“TV Recalque” – Sinal Verde cria programa para curar “dor de cotovelo” pela derrota do grupo Coutinho nas eleições

6.3.17

Já está ficando fora de controle as consequências psicológicas que a derrota eleitoral provocou nos integrantes do grupo Coutinho em Caxias.

Ações desesperadas nas redes sociais, críticas injustificáveis e cobranças por erros da gestão de Léo Coutinho são vistas diariamente por ex-mensalinhos da Prefeitura de Caxias que tentam atribuir ao prefeito Fábio Gentil os problemas herdados de 12 anos da desastrada passagem dos ex-mandatários pelo poder no município.


Levando a dor de cotovelo ao extremo, a TV Sinal Verde, que já é chamada na cidade de “TV recalque”, estreia nesta semana um programa voltado exclusivamente para mostrar os buracos nas ruas e os esgotos a céu aberto nos bairros.

Com um pomposo nome de “Sinal Verde Comunidade”, o “novo produto” da emissora coutinhiana é denominado como “jornalismo comunitário”.

“O Sinal Verde Comunidade vai interagir mais com a comunidade. Vai ser o canal, o meio que a população, ela própria, apresentar as demandas, os problemas sociais da rua, do bairro, vai ser o nosso elo de ligação direto, do nosso jornalismo, com a comunidade”, disse Ricardo Marques, diretor e apresentador ao comentar o novo programa “dor de cotovelo” da empresa.

Também transmitido pela Sinal Verde FM, o tal programa terá 5 inserções diárias de 1 minuto cada, o que demonstra claramente o estilo de propaganda política, que no fundo é a proposta final do noticioso.

Até um telefone aberto, coisa antes impensável quando Léo Coutinho era prefeito, estará a disposição da comunidade nos programas do “Sistema SV”.

Tendo como diretora geral a própria mãe do ex-prefeito Léo Coutinho, a TV Sinal Verde se lança numa guerra midiática aberta e insana contra a gestão Fábio Gentil e pode colher a indignação da comunidade, que é justamente o efeito contrário daquele almejado.

Digo isso porque nas redes sociais, um termômetro considerável e importante para se medir o grau de satisfação do cidadão, as críticas gratuitas e infundadas contra a gestão Fábio Gentil não estão encontrando eco nas análises dos internautas.

“Creio que esses buracos existem ai desde o ano passado. Muitas coisas que existia na cidade no ano passado, não era nem lembrado. Mais já esse ano, tudo está praticamente sendo lembrado e publicado em redes sociais”, disse o internauta Carlinhos ao comentar a postagem de um ex-mensalinho no facebook que mostrava buracos numa rua do bairro Cangalheiro. “Cadê o ex prefeito Leo Coutinho ele num tinha colocado asfalto no bairro cangalheiro ou só foi onde a carreata dele ia passar pq é assim que ele fazia em todos os bairros, isso tudo aí é da gestão passada!!”, comentou outro internauta em seguida.  “Isso mostra a péssima qualidade dos serviços realizados pelos Coutinhos!”, criticou outro comentarista.

Mesmo tendo gasto mais de R$ 2 milhões somente no ano passado com operação tapa-buracos, o fruto da incompetência da gestão Léo Coutinho está sendo visto com as primeiras chuvas, onde o asfalto mais parece sonrisal e o ex-mensalinhos tentam, de forma tresloucada, culpar o atual prefeito pelos erros do antecessor, que aplicou material de péssima qualidade no serviço.

Que a direção da TV Sinal Verde pense muito bem se vai transformar a emissora num poço de recalque e frustração dos seus proprietários.

Devem se atentar que nem a intensa máquina de propaganda feita em prol dos proprietários, durante os últimos 4 anos, foi suficiente para mudar a cabeça do caxiense e transformar uma gestão calamitosa, como foi a de Léo Coutinho, em um ‘produto’ palatável aos caxienses nas últimas eleições.

Ser chamada de TV ‘Recalque’ pelos telespectadores significa a fuga de anunciantes que não irão querer ver seu produto ou empresa associada a uma emissora que se transformou na exposição maior da dor de cotovelo que acomete seus proprietários.

O orgulho ferido e a dor da derrota fez um mal danado, e talvez irreversível, na capacidade da família Coutinho raciocinar uma forma de tentar voltar ao poder no município.

Mas quem será mesmo a mente ‘brilhante’ que está ditando os novos rumos do que restou do grupo Coutinho?!

Deve ser alguém muito poderoso e 'inteligente'.

O futuro desenha-se não muito promissor para uma oposição movida pela vingança.

Haja recalque...

6 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Querem fazer uma coisa que não faziam. Mas tudo que eles mostrarem são os problemas da gestão deles.
    Mauricio

  1. Anônimo disse...:

    Chora Cambada !

    Quando ando nas ruas de Caxias, fico feliz em ver aquelas figuras carimbadas que garganteavam nos bancos, praças e bares o governo que aquele tal de Léo fazia...

    Quanta baboseira não tive que ouvir....Quanta palhaçada não tive que aguentar...

    AGORA ..... ah ....AGORA É SÓ mi.mi.mi dos mensalinhos....

    ahahahahhah

    NÃO TEM PREÇO !

    Entrar naquela Secretaria de Assistência Social e não ver aquelas três figuraças que nem pisavam no chão de tanta arrogância.....que coisa boa meu Deus.....

    CAXIAS AGORA TEM UM GESTOR DIGNO...



  1. Sufista Caxiense disse...:

    Eu quero saber quando terá a competência de construir,reurbanizar e padronizar a avenida Beira Rio na nossa Princesa do Sertão?

    Quero saber quem terá a competência de trazer para Caxias uma praça do viva cidadão?

    Quero saber quem terá a competência de construir o mercado dos trabalhadores informais (Mercado dos Camelôs)?

    Quero saber quem terá a competência de construir uma pista para a prática de caminhada e corrida anexado a uma ciclovia?

    A nossa cidade precisa e merece ganhar obras de verdade.
    O Caxiense não é acostumado a ver obras públicas pela cidade, a maioria das grandes construções são privadas.

    É um absurdo interditar a avenida da rodoviária para a prática de exercícios e outras atividades, o correto seria construir um espaço com pista de caminhada e ciclovia e poderia ser no próprio canteiro da avenida onde estão localizados os ipês,o canteiro é enorme e tem espaço suficiente para a construção de uma pista de caminhada e uma ciclovia.

    POR FAVOR PAREM DE APEQUENAR CAXIAS , SÃO 160 MIL HABITANTES,NÃO SUBESTIMEM OS CAXIENSES, A POPULAÇÃO QUER VER CONCRETO E CONSTRUÇÃO.

    INFELIZMENTE AS GRANDES CONSTRUTORAS NÃO OLHAM PARA CAXIAS POR FALTA DE INCENTIVO DO PODER PÚBLICO.

    É UM ABSURDO CAXIAS NÃO TER UM EDIFÍCIO MAIOR QUE 4 ANDARES.

    SANTA INÊS POSSUI 80 MIL HABITANTES E CONTA COM UM EDIFÍCIO DE 10 ANDARES E GRANDES AVENIDAS.

    CAXIAS POSSUI 160 MIL NÃO TEM EDIFÍCIOS DE 10 ANDARES E A CIDADE É CHEIA DE TRAVESSAS.

    IMPERATRIZ TEM UNS 20 EDIFÍCIOS E ALGUNS DE 20 ANDARES.


    EITA CAXIAS APEQUENADA SIÔ!!!!

  1. Anônimo disse...:

    Esperamos algumas atitudes diferentes de Fabio Gentil, agora na prefeitura, em especial, destaco as áreas de saúde, segurança, e trabalho, como ele tinha prometido em sua campanha, haveria concurso em seu mandato de prefeito. Diferentemente, do que os Coutinhos faziam, alocando pessoas "Altamente Qualificadas" para funções que requeriam gente mais quaificada, como o que aconteceu no hospital macro.

  1. Anônimo disse...:

    sabá teu irmão disse que a prefeitura recebeu R$30.000.000,00 em dois meses isso procede ou o portal de transparência dos municípios está mentindo?

  1. Anônimo disse...:

    Agora é com Você Fábio!

    Faça a sua parte e não deixe esses dragões sugadores da dignidade do povo caxiense voltarem nunca mais !

Postar um comentário