O filme repetido de uma demissão!!! Deuzimar Serra não é mais secretária de Educação de Codó

12.7.17
Deuzimar vive em Codó o mesmo filme que estrelou em 
Caxias no ano de 2013
A professora Deuzimar Serra vive em Codó o mesmo filme estrelado por ela em Caxias: a demissão precoce do cargo de secretária de Educação.

Em Caxias foram apenas 128 dias na função, sendo que seu afastamento se deu oficialmente no dia 8 de abril de 2013.

Na época, vereadores foram acusados (por pessoas ligadas a Deuzimar) por sua demissão, fato contestado veemente pelos parlamentares, sendo que, logicamente, o maior culpado foi o então prefeito que a nomeou.

Em Codó, o roteiro do filme se assemelha em muitos aspectos.

Um suposto complô de vereadores é novamente usado (por simpatizantes da demissionária) como sendo o principal motivo da exoneração da secretária que desde 1º de janeiro de 2017 era a titular da pasta da Educação do governo Francisco Nagib.

Alegam, inclusive, que o seu preparo intelectual “não tem agradado ao prefeito e nem aos vereadores”, como se isso fosse motivo para sua demissão, o que se mostra um argumento tolo e ridículo.

Deuzimar Serra também é professora da UEMA em Codó e uma das maiores entusiastas para a não criação da UEMA Leste em Caxias, fato que ficou latente quando da recente realização de um fórum para discutir o assunto em Caxias. Na oportunidade, os alunos de Codó, que tinha  Deuzimar a frente, eram os que mais se manifestavam contra uma UEMA independente a ser criada na princesa do sertão.

O nome mais cogitado para assumir o cargo de titular da Educação em Codó é o professor Paulo Buzar, um renomado conhecedor da área e com atuação em diversas cidades maranhenses.

Professora de competência reconhecida em todas as instituições em que trabalha, Deuzimar Serra não encontra em funções onde exerce o controle administrativo e financeiro o reconhecimento obtido em sala de aula.

Por que será?

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Colocar os saberes e princípios da administração pública em prática não é fácil...principalmente nesse ambiente de jogo de interesse...cadê vez mais decepcionado com essa classe política... mesquinha...que diz que é de mudança mas usa e abusa das velhas práticas...

Postar um comentário