Humberto Coutinho trava a maior batalha da sua vida: reeleger o sobrinho prefeito de Caxias

9.6.15
Rico, poderoso, influente e com uma parte do Maranhão aos seus pés, o deputado estadual Humberto Coutinho, atual presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, não consegue usar todo o poder adquirido em quase 30 anos de política para ajudar o sobrinho, Leonardo, a melhorar sua popularidade em Caxias.

Em todas as pesquisas feitas pelo deputado, o sobrinho se arrasta no quesito popularidade e isso tem feito HC perder noites de sono.

Apegado a pesquisas de opinião para medir os humores do eleitorado, desde que assumiu o poder no município Humberto Coutinho sempre fez uma sondagem mensal para se certificar como estava o terreno onde pisava.

Elegendo o sobrinho como sucessor em 2012, ele tinha planos para ficar menos preocupado com a administração e com os afazeres políticos, afinal, a idade recomendava uma vida mais tranquila e pensamentos menos estressantes na sua terra para sonhar com degraus mais altos na política.

Mas veio o câncer e com ele novos desafios e novos planos.

Aparentemente vencendo a doença, Humberto Coutinho conseguiu reeleger-se deputado e comandar a Assembleia Legislativa do MA.

Empolgado, o plano passou a ser o Senado.

Mas tarefa bem maior que vencer o câncer e sonhar com uma vaga de senador é passar por cima de uma barreira quase que intransponível: reeleger Léo Coutinho prefeito de Caxias.

As pesquisas de opinião, antes mensais, agora são quinzenais.

Em abril deste ano foram 3 as sondagens encomendadas pelo presidente da AL na princesa do sertão. Em todas um triste e realista quadro desenhado: o sobrinho se saiu pior que o mais pessimista cenário criado quando o escolheu para sucedê-lo.

A encomenda de novas pesquisas só tende a piorar e agravar a compulsão em saber o que se passa na cabeça do eleitor caxiense.

Até o período das convenções partidárias, a cada inauguração de obra e a cada evento festivo veremos funcionários da Escutec batendo nas portas medindo a popularidade do jovem prefeito.

E a cada resultado apresentado a certeza de uma noite de sono perdida por Humberto Coutinho.

Que decepção...

5 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Blogueiro e´muito mais além de eleger o Léo para um novo mandato o que tem de dificuldades que a curto prazo não serão resolvidos foge do pensamento, péssimos salários dos funcionários, maus secretários no quesito atendimento de reivindicações de melhorias no trabalho (medo ou despreparo deles), violência sem igual na cidade, desemprego ou empregos de baixa qualidade, donos de lojas arrependidos do fracasso de vendas e pais e mães desempregados, escolas decadentes e ensino de fachada (aquele do sou vou pra $), derrota das famílias caxienses sem apoio dos seus (pastores), é dever do líder religioso querer de seu rebanho uma atitude não tão passiva em relação a situação social do mesmo, sem justiça não tem futuro para o povo humilde, saúde meu Deus, destruída completamente, só quero dizer que Caxias tem que rapidamente buscar atração de grandes empresas e melhor qualificar seus filhos para os novos desafios, são tantas mazelas que somente dizer lindas palavras sobre os ricos e poderosos apenas alimenta o vaidoso e nefasto poder da ruína local.
    CONQUISTADOR DE HERANÇA OU HERDEIRO DE CONQUISTA, é o que mais tem na triste Caxias.

  1. Anônimo disse...:

    O Ximenes e o marido da Thais Coutinho resolvem a questão. Se não for suficiente, deve chamar Juninho, Josvalda e Ana Karine. Só gente boa. Kkkkk.

  1. Anônimo disse...:

    Eu acho que a vez dos coutinhos no comando na princesinha ja deu o que tinha que dá então a hora não é pensar em reeleição ao seu sobrimho, se as lei que queremos não é reeleição de prefeitos, governadores e presidente ja para 2020, então se pensarmos em reeleição do atual prefeito estamos dando uma passo para trás no pensamento da atual pensamento da maioria dos brasileiros e concerteza a dos caxiense, ENTÃO POVO ESCLARECIDO VAMOS FAZER A NOSSA VONTADE JA EM 2016 E DIZER NÃO A REELEIÇÃO!!

  1. Anônimo disse...:

    Pois é terceiro comentarista, a coisa está braba. Estamos sem alternativa. Procuro no meio politico de nossa princesa (princesa nada, puta mesmo), e não visualizou ninguém com perfil adequado a uma mudança administrativa. Marinhos, Gentis, Martins, Alencares, Albuquerques, Mesquitas?...Quem mesmo? Tudo ai é puta velha. Quaisquer um deles já é conhecido. Até sou a favor de uma mudança. É salutar a alternância de poder. Mas, nenhuma das figuras representativas dos clãns nomeados representa mudanças programáticas e éticas. Por isso, fico com os que já estão no poder. Devemos ser racionais, é só compararmos as peças envolvidas nesse processo.

  1. Anônimo disse...:

    VAMOS DIZER NÃO A REELEIÇÃO, NÃO PODEMOS DIZER QUE NÃO HAVERÁ MUDANÇAS POIS AS PEÇAS JA SÃO TARIMBADAS, VAMOS FAZER UMA REFLEXÃO E DA UMA OPORTUNIDADE PARA OUTRO GOVERNAR NOSSA CIDADE NÃO DEMOS UMA CHANCE AO LEO ELE NÃO ATENDEU OS NOSSOS ANCEIOS ENTÃO É HORA DE TROCAR

Postar um comentário