Em visita ao povoado Marruá, Catulé Júnior recebe reinvindicações de lideranças e reafirma compromisso de trabalhar em prol da comunidade

22.10.17
Antonio José Vieira Mota (Pepita), vereador Neto do Sindicato, Maria do Livramento, Catulé 
Júnior e Carlos André durante encontro no povoado Marruá

Neste sábado, 21, o secretário municipal de governo, Catulé Júnior, esteve no povoado Marruá, 3º distrito de Caxias, para ouvir as reivindicações de lideranças daquela localidade. O convite partiu do vereador Neto do Sindicato, o parlamentar mais envolvido com as demandas da zona rural do município.

Entre as lideranças do povoado Marruá, o secretário de Políticas Agrárias do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Antonio José Vieira Mota, o “Pepita”, falou da problemática de regularização das terras daquela área, quando os trabalhadores rurais enfrentam dificuldades na obtenção de crédito nas instituições financeiras, “pois as áreas irregulares não podem receber benefícios, pois o banco só quer financiar se você tem garantia real, se você não tem...”, lamentou Pepita acrescentando que os moradores do povoado Marruá moram ali há décadas, “mas não possuem a posse legal das respectivas propriedades”. Catulé Júnior garantiu que a Prefeitura já está finalizando a lei de regularização fundiária no âmbito do município, e que esta lei contempla tanto os imóveis da zona urbana, quanto da zona rural. “A lei será enviada à Câmara e é bem simplificada e de acordo com a Medida Provisória editada no final do ano pelo governo federal”, revelou Catulé Júnior. “Que bom!”, comentou Pepita.

Falando de uma visita anterior feita ao povoado, Catulé Júnior lembrou os pedidos feitos naquela oportunidade, entre eles a situação precária da escola e do poço artesiano da comunidade. “A escola estava totalmente sem condições de aula, e hoje a gente foi olhar e ela está bonita, e até vimos outras coisas que a gente quer melhorar para as crianças terem mais qualidade na hora do aprendizado”, garantiu o secretário que disse que irá à Brasília para resolver o problema do poço junto a Codevasf. “Já disse ao Neto [do Sindicato] que vou à Brasília e vou na Codevasf resolver isso”, prometeu Catulé Júnior. A agente de saúde Maria do Livramento, a “senhorinha”, além de elogiar a construção da escola do povoado que, segundo ela, “está linda”, reivindicou ao secretário de governo intervenção junto ao governo municipal para a melhoria da estrada de acesso ao povoado. “Queremos que ela seja empiçarrada”, pediu ela. O vereador Neto do Sindicato revelou então que já falou com o prefeito Fábio Gentil sobre a estrada dos Povoados Marruá e Mimosa e que ele disse que o município “estaria adquirindo máquinas (tratores) para a realização do serviço”.

Falando do seu trabalho como secretário municipal de governo, Catulé Júnior que aceitou o cargo para ajudar sua cidade. “Eu me coloquei nessa situação [de secretário municipal] porque eu quero ajudar, eu quero ajudar a comunidade caxiense e o Neto é um parceiro amigo e que pede muito, mas não pede nada pra ele, pede é para as comunidades que ele assiste e isso dá mais vontade pra gente trabalhar em parceria com o vereador”, finalizou o secretário se colocando a ser um parceiro do povoado Marruá.

0 comentários:

Postar um comentário