aqueles que não podem revender o GLP por vedação legal, esclareceu o dirigente fazendário.

A redução da alíquota do ICMS para o GLP de 18% para 14% foi aprovada na Assembleia Legislativa do Maranhão, por iniciativa do poder executivo. A lei foi sancionada pelo governador Flávio Dino e vale tanto para o gás de botijão quanto para o gás encanado.

Em termos técnicos, são abrangidos o GLP (Gás Liquefeito Derivado de Petróleo) e GN (Gás Liquefeito Derivado de Gás Natural).

A queda vale para operações internas e de importação. A alíquota do ICMS é um dos itens que compõem o preço do gás. Portanto, quando ela cai, a tendência é que o preço para o consumidor final tenha redução. (Secom/MA)

Catulé afirma que legislativo teve atuação positiva em 2019, mesmo sem Caxias contar com representatividade

19.12.19

Ao fazer um balanço das atividades do Poder Legislativo Municipal no decorrer deste ano, o presidente da Câmara Municipal de Caxias, vereador Catulé (PRB), afirmou que a participação dos vereadores foi altamente positiva, sobretudo no semestre parlamentar encerrado na última segunda-feira (16).

"Considero muito positiva, porque aqui foram votados projetos de lei, requerimentos e outras proposições que beneficiaram única e exclusivamente a população caxiense. E 2021, certamente, será ainda um ano muito mais produtivo, porque nosso poder legislativo atuará, como tem feito, com a participação direta do povo, fiscalizando sempre o agente político que colocou para representá-lo, aqui na Câmara, através do voto", argumentou.

Para o vereador Catulé, a grande maioria dos colegas está agradecida ao apoio que o prefeito Fábio Gentil (PRTB) deu às suas reivindicações, beneficiando assim muitas comunidades, tanto no perímetro urbano como na zona rural, onde atuam. Segundo o presidente da CMC, quando o Poder Legislativo Caxiense se posiciona, trabalha, só quem ganha a população.

Sem quadros e representatividade

Não obstante, ao encerrar os trabalhos legislativos do ano, o presidente da CMC também fez a seguinte desabafo: "Vereadores do passado, e alguns que ainda estão aqui nesta Casa, participamos de bons tempos, quando nossa cidade tinha a representação mais forte do Maranhão, principalmente no Congresso Nacional, quando nada atingia o Município de Caxias. E hoje eu vejo, a cada instante, a cada momento, a nossa cidade diminuir em relação à representatividade. Se nós não temos uma representatividade boa, na Câmara Federal e no Senado, isso diminui a cada dia a nossa cidade", explicou.

E, continuando: "Vou dar um exemplo: aqui nós tínhamos uma Delegacia da Receita Federal, que hoje é um posto da receita Federal. Se a pessoa entrar na malha fina, por exemplo, não resolve nada por aqui, tem que ir para São Luís; o Ministério do Trabalho, que tinha uma delegacia, hoje é só uma porta, que ninguém nem sabe onde é que fica. De modo que, um dissídio coletivo, um acordo trabalhista, agora é resolvido em Codó. Nós tínhamos uma representação da Ministério da Agricultura, mas ela foi embora há uns vinte anos; e agora, o INSS, o Corpo de Bombeiros interditou, porque senão ia ser pior, e agora está lá numa mesa de tabique dentro do shopping, e eu não vi nenhum pronunciamento das nossas representações políticas, estadual ou federal. Aqui, a nossa receita estadual, que era uma delegacia, agora é um posto; a Cemar era uma diretoria regional, mas foi mudada para Timon. E já tenho notícia que o DNIT, há 60 anos instalado em Caxias, também está se mudando para Timon, e não sei as razões".

E mais: "De sorte, que eu não entendo o que está acontecendo com a cidade que eu considero mais importante do interior do Estado do Maranhão. Porque nossa cidade tem história, tem nome, e tinha representações políticas. Os bancos federais, inclusive o Banco do Nordeste, um banco de fomento, hoje só quer saber de consignado; não se financia mais a agricultura, não se financia mais nada. Na Caixa Econômica, a fila começa na porta, atravessa e passa pelo Banco do Brasil. Fila grande, porque o prédio, quando foi feito, a cidade tinha 60 mil habitantes, e hoje tem 180 mil habitantes. Na área da saúde, nós tínhamos a Funasa, que cuidava de todas as doenças tropicais, mas acabou".

Concluindo: "Enfim, nós estamos fracos de representação e de quadros também. Não tínhamos dificuldades para escolher um quadro para a Câmara, para a Assembleia Legislativa e para o Congresso Nacional, e agora nós temos quadro para nada, coisa nenhuma. Nós estamos assistindo tudo acontecer de boca calada. Todo mundo fica com medo de atingir a, b ou c. Felizmente, nós estamos assistindo a justiça ser mais célere em nosso país, apurando os escândalos. De sorte que, entre mortos e feridos, esta casa produziu. E eu espero, mesmo depois da nossa volta do recesso, em fevereiro, que a gente, mesmo com o período eleitoral, comece a dar resposta a essa sociedade que nos empresta sua voz para representá-la". (Ascom/CMC)

Tarifa Rural: 842 famílias podem perder o benefício do programa, só em Caxias


O Programa Tarifa Rural de Energia Elétrica é um benefício de suma importância para os moradores e trabalhadores rurais, que possuem instalações classificadas como Rural, Rural Irrigante e Serviço Público de Irrigação Rural Elétrica.

E para evitar a perda do benefício tarifário, a Equatorial Energia Maranhão está realizando atualização para esses clientes. Cerca de 14.694 mil famílias que recebem o benefício, correm o risco de perdê-lo a partir do primeiro dia de janeiro de 2020, em virtude da desatualização cadastral.

Confira o ranking dos 10 municípios maranhenses com o maior número de famílias que podem perder este benefício caso não atualizem seu cadastro até 31/12/19:

Esta ação de atualização cadastral é obrigatória e foi estabelecida pela ANEEL através da Resolução Normativa nº 800 de 19/11/ 2017, para manutenção do benefício tarifário. Por isso, a Equatorial Maranhão orienta o cliente a procurar a agência de atendimento até o dia 31/12/2019 com os documentos necessários para atualização do cadastro, caso contrário terá o benefício suspenso. 

Os documentos a serem apresentados são:

RESIDENCIAL RURAL:

Além de precisar morar em localização rural, o titular da conta precisa apresentar os documentos pessoais (RG, CPF e conta de energia) e levar também qualquer um dos documentos abaixo:

         Carteira de Trabalho e Promoção Social – CTPS;
         Carteira de Sindicato dos Trabalhadores Rurais;
         Comprovante de Recebimento de benefício do Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS como aposentadoria na situação de trabalhador rural;
         Declaração (DAP) ao PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) emitida por uma agência ou secretaria estadual.

AGROPECUÁRIA RURAL - Apresentar Obrigatoriamente:

         Documentos pessoais (RG e CPF) do responsável pela empresa;
         Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) em que a atividade principal esteja classificada nos grupos 01.1 a 01.6 do CNAE;
         Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) devidamente atualizado expedido pelo INCRA. 

AGROINDUSTRIAL - Apresentar obrigatoriamente:

         Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) aonde a atividade principal esteja classificada nos grupos de transformação ou beneficiamento de produtos advindos diretamente da agropecuária;
         Documento do transformador que comprove a potência máxima de 112,5 KVA;
         Nota fiscal de venda dos produtos, demonstrando que foram produzidos (transformados ou beneficiados) na unidade com produtos advindos diretamente da agropecuária.

SERVIÇO PÚBLICO DE IRRIGAÇÃO RURAL - Apresentar Obrigatoriamente:

         Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) aonde a atividade principal seja a irrigação;
         Documento de constituição da pessoa jurídica de direito público com atividade de bombeamento de agua;
         Certificado de Cadastro do Imóvel Rural (CCIR), devidamente atualizado expedido pelo INCRA.

Fonte: Assessoria de Imprensa Equatorial Energia Maranhão