Com recursos da saúde - Edital ‘diferente’ promete um 2016 animado na CPL de Caxias

4.1.16
‘Diferente’ / A esquerda, aviso de edital padrão com o brasão da Prefeitura e a direita 
sem o brasão e a identificação da Prefeitura de Caxias no alto do quadro

Como não poderia ser diferente, a Prefeitura de Caxias começa o ano de 2016 com movimentos suspeitos na Comissão Permanente de Licitação.

Logo na primeira concorrência pública (nº 010/2015), as suspeitas chamam a atenção na publicação do aviso do edital para o certame.

Publicados no Jornal Pequeno, os editais da Prefeitura de Caxias, todos eles, sem exceção, tem um formato único, ou seja, levam o brasão e o nome do município no início do aviso, o que é uma forma de caracterizá-lo.

Pois bem, estranhamente, os editais 010/2015, para contratação de empresa de engenharia para serviços de manutenção de prédios da saúde nas zonas urbana e rural, e o 011/2015, para concessão administrativa para manutenção da rede de iluminação pública do município, não obedeceram o padrão dos demais e isso levantou suspeitas em vários empresários interessados nos certames.

Eu sempre olho o Jornal Pequeno em busca dos editais da Prefeitura de Caxias, mas esse me passou despercebido, pois costumo olhar logo o brasão do município para identificar aquilo que me interessa”, disse-me um empresário que só conseguiu tomar conhecimento do edital vários dias depois da publicação e após alerta de um amigo. “Olha, e sobre essa reforma dos postos de saúde a gente tá percebendo que estão dificultando a entrega do edital”, assevera nas críticas o empresário caxiense.

A Concorrência 010/2015 será realizada nesta terça-feira, 05, e prevê um gasto de R$ 1.804.338,05 (hum milhão , oitocentos e quatro mil, trezentos e trinta e oito reais e cinco centavos) para reforma de postos de saúde e demais prédios da estrutura da rede de saúde pública do município.

A fonte de recursos das obras serão do Fundo Municipal de Saúde; FNS; Média e Alta Complexidade; Vigilância em Saúde; Assistência Farmacêutica e Samu-Estado, além dos recursos do FPM.

Pá de cal

Por ter como maior fonte recursos federais, tais obras podem ser fiscalizadas pelo Ministério Público Federal e também Polícia Federal, o que é uma esperança para que as obras possam ser de qualidade, pois nesse tipo de obra em ano eleitoral, quase sempre fazem uma pintura das principais paredes dos prédios (a famosa pá de cal) e reinauguram a obra num grande evento eleitoral.

Mas, além da publicação do aviso ter sido feita de uma forma ‘diferente’, temos ainda a informação da dificuldade de acesso ao edital na CPL.

Acredito que tenha sido só um erro de formatação (o edital ‘diferente’), mas não custa nada ficar atento pra essa garotada, pois de um tempo desses para cá, tudo que se relaciona a recursos da saúde é motivo de sobra pra se ficar com um pulga atrás da orelha na cidade.

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Olá caro blogueiro, essa notícia já é antiga, veja nos bastidores o q está acontecendo, a Rainha da Licitação caiu, não manda mais na saúdé e o Presidente da cpl tá por um fio pra cair da cadeira a pedido do granado.

  1. Anônimo disse...:

    Publique os comentários

Postar um comentário