Oposição tem noite de chilique na Câmara; incomodados com aprovação recorde de Fábio Gentil, Thais e Edilson usam palavras chulas; Neto do Sindicato cobra coerência de ambos

12.6.18
Edilson Martins e Thais Coutinho mais uma vez falam sobre a existência de um suposto caos na
cidade e Neto do Sindicato é fulminante: “permitam-me discordar 100% de vocês”

Conforme a aprovação do prefeito Fábio Gentil apresenta números cada vez mais positivos (está em 72% de acordo com a pesquisa do Instituto Amostragem divulgada em maio), o nível dos discursos da fraca oposição são cada vez mais baixos. Na sessão desta segunda-feira, 11, não foi diferente e a dupla Thais Coutinho e Edilson Martins usaram palavras chulas e ataques histéricos ao tentarem chamar a atenção do público presente na Casa do Povo.

Primeira a usar a tribuna nesta segunda-feira, Thais Coutinho fez o que já se esperava dela: um discurso infamado tentando pintar um caos em todos os setores da administração e recheado com palavras chulas, onde, bem ao estilo usado por ex-mensalinhos do grupo Coutinho que não param de gritar nas redes sociais, chegou a chamar o prefeito de Caxias de “Fábio mentil” por diversas vezes.

Na investida histérica da vereadora, sobrou ataque para os colegas de Câmara e até para o poder judiciário. “É com tristeza que eu subo esta tribuna, porque hoje em nossa cidade muita gente tá perdendo o valor da moral, os princípios básicos da legalidade, da honestidade, principalmente do poder legislativo, executivo e judiciário”, iniciou ela no primeiro discurso após o prefeito Fábio Gentil protagonizar importantes feitos na sua administração, que foi o pagamento de metade do 13º salário dos servidores (sendo o primeiro prefeito do Brasil a fazer isso) e a magnifica festa de abertura dos jogos escolares, um sucesso de público e de  organização. “Hoje nós vemos e sabemos, exemplo: nepotismo, é grave. é improbidade administrativa e a mãe dele é diretora do Hospital Geral e aqui ninguém pode negar que isso é errado e agora em Caxias é certo”, continuou Thais sem lembrar que por 12 anos a cidade de Caxias assistiu a família Coutinho ocupar importantes cargos da administração municipal em todas as áreas.

Após a argumentação sem fundamento da oposicionista, Edilson Martins escalou a tribuna para fazer um discurso igualmente histérico e recheado de deboche, citando várias vezes a expressão “samba do cabeludo doido” para se referir a qualquer iniciativa do prefeito, onde não faltaram as já surradas denúncias sobre atraso de pagamento para caçambeiros e, pasmem, cobranças ao prefeito sobre o anúncio dos seus candidatos nas próximas eleições, como se essa cobrança fosse atribuição dos seus opositores. “Nesse período, há quatro anos atrás, todos nós já sabíamos quem era o candidato a senador, quem era o candidato a deputado estadual, quem era o candidato a federal, quem era o governador... hoje tá o samba do cabeludo doido... Ninguém sabe quem é o governador. Se perguntar a pessoa não pode falar muita coisa aqui porque amanhã tá com fulano de tal, e aí depois como é que tú fica?”, questionou o incontrolável Edilson Martins se achando no direito de cobrar as escolhas políticas do prefeito e o dia e a hora que ele deve fazer isso, demonstrando a sua total inaptidão para exercer um mandato eletivo.

Atento a tudo, Neto do Sindicato mais uma vez chamou os colegas de parlamento a razão e colocou as coisas nos devidos lugares, rebatendo ponto a ponto as incoerências ditas pelos oposicionistas. “Mas não é só os jogos escolares, não. É só fazermos um comparativo do que era a administração anterior, do que é a administração Fábio Gentil”, disse ele para em seguida citar o caso das escolas que os oposicionistas recentemente fizeram um vídeo criticando o estado delas.  “Incitavam inclusive pessoas a reproduzir as falas que vocês queriam que elas falassem”. “E as escolas que foram visitar, inclusive algumas delas quase caindo, justamente porque a administração anterior não reformou, e o prefeito Fábio Gentil reformou e ampliou mais de 50 escolas”, lembrou Neto.

Sobre as críticas ao atendimento na rede hospitalar do município, Neto citou a reforma e ampliação do HGM, “que é um dos marcos da administração Fábio Gentil, que será um dos maiores hospitais do interior do Maranhão, que vai ficar em pé de igualdade com o [Hospital] macrorregional”, disse citando ainda a construção do Shopping Popular, “outra grande obra do governo municipal”.

Quanto ao questionamento feito por Edilson Martins, sobre o que prefeito estava fazendo, Neto citou a recente pesquisa Amostragem. “Eu acho que o povo está sabendo, pois nas últimas pesquisas feitas o prefeito aparece com uma das maiores aprovações que um prefeito já teve”. “Permitam-me discordar 100% dos discursos de vocês, porque eu, que avalio sem paixão... É dizendo com a razão... Não dá é pra não diferenciar o governo Fábio Gentil das administrações anteriores”, defendeu o governista.

Parece que a pesquisa Amostragem dando mais de 72% de aprovação ao prefeito Fábio Gentil mexeu com os nervos de muita gente...

0 comentários:

Postar um comentário