E O POVO REALMENTE É MAIOR!

27.12.16

Por Chico Leitoa, engenheiro.

Novamente, como nos dois anos anteriores (veja retrospectivas/expectativas) a Avenida Paulo Ramos, agora muito mais bem cuidada e embelezada, ostentava um elegante palco e um belo presépio além dos adornos natalinos. Tudo preparado para receber mais de 300 crianças e adolescentes do incomparável projeto beija flor. Desta feita, o espetáculo foi montado reproduzindo a obra de Monteiro Lobato, baseado no seriado infantil SÍTIO DO PICA PAU AMARELO.

A criatividade e talento da diretora e dos professores, mas principalmente dos pequenos foi algo de encher os olhos de qualquer crítica.

A partir da primeira cena quando os principais personagens se aglutinaram num quadro que substituía a tela da TV deu pra perceber o que seria o espetáculo. A partir dali foi um desfile de cenários que se revezavam tendo artistas pra todo gosto e idade. Narizinho, Emília e Pedrinho de forma brilhante valorizaram o espetáculo, foram âncoras do bem. 

Contracenando com Tia Anastácia, Visconde, tio Barnabé e... Enquanto Kuka trabalhava para enfeitiçar a todos para que esquecessem o período e principalmente o significado do que todo o mundo Cristão comemora: o NATAL. Trabalho duro de ser enfrentado, pois os agentes do mal têm sempre facilidade de convencer com falsos argumentos. Transcorridos as cenas de rara beleza, em uma hora e meia, Kuka foi derrotada pela ação dos agentes do bem e todos comemoraram  o natal com a chegada do Papai Noel.

Ainda no ambiente deixado pela apresentação do Projeto Beija Flor, o Prefeito entregou de forma simbólica as chaves da Cidade ao Bom Velhinho enquanto um belíssimo show pirotécnico enfeitava o Céu Timonense.

Fora dali eram acesas as luzes da Cidade que sob a criatividade de Hostiano Machado enfeitavam algumas outras avenidas e pontos estratégicos como a parte central das alças da ponte da amizade que ganhou uma bela e imponente árvore de natal.

Olhando meu Neto Pedro Estevam e minhas Netas Ana Luisa e Sofia participando do sorteio de tabletes e bicicletas, no mesmo lugar que os atores do beija flor pisaram em exibição, me veio muitas reflexões e retornei a dezembro de 2012, de triste lembrança de um governo de oito anos, aliados do governo do estado, com um deputado estadual e um federal da base do governo, negaram tudo aquilo ao povo de Timon e conseguiram devastar a cidade: fecharam escolas, desativaram o Projeto Beija Flor, pronto socorro, unidades de saúde, fecharam a ponte metálica, sucatearam as escolas e comprometeram o futuro de uma geração de muitas crianças que não tiveram as condições mínimas para se desenvolverem, negando-lhes inclusive a merenda escolar. Deixaram montanhas e montanhas de lixo nas ruas e praças, salários atrasados, débitos astronômicos com a Cemar e Previdência, e praticamente todos os programas sociais desativados.

E ali, naquele momento se percebia os avanços que a Cidade experimenta expressados na interação população/governo desde quando o Prefeito Luciano assumiu.

Num simples exercício de memória, podemos remeter nosso raciocínio a uma enorme quantidade de escolas construídas, reformadas, ampliadas e climatizadas (agora já são 510 salas), com carteiras novas e muitas com quadras cobertas com vestiários, graças à seriedade e planejamento do governo municipal. Entra em cena as escolas de tempo integral em todas as creches e a primeira de ensino fundamental no projeto mãos dadas com 400 alunos e outros 400 no convencional, fortalecimento e ampliação das ações do projeto beija flor, qualificação permanente dos Professores, concursos públicos, merenda escolar farta e de qualidade e fardamento gratuito para todos os alunos, Unidades básicas de saúde construídas/reformadas, climatizadas e equipadas.

A extensão da Avenida Piauí sendo iniciada em parceria com a iniciativa privada, o polo empresarial recebendo a primeira grande empresa, e outra de porte médio, enquanto outras mais de quarenta organizam suas instalações remetendo para breve a geração de milhares de postos de trabalhos diretos e indiretos. Normalizado o atendimento dos pacientes de Timon que buscam Teresina, agora garantidos pela regulação feita em Timon e os custos assumidos pelo Governo do Maranhão. Mais de 30 km de asfalto, recuperação de mais de 500 km de estradas vicinais, recuperação da alça da ponte da amizade, sinalização e requalificação de vias, organização do transporte público, com a quebra do monopólio do transporte coletivo, urbanização de várias vias e logradouros. Os serviços da concessionária de águas e esgotos, com várias intervenções e investimentos, caminham rápido para a oferta de água tratada 24 horas por dia para toda a população, inclusive com a implantação da primeira etapa da estação de tratamento d'Água.

Fiz todo esse passeio mental lamentando o quanto foi subtraído da população em oito anos, principalmente a mais pobre. E ali, ao lado de dona Beta que mesmo numa cadeira de rodas fez questão de assistir aquele belo espetáculo, bem ao nível dos avanços da Cidade.


Pensei: se em 2012 o Luciano não tivesse sido eleito, nada de todos esses avanços teria acontecido, teríamos o mesmo quadro deplorável que a Cidade enfrentava, com muito mais recursos até ali, usariam mais do que nunca, a desculpa da falta de recurso.

Com a atuação do Deputado Rafael, aliado que luta incansavelmente pelos interesses do Município, a parceria com o Governo Flávio Dino e os métodos modernos adotados pelo Prefeito Luciano, definitivamente Timon nunca mais será a mesma.

Como no sítio do pica pau amarelo, os agentes do mal foram e serão derrotados. As marcas permanecerão para sempre... tudo a partir da decisão soberana da população, uma prova de  que o Povo é maior!

0 comentários:

Postar um comentário