Vereadores comentam reunião do prefeito de Caxias com o governador

11.7.17
Vereador Neto do Sindicato
Na semana passada o governador Flávio Dino (PC do B) recebeu em seu gabinete para reunião de trabalho o prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB). Conforme foi noticiado na imprensa estadual, do encontro ficou acertado que o Governo do Estado repassará, mensalmente, R$ 675 mil para ajudar a maternidade Carmosina Coutinho. O assunto foi comentado pelos vereadores caxienses na sessão desta segunda-feira (10).

O tema foi levantado pelo vereador Jerônimo (PMN). "O prefeito, querendo melhorar a nossa saúde, junto ao governador, conseguiu recursos do Estado para a Carmosina Coutinho. Isso nos deixa feliz, porque a população de Caxias deixa de sofrer pela questão da falta de recursos", reconheceu o vice-líder da oposição.

"Se vier, será muito bem vinda, a ajuda do governador Flávio Dino. O que Caxias e o prefeito Fábio Gentil querem é que as pessoas sejam respeitadas nos seus direitos. Nós tínhamos em 2016, R$ 2.150.000,00. Hoje nós vamos ter uma ajuda para Carmosina Coutinho de R$ 675 mil, mas já é um bom começo para trabalhar e fazer uma saúde melhor", disse o vereador Durval Júnior (PSB).

Vereador Durval Júnior
Segundo Neto do Sindicato (PC do B), a conversação entre o prefeito e o governador teve contribuição da Câmara Municipal. "Se o governador manda recursos para a Carmosina, ele não faz nada mais do que a obrigação dele; assim como também fizemos nossa obrigação ao levantar a voz para falar do Governo do Estado, do não repasse dos valores para a saúde de Caxias. Comemoramos mais um dia de vitória para o povo da nossa terra".

Darlan (PHS) ratificou o comentário de Neto do Sindicato. "Blogs colocam Humberto Coutinho como o salvador da pátria, mas esquecem que desde o início do ano é essa Casa que tem lutado constantemente para que a saúde de Caxias melhorasse, e que o Governo do Estado retornasse aquilo que retirou da nossa cidade".

Ximenes (PR) também destacou o empenho dos vereadores. "Nada melhor do que o diálogo, o entendimento. Teríamos que fazer tudo que fizemos. O prefeito em momento algum desistiu, foi várias vezes a São Luís tentar falar com o governador, sentou com ele. Todos nós, do governador ao vereador, somos responsáveis para fazer com que essa saúde funcione a contento. Vou continuar cobrando, fazemos a política do bem, mas não posso deixar a cidade ser penalizada por alguém que colocamos no cargo maior a nível de estado".

De acordo com Mário Assunção (PPS), "o que aconteceu é que as duas maiores lideranças hoje do nosso município, que é o prefeito e o deputado, se uniram pelo povo. Isso é uma prova de maturidade política. São pessoas opostas, um ganhou a eleição do outro, mas o outro teve a humildade de acompanhar ele e conseguir os recursos para o nosso município. Quem ganha é o povo".

"O vencedor dessa briga foi o povo. Nós contribuímos, todos sabem, porque nos blogs não falam dos vereadores. Porém o guerreiro maior foi o prefeito. Sou humilde em dizer que teria desistido de rodar tanto atrás desse 'povo' como ele fez, para resolver o problema, ele foi incansável", declarou o líder do governo, Sargento Moisés (PSD).

Para o vereador Tevi (SD), houve esforço do deputado Humberto Coutinho para o retorno dos recursos da Carmosina Coutinho. "Aquele homem, com saúde, nunca vai cruzar os braços para Caxias", afirmou.

Fonte: Ascom/ Câmara de Caxias

0 comentários:

Postar um comentário