Pra mal caráter não há limites

8.7.19

Por Teódulo Aragão 

Não me admira que o povo tenha uma imagem tão ruim de políticos em geral. Para além das conhecidas denúncias de corrupção que nos chegam todos os dias, existe um mundo sujo que se aproveita de boatos, mentiras e, principalmente, da difamação de pessoas e a destruição de suas reputações.

Estou sendo vítima, há um bom tempo, de ataques de toda natureza. Nas últimas semanas eles ganharam uma face ainda mais hedionda. Alguém, da maneira covarde própria dos canalhas, criou um perfil fake com o único intuito de assediar garotas oferecendo-lhes emprego em troca de favores sexuais.

Eu abordo esse assunto abertamente por duas razões principais. Primeiro, eu nunca agi, não ajo e não agirei dessa maneira, pois sou responsável e tenho o único objetivo de servir bem ao trabalho público confiado à mim pelo prefeito Fábio Gentil. Segundo, eu não sou covarde e eu tenho caráter. Não tenho porque me esconder. Falarei sempre abertamente.

Quem tem que se esconder é o mal caráter que teve a péssima ideia de criar esse perfil fake. Aliás, já está se escondendo, pois o apagou tentando encobrir os seus rastros covardes. Eu, Teódulo Aragão, já fiz denúncia formal à polícia quanto ao crime de que fui vítima e a verdade vai aparecer. Esse mal caráter covarde vai ser desmascarado, pois a verdade sempre aparece.

Apesar de desconfortável, eu sei que quem trabalha pelo bem comum e se dedica a produzir resultados positivos para a sociedade sempre vai ser vítima de ataques daqueles que querem se beneficiar do que não é seu e sabem que precisam se esconder, andar nas sombras, atacar as pessoas de bem. Eu vou continuar trabalhando. Eu vou continuar dando a minha cara a tapa. Mas sempre mostrando as minhas intenções verdadeiras.

Eu não sou covarde. Eu não sou mal caráter. Por isso, eu não tenho medo.

(Teódulo Aragão é coordenador de Recursos Humanos da Secretaria de Saúde de Caxias.)

0 comentários:

Postar um comentário