Vereadores debatem projeto que institui Plano de Resíduos Sólidos de Caxias

26.10.17
O Projeto de Lei que institui o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) voltou a ser tema de debate na Câmara de Vereadores de Caxias. A proposição foi encaminhada pelo executivo à Câmara Municipal no final do ano passado e até então não havia sido apreciada pelo Plenário da Casa Legislativa.

O vereador Ximenes (PR) levantou o assunto na sessão desta quarta-feira (25). “Nesta semana o secretário de Meio Ambiente nos cobrava agilidade na aprovação desse projeto, pois em função disso está impedindo de que se busquem recursos para a questão do tratamento dos resíduos sólidos”.

Para Magno Magalhães (PSD), “essa matéria é importante não só para o Meio Ambiente, mas para a saúde pública do município”. O vereador pediu celeridade na aprovação do projeto e aproveitou para lembrar que o prazo para que municípios passem a dar o destino adequado aos rejeitos de resíduos sólidos, fechem seus lixões e se ajustem de vez à Política Nacional de Resíduos Sólidos termina em julho de 2019.

Edilson Martins (PSDB) explicou que o alargamento do prazo do projeto do PMGIRS, junto com o do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), ocorreu por falta de recursos. “Com isso, quem sofre é a população, principalmente da região do Teso Duro, Seriema, Vila Arias, pela proximidade do lixão. Está na hora de por fim àquele local e fazer um aterro sanitário”, destacou o parlamentar.

De acordo com o líder do governo, vereador Sargento Moisés (PSD), o processo já passou pela Comissão de Constituição e Justiça, o qual ele é relator, e deverá ser encaminhado pelo presidente Catulé (PRB) para a Comissão de Meio Ambiente para que na segunda-feira seja apreciado no Plenário. (Ascom/CMC)

0 comentários:

Postar um comentário