Começam as obras do CAIC em Timon e empresa vai contratar mais de 50 trabalhadores

3.7.17
Serão contratados mais de 50 trabalhadores timonenses para auxiliar as atividades

Deputado Rafael Leitoa em visita a obra na manhã desta segunda (3)

As obras de reforma do CAIC de Timon foram iniciadas. E não é somente a educação que ganha com o novo equipamento. Durante visita na manhã desta segunda-feira (03), o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) acompanhou a primeira etapa de limpeza do local, onde uma grande fila se formou por timonenses que desejam participar da seleção de trabalhadores para atuarem na reforma.

De acordo com o mestre de obras da empresa Silveira Engenharia, Luís Carlos, serão contratados mais de 50 trabalhadores timonenses para auxiliar as atividades. “Iremos precisar de pedreiros, ajudantes, carpinteiros e outros profissionais. Todas as estruturas que ainda existe aqui, serão reaproveitadas, outras adequadas ou passarão por mudanças”, conta.

Vários trabalhadores que estão se cadastrando para trabalhador no local

Devido ao abandono desde a administração de Roseana Sarney, o CAIC encontra-se muito deteriorado por ação das chuvas. O mestre de obras comentou que o mais complicado será a limpeza e retirada de entulhos. “Agora estamos com trabalhadores focados em retirar todo esse lixo e, em seguida, vamos começar a reforma em si”, explicou Luís Carlos.

O deputado Rafael Leitoa explica que a busca pela recuperação do CAIC é uma importante ação que beneficiará a cidade de Timon e representa um paradigma de mudança de gestão. “É uma obra que estava abandonada no governo anterior e que foi compromisso do governador Flávio Dino a recuperação integral do local. Foi também uma luta nossa e está sendo ainda, porque só vai acabar quando a gente entregar todo renovado à população”, disse Rafael.

Ainda segundo Rafael, o investimento para a reforma será em torno de 5 milhões de reais. No novo CAIC também funcionará a sede definitiva do Colégio Militar de Timon.

O Wellington Pereira, do bairro São Benedito, disse que está desempregado desde 2003 e soube da seleção através de amigos. “É uma boa oportunidade pra gente que tá sem emprego. Aqui era muito bonito antes e lembro quando funcionava. Se eu conseguir a vaga vai ser bom participar dessa importante obra para a cidade”.

(Da assessoria)

0 comentários:

Postar um comentário