Em Caxias, pássaros silvestres são apreendidos em residência do bairro Salobro

18.1.19
A Secretaria de Meio Ambiente e a Guarda Municipal, com apoio da Polícia Civil, apreenderam na manhã dessa quarta-feira (16) 35 gaiolas com pássaros silvestres em uma residência no bairro Salobro, em Caxias. Também foram encontradas diversas gaiolas vazias e armadilhas.

O secretário de Meio Ambiente, Pedro Marinho, explicou que a ação ocorreu após uma denúncia anônima de maus tratos a pássaros. Ao chegar ao local, fiscais do órgão verificaram que em um cômodo pequeno da casa havia muitos pássaros em gaiolas.

No cativeiro, foram encontrados mais de 50 pássaros de diversas espécies silvestres como Papa-Capins (Sporophila nigricollis) e Bigodes (Sporophila Lineola), incluindo alguns ainda recém-nascidos sem penugem.

A guarnição da Guarda Municipal que esteve na ação ressaltou o estado de higiene e de saúde no qual os pássaros foram encontrados. Segundo os guardas, o local onde estavam as gaiolas com os pássaros estava sujo e algumas aves tinham sinais de maus tratos com deficiência visual, feridas e penas.

A Polícia Civil participou da operação para prestar apoio à condução em flagrante do proprietário da residência à delegacia.

Os pássaros estão sob os cuidados da Secretaria de Meio Ambiente, que ainda neste dia iria introduzi-los ao meio ambiente.

Denúncias

Denúncias de maus tratos aos animais podem ser feitas de forma anônima na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, ou através do telefone de emergência 153 da Guarda Municipal de Caxias, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h, e aos sábados, domingos e feriados sem horário definido.

Mais

De acordo com Lei nº 9.605 artigo 29: Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente é crime. A pena pode chegar a um ano de detenção e multa.

Fonte: Assessoria de Comunicação da GMC

0 comentários:

Postar um comentário