Alguém acreditou??? “Vou entregar a Prefeitura com todas as contas pagas”, disse Léo Coutinho após derrota, mas não paga salários de dezembro e 13º da maioria dos funcionários

23.12.16
Segundo Sintrap, Léo Coutinho não paga salários e 13º de grande 
parte dos trabalhadores do município
O prefeito Léo Coutinho, além de impor uma derrota eleitoral humilhante à sua família, pode deixar o sobrenome Coutinho inviável para futuras disputas políticas. Tudo isso devido a falta de compromisso com a cidade e com os funcionários municipais.

Se o resultado das urnas foi amargo para o clã oligárquico caxiense, mais amargo ainda está sendo a vida dos funcionários da Prefeitura de Caxias pós-eleição.

Com os salários de várias categorias de servidores em atraso, outros tantos estão sem receber, além do salário, também o 13º, o que faz desse fim de ano o pior já visto nos últimos 12 anos.

Diante de um quadro caótico para os servidores, o Sintrap, Sindicato que representa os trabalhadores do município, saiu em defesa dos salários e dos direitos dos profissionais do município e está desde a manhã desta sexta-feira, 23, com carros de som nas ruas protestando contra a falta de pagamento dos salários.

“Depois de desfalcar mais de 4 milhões do CAXIASPREV, sucatear a Saúde, agora a irresponsabilidade e o desrespeito do governo dos coutinhos é com o salário dos trabalhadores públicos municipais, até o momento a maioria não recebeu o salário de dezembro que deveria ter sido pago dia 20. E o décimo terceiro? Prefeito Léo Coutinho não faça como os grupos anteriores, esse dinheiro não é seu, pague o salário dos servidores”, diz trecho da mensagem do Sintrap que está sendo veiculada em carros de som.

Quem vê a cobrança do Sintrap, e lembra da entrevista concedida pelo prefeito de Caxias no dia seguinte ao resultado da eleição, custa a acreditar que Léo Coutinho fosse capaz de finalizar sua administração de forma tão caótica. “Foi uma experiência incrível, saio de cabeça erguida, com o sentimento de dever cumprido; desejo sorte ao candidato eleito, desejo que cumpra todas as promessas feitas; tenho certeza que eu procurei fazer o bem, não persegui ninguém, ainda tenho 2 meses de Prefeitura, vou entregar a Prefeitura toda com as contas pagas”, disse Léo Coutinho em entrevista à TV Sinal Verde (reveja aqui).

O prefeito Léo Coutinho não está em Caxias. Vereadores da sua antiga base aliada garantem que o homem foi passar o natal bem longe de qualquer aborrecimento.

Por outro lado, o deputado Humberto Coutinho, o chefe político da família, está na cidade e, mesmo sofrendo os efeitos colaterais de um forte tratamento contra um câncer, está absorvendo todos os problemas da gestão desastrada do sobrinho.

Que fim de reinado triste para a família Coutinho...

2 comentários:

  1. Na música brasileira temos a baixa-cultura corroborada pelo PT nesses 13 anos. O atual lixo cultural do Brasil petista.

    Em 2016:

    DILMA é um produto a ser consumido e comprado (mesmo que sem dinheiro). Um produto tal qual um "Danoninho©", produto esse industrial, com sedutoras fotografias de suculentos morangos externos (naturalmente que não física e materialmente internos!). Pegando na real o consumidor pela imagem mítica e não pela realidade interna.

    «Coração-Valente©» (até Lula sabe! Não sejamos bobos): tal qual a frase mítica do Danoninho© que "vale por um bifinho", também a pupila de Lula utiliza-se de um simulacro mítico que não reflete o "interior do pote"; a saber: a incapacidade dela de governabilidade, péssima articulação política (Maquiavel), horroroso projeto econômico de fiasco a pino, e ineficácia republicana, fraude. ¿O que adianta, então, afinal, o mito publicitário engana-trouxa de «Coração-Valente©»? Adianta nada!

    E, complexando um pouco [não precisava...; mas vai aí], que discursa assim: «(...) não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.». Esse é o ver-da-dei-ro Coração-Valente© dos anos 60... Ponto final.

    Eis aí a utilização de clichês publicitários míticos para pegar o eleitor pelas VÍSCERAS: acertados, mas, verdadeiramente, engana-trouxa... A minoria escapa da artimanha, da burla e da ilusão petista.

    Verdadeiramente, a VIGARICE & picaretagem é a POPULARIDADE DE MITOS como a MITOLOGIA do «Coração Valente©,»… Um produto a ser vendido e comprado pelo eleitor, devido apenas ao vazio do mito.

    E, também, por outro lado, o problema é a SUAVE & disfarçada truculência do PeTê… Repare:
    É evidente que o Petismo se utiliza de técnicas das mais brilhantes de publicidade; brilhantes, mas embusteiras.

    ¡Jamais 1 Danoninho© vale por um bifinho!

    P.S.:
    ¿Como identificar um petista? Simples! Pela escrita. É singelo e sem enfeites. Veja:

    Amam o FHC (de maneira enrustida), a toda hora estão a falar no velho...

    E, mais singelo, amam o PSDB à distância -- não chegam perto, a longos 13 anos, falam sem parar no partidinho com rigor acadêmico, análise e tudo... São loucos inconscientes para ter como 2ª mulher ou amante o PSDB... Amor enrustido.

    = FIM =

  1. Pobreza, como vislumbrar avanços em oceanos de ranço retrógrado?

Postar um comentário