Aeroporto de São Luís terá serviço de atendimento ao turista ampliado

31.3.19

O secretário de Estado de Turismo, Catulé Junior, afirmou que os CATs têm uma função estratégia.

Gestores e técnicos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e representantes da Infraero discutiram parcerias e estratégias para incrementar a exposição dos produtos e serviços turísticos, com a implantação de novos guichês no Aeroporto Marechal da Cunha Machado, em São Luís. O encontro foi realizado, na sexta-feira (29), em São Luís.

Além do estande Centro de Atendimento ao Turista (CAT), que já funciona no aeroporto, a superintendente da Infraero, Tayse Brandão Figueiredo, disponibilizou espaços nas áreas de embarque e desembarque para ampliar o atendimento ao turista que chega a São Luís.

Para a supervisora dos Centros de Atendimento ao Turista, Fernanda Guterres, a proximidade dos passageiros facilitará, também, a coleta de dados. “Vamos ter melhor controle dos nossos visitantes e números fidedignos de turistas nacionais e internacionais. A procura é sempre grande por informações por isso a necessidade de ampliar o nosso alcance. Nos meses de janeiro e fevereiro desse ano já passaram pelo nosso Centro de Atendimento ao Turista, situado no aeroporto, uma média de 500 pessoas” explicou a técnica da Setur.

Esses espaços, na avaliação da Setur, são fundamentais ao permitir o primeiro contato com a cidade. O secretário de Estado de Turismo, Catulé Junior, afirmou que os CATs têm uma função estratégia. ”Temos o objetivo de orientar e informar para que o turista tenha uma boa impressão do destino logo na chegada. Começamos com 4 guias de turismo no aeroporto e, agora, passaremos para 8 funcionários lotados no local”.

O Centro de Atendimento ao Turista do Aeroporto de São Luís foi inaugurado em 2015 e funciona 24 horas para atendimento ao público. Os turistas que desembarcam em São Luís têm disponível, também, outros quatro CATs estrategicamente localizados na Rodoviária, Raposa, Terminal do Cujupe e no espigão da Ponta d’Areia.

0 comentários:

Postar um comentário