Tem caroço nesse angu...!!! Depois da cobrança do blog, governo Léo Coutinho ‘lembra’ de publicar despesas de fevereiro, mas ‘esquece’ dados da saúde no Portal da Transparência

15.4.16
Despesas de fevereiro de 2016 apareceram após cobrança do blog, mas valores pagos 
para prestadores de serviço da saúde não constam nas planilhas oferecidas ao público

Não sei se é birra com o titular do blog, mas é que a insistência com a falta de transparência no governo Léo Coutinho já está se transformando em uma novela. Novela, aliás, de péssimo gosto.

Já perdi as contas de quantas postagens fiz aqui neste espaço em que me debruço sobre o assunto. A última delas foi nesta segunda-feira, dia 11 (reveja aqui).

No capítulo anterior da ‘novela’ da falta de transparência do governo Léo Coutinho, me ative ao fato do ‘esquecimento’ da assessoria palaciana em não publicar as despesas de fevereiro de 2016. Para minha surpresa, alguém no Palácio da Cidade ‘lembrou’ do assunto e finalmente os números do segundo mês do ano deram as caras no ‘quase’ Portal da Transparência.

Para aumentar minha surpresa, e também dos assíduos leitores do blog, nos dados referentes a fevereiro não constam as despesas dos prestadores de serviço da área da saúde, o que é uma falha gravíssima, que vem a somar com outras tantas existentes naquele endereço eletrônico.

É inaceitável que o cidadão não possa acompanhar como o gestor público aplica o seu dinheiro, sendo que em Caxias isso já se tornou uma prática recorrente.

A não publicação de dados obrigatórios, e que são de interesse público, deveriam ter do Ministério Público uma constante vigilância, sendo que cabe ao titular da 1ª Promotoria a cobrança pela publicidade dos gastos da administração municipal.

Caso a Prefeitura de Caxias publicasse as despesas feitas aos prestadores de serviço da saúde, finalmente o caxiense poderia saber qual a empresa que ‘herdou’ os recursos que eram destinados à Clínica Santa Teresinha, que foi recentemente descredenciada pelo município por conta de perseguição política contra o seu proprietário.

Tentando vender gato por lebre, a mídia palaciana tenta mostrar que a saúde da cidade vai as mil maravilhas, mas ao mesmo tempo demonstra esconder alguma coisa quando adota como ‘secretos’ o destino dos recursos do setor.

Tem caroço nesse angu....

0 comentários:

Postar um comentário