Foi vítima de abuso sexual - Hospital confirma morte de uma das jovens de Castelo do PI

7.6.15
ADOLESCENTE DE 17 ANOS ESTAVA na UTI e desde sexta-feira não respondia estímulos

Do Portal 180 graus - O Hospital de Urgência de Teresina confirmou o falecimento de uma das jovens que estavam internadas na unidade de saúde. Trata-se da adolescente de 17 anos que estava na Unidade de Terapia Intensiva e seu quadro já preocupava os médicos desde sexta-feira (05/06), quando os sedativos foram retirados e a jovem não teve nenhuma reação clínica.

O óbito foi confirmado às 17h30 e informado ao 180 apenas às 19h09.

Ainda ontem o 180 conversou com o diretor do Hospital, Dr. Gilberto Albuquerque, que já lamentava a possibilidade de que o quadro da menina evoluísse para o óbito. Depois os sedativos foram retirados não houve nenhuma resposta aos estímulos. Com temperatura e pressão baixas o hospital ainda não podia abrir o chamado "protocolo de morte cerebral".

Para a abertura do protocolo era necessário a chamada estabilidade clínica, o que não ocorreu. As reavaliações feitas de seis em seis horas foram encerradas nesta tarde, depois que o óbito foi confirmado.

A garota de 17 anos, que foi brutalmente violentada físico e sexualmente, estava internada desde o dia 27 de maio, quando foi encontrada junto com mais 3 amigas no Morro do Garrote, em Castelo do Piauí. Elas tinham saído de casa para fazer um trabalho da escola e tirar fotos do local que é ponto turístico. Foram abordadas então por quatro adolescentes e Adão de Sousa, de 40 anos. Rendidas, elas foram amarradas, violentadas sexualmente e depois jogadas do alto do morro.

Em seguida, foram apedrejadas pelos garotos, no intuito de "terminarem o serviço".

Segundo Dr. Gilberto Albuquerque, a menina não era nem a que mais preocupava os médicos nos primeiros dias de internação. Ela teve diversas hemorragias internas com a consequente formação de coágulos. Assim que o sangue começou a descoagular, segundo o diretor do hospital, a menina apresentou diversos sangramentos. Foi sedada, encaminhada para a UTI, e hoje acabou morrendo.

0 comentários:

Postar um comentário