João Alberto arquiva processo contra Aécio Neves no Conselho de Ética

23.6.17
O presidente do Conselho de Ética do Senado, senador João Alberto (PMDB), arquivou hoje (23) o pedido de cassação do senador Aécio Neves (PSDB-MG) apresentado pelo PSOL e pela Rede Sustentabilidade.

Aécio foi alvo de representação por quebra de decoro parlamentar há pouco mais de duas semanas. O documento baseou-se na abertura de inquérito contra o tucano no Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de recebimento propina e obstrução de Justiça.

Ao decidir sobre o assunto, João Alberto destacou que não aceitaria uma denúncia baseada apenas em recortes de jornais e revistas.

“Eu considero uma armação. Não tem nada que possa justificar o pedido de cassação de um senador com o que me foi apresentado, com recorte de jornal e revista”, declarou.

Com a decisão pelo arquivamento, Rede e PSOL agora podem recorrer ao plenário do próprio Conselho de Ética e tentar novo julgamento. Para isso, eles precisam das assinaturas de pelo menos cinco dos 15 conselheiros. (Do Blog do Gilberto Léda)

0 comentários:

Postar um comentário