“Arrastão da Vitória” é destaque em pronunciamento de Rafael Leitoa

2.10.17
Rafael Leitoa parabeniza Timon pelos 25 anos do Arrastão da Vitória (Foto: Elias Auê)
“Um grupo político não se faz apenas com um líder, ele é construído com um líder e todo o conjunto de militantes e lideranças”, este foi o resumo do evento “Arrastão da Vitória”, ocorrido no último final de semana em Timon, apresentando nesta segunda-feira (02) pelo deputado Rafael Leitoa (PDT), no plenário da Assembleia Legislativa.

Conforme discurso, o deputado Rafael Leitoa, informou que a festa não objetivou diminuir os adversários e sim rememorar os feitos daquela vitória ocorrida em 1992. O deputado reforçou que a festa serviu também para “lembrar um momento importante da história política de Timon, onde culminou, através de um movimento popular, na vitória do engenheiro líder político Chico Leitoa à prefeitura. Mandato este que originou diversas benfeitorias para a cidade como a questão do abastecimento de água, da pavimentação, na construção da Ceasa e em várias outras obras importantes para o município”, comemorou.

Rafael Leitoa recordou que os feitos comemorados no sábado, relacionados aos “Arrastão da Vitória”, foram iniciados na verdade muito antes de 1992, uma década antes, sendo mais preciso. O deputado ainda afirmou que “a unidade de forças políticas, de lideranças locais, de jovens estudantes e trabalhadores conseguiram vencer uma eleição dificílima e colocando Timon como um levante popular importante e destacado para o povo do Maranhão”, se deu com participação do então senador Magno Bacelar e do saudoso Governador Jackson Lago, bem como de diversas outras lideranças estaduais também.

O deputado finalizou afirmando ser necessário a valorização de todos aqueles que ajudaram a construir o grupo político consolidado nos dias de hoje, como as pessoas que foram homenageadas no evento do último sábado, no Centro de Juventude. “Quando vemos um movimento popular iniciado vitoriosamente há 25 anos, pensado por meio da juventude, do esporte, das associações comunitárias e da sociedade civil organizada, administrar, implantando uma verdadeira política assistencial, desenvolvimentista com foco também na geração de emprego e direitos básicos de uma sociedade, temos a certeza que este é o caminho correto. O caminho que seguiremos, também, para desenvolver ainda mais Timon e o Maranhão”, concluiu.

0 comentários:

Postar um comentário